Evento Neutro
Prêmio Caio Sustentabilidade

Prêmio Caio 13ª Edição

Case: EDITORA NOVO CONCEITO NA BIENAL DO LIVRO 2012: O PRODUTO EM PRIMEIRO PLANO
Candidato: Surreal Arquitetura Cenográfica
Cliente: Editora Novo Conceito
Segmento: Serviços
Estado: SP
 
Capa Apresentação Conteúdo Apresentação de inovações tecnológicas e estratégias indicando Desafios e Soluções Retorno sobre investimento, geração de negócios e outros indicadores econômicos
EDITORA NOVO CONCEITO - BIENAL DO LIVRO 2012

Desde 2002 a Surreal é uma empresa formada por gente que se inspira no futuro para criar experiências reais no presente, antecipando e aplicando diariamente metodologias eficazes e eficientes na busca da perfeição da prestação de serviços de criação e execução de estruturas promocionais.
Nos preocupamos não somente com o sucesso de cada job, mas também com a construção de parcerias que viabilizem a manutenção deste sucesso. Entendemos que somente desta maneira as estratégias de marketing serão aplicadas de forma ideal e serão realmente a tradução de um sonho transformado em realidade.
Somos pessoas pró-ativas em entender o que cada cliente precisa, não apenas entregando o que ele quer. Com essa atitude podemos ir além do simples e usual e estaremos nos tornando reais colaboradores de um objetivo comum.

Editora Novo Conceito:
No topo das listas, na cabeça dos leitores.
Somos jovens, estamos em constante movimentação e temos o mercado editorial em nosso DNA. Somos a Editora Novo Conceito.
Fundada em 2004, a Editora Novo Conceito desenvolve publicações de qualidade, afinadas com os acontecimentos atuais do mundo globalizado.
Atualmente, a Editora apresenta um portfólio com mais de 200 livros entre lançamentos internacionais e nacionais, e vem apontando tendências nas áreas de negócios, empreendedorismo, literatura, comportamento, atualidades, biografias, medicina e saúde.
Temos paixão por livros e queremos construir uma nova cultura editorial no Brasil, ampliando o público leitor brasileiro. Um projeto que cresce a passos largos, agradando cada vez mais um público amplo, exigente e diversificado, que colocou a Novo Conceito no topo das listas das publicações mais vendidas do Brasil e não quer mais tirar nossos livros da cabeça.

Bienal do livro:
Título: 22ª Bienal internacional do Livro de São Paulo
Tema: Educação e Cultura
Número de participantes: 750 mil visitantes
Local: Pavilhão de exposições do Anhembi – SP
Data: 9 a 19 de agosto de 2012
Com uma programação abrangente, o evento mescla literatura com diversão, negócios, gastronomia e cultura.
A Bienal reúne as principais editoras, livrarias e distribuidoras do país. São cerca de 480 expositores participantes que apresentam para 800 mil visitantes seus mais importantes lançamentos em um espaço total de 60 mil m².

Galeria de imagens
   

 

O Brief do cliente continha 2 palavras chave para o desenvolvimento do projeto: Interatividade e Encantamento.
Repleto de necessidades, cada pedaço do estande tinha um objetivo.
Para interatividade, o cliente tinha como solicitação locais onde o público poderia acessar as redes sociais e descobrir qual livro combinava mais com sua personalidade. Como solução, colocamos displays de Ipad e TV's Touch screen, onde o participante podia folhar livros digitais, acessar o site da Editora, e via software do cliente, podia jogar um game onde através de perguntas e respostas o programa sugeria um determinado livro a ele.
Outro pedido importante, que se tornou um ponto forte no estande, era a área dos blogueiros. Essa área era um lounge com muito conforto a disposição do participante. Os blogueiros podiam se acomodar em pufes e sofás. Foram instaladas diversas tomadas em um ponto de carregamento para lap tops, celulares e Ipads, através disso foi disponibilizado espaço, sem limite de tempo, para que os blogueiros tivessem acesso a internet, e conforto para blogarem a respeito do evento e da Editora e seus produtos.
Essa mesma área durante o decorrer do evento, se transformava em uma área para autógrafos de escritores convidados.
O brief pedia que o estande fosse encantador e por solicitação da cliente, que tivessem livros pendurados, para se tornar lúdico e divertido.
Com essa ideia, nós sugerimos que ai invés de trabalhar com os livros pendurados (já bastante utilizado em feiras como a Bienal) que o estande nada mais fosse montado por livros gigantes empilhados. Cada livro, era um lançamento da Editora ou parte da comunicação do estande. Com isso a proposta que fizemos foi um estande cenográfico, formado por grandes estruturas simulando livros.
Na esquina, um livro gigante aberto se tornava um caixa na parte interna, para venda dos livros expostos, e a capa era composta pelas TV's touch.
Um dos grande destaques do estande foi o lançamento do livro Startes, esse livro foi reproduzido de forma fiel ao original, com capa, verso e lombada, com 5m de altura, ele ficava tombado na frente do estande formando um túnel de entrada. Quem passava por esse túnel, podia ler a sinopse no livro no verso do mesmo. Foi um dos detalhes que encantou a cliente logo na primeira apresentação do projeto e o que nos fez ganhar a concorrência.
Um dos grandes desafios do projeto foi a exposição da linha de livros da editora no estande. A intenção era criar condições para que fossem expostos o maior número de livros em displays que fossem ergonômicos e práticos no sentido de fazer com que o visitante tivesse contato com todos os produtos deles.
Como solução projetamos bancadas com vão livre na parte de baixo, assim o cliente podia expor os livros para venda na parte de cima e utilizar a parte de baixo como estoque visível.

Desde o início do processo, a parceria entre a Surreal e a Editora Novo Conceito foi natural e tornou-se um caminho sem volta com um entrosamento fantástico que resultou em uma enorme satisfação por parte do cliente, não somente pelo sucesso do estande, mas com o caminho percorrido até chegarmos a todas as soluções apresentadas, com o entendimento das necessidades e os objetivos da participação da empresa no evento, com a evolução do projeto no decorrer do processo até a entrega do estande e a operação durante o evento. Através deste processo conseguimos conquistar a confiança de todos os envolvidos e hoje temos a Editora novo conceito como um dos principais parceiros da Casa.

Galeria de imagens

 

O estande cenográfico era composto por livros gigantes construídos em madeira, sendo assim as soluções de estrutura do estande se tornaram inovações no que se referem ao projeto apresentado com a interatividade desde o contato com peças reais, que faziam parte do mundo da Editora e por consequência do mundo dos visitantes, que se sentiam parte das histórias dos livros apresentados.
Os livros foram construídos em MDF, parte recebeu o envelopamento em lona impressa, sem emenda alguma, a reprodução tinha que ser fiel ao livro original, por tanto, houve um cuidado ao fazer o acabamento da lona, os grampos foram feitos por trás da chapa, dessa forma ao montar o box do livro, não era possível ver nenhum grampo e realmente tínhamos a impressão que eram livros gigantes.
O depósito do estande era formado por livros empilhados, neste houve um cuidado também para fazer o acabamento das lombadas e dos blocos de folha. Totalmente feito com lona impressa e madeira, a criação da arte foi fundamental para dar o efeito do volume tanto das folhas como das lombadas. A mesma técnica foi usada, envelopando chapas de madeira com a lona para depois montar a estrutura pra que não houvesse visibilidade de nenhum grampo.
Em termos de materiais não havia muita inovação tecnológica, até porque o budget do cliente restringia o uso de novos materiais, mas as técnicas aplicadas tanto no projeto quanto na execução, para realmente criar a experiência ao visitante que estavam entrando no mundo das histórias dos livros editados pelo cliente foi sem sombra de dúvida uma inovação para o evento e uma inovação para o cliente que teve uma percepção clara do retorno deste investimento e destas propostas e ideias na reação de seus consumidores e clientes que se diziam parte do mundo de seus autores, editores e histórias.

Galeria de imagens

 

A Editora novo Conceito nunca havia feito um estande cenográfico e conceitual que utilizava técnicas projetuais para maximizar a experiência de marca, experiência sensorial de seus clientes.

Houve uma grande expectativa com tal solução e após o evento o cliente realmente estava estupefato com o resultado. A percepção clara de seus clientes, dos visitantes e todos que habitaram o estande por algum momento com aquele mundo de grandes livros, de grandes histórias, os fazia entrar realmente no clima das narrativas e por consequência se interessarem mais pelos produtos, pelos livros. Todo este universo criado fez um grande efeito e impacto direto nos resultados financeiros da empresa tendo retorno imediato do investimento feito no evento e com grande procura pelos lançamentos realizados durante a feira.

Para a relação comercial entre a Surreal e a Editora, foi o início de uma grande história, que terá ainda diversos capítulos de sucesso. Conseguimos implementar mais uma vez os conceitos de arquitetura cenográfica nos quais a criação de experiências sensoriais reais para os visitantes traz uma percepção única e mais profunda dos atributos de seus produtos, serviços, marcas e propósitos como empresa. Realmente ouvimos do cliente que ele investirá mais ainda em cenografias e experiências de marca como nunca houvera investido. Esse resultado, obtido com muito esforço, comprometimento, traz para toda a equipe da Surreal uma certeza de trabalho bem feito por completo e um exemplo a ser seguido em outros Jobs.

Galeria de imagens
   

 

 
  • contato: (11) 2538-4156 - (11) 7377-8878