Evento Neutro
Prêmio Caio Sustentabilidade

Prêmio Caio 15ª Edição

Case: AGROINVEST BRAZIL 2013
Candidato: Comunicato Eventos Inteligentes
Cliente: Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil
Segmento: Eventos
Estado: DF
 
Capa Apresentação Conteúdo Apresentação de inovações tecnológicas e estratégias indicando Desafios e Soluções Retorno sobre investimento, geração de negócios e outros indicadores econômicos

Há 16 anos a Comunicato chegava para dar uma cara nova e mostrar um jeito diferente de fazer acontecer.
Regidos pela máxima de que “nada é Impossível”, partimos do princípio de que não há limites para a alegria, o prazer e a satisfação.
Entendemos eventos como uma atividade sem replay, capaz de gerar momentos únicos, e de provocar arrepios na alma, calor no coração e suspiros profundos.
Movidos pelo desejo de fazer sempre MAIS buscamos inspiração em tudo que traz felicidade e sentimentos de realização.
A imaginação e a criatividade são as molas propulsoras que impulsionam essa viagem rumo ao inusitado.
E nada mais inusitado do que planejar, realizar e organizar um evento, em menos de 4 meses, para uma comitiva de 100 empresários do agronegócio brasileiros, na CHINA.
A China se apresenta hoje como um mercado potencial, e em franco crescimento, para as commodities e alimentos brasileiros, e diante disso a Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil – CNA, sentiu a necessidade de promover uma aproximação entre empresários e autoridades chinesas e brasileiras.
E foi assim que tudo começou: depois de uma visita técnica em julho de 2013, para conhecer e definir locais, datas, e potenciais parceiros e fornecedores para a realização do evento, demos início aos preparativos.
Com base nos levantamentos da visita técnica e nos desmembramentos que o evento foi tomando, chegamos à conclusão de que ele deveria ser dividido em 2 momentos principais: um momento político, em Pequim; e um momento comercial, em Xangai.
Diante das possibilidades e agendas políticas (das autoridades chinesas e brasileiras) definimos o período da missão empresarial de 05 a 15 de novembro de 2013.
Começamos então a trabalhar no conceito do evento e construímos um projeto baseado na necessidade de apresentar o mercado brasileiro como uma grande oportunidade de negócios e investimentos no agribusiness.
E assim nasceu o AGROINVEST BRAZIL 2013. O evento ganhou uma identidade visual caracteristicamente brasileira e levava, em todas as peças, a imagem do Embaixador do Agronegócio no Brasil, o Rei Pelé.
Todo projeto foi desenvolvido em 3 línguas: português, inglês e mandarim; e elaborado com base nos pilares: brasilidade, modernidade e integração, com o objetivo de apresentar a imagem do mercado do agronegócio brasileiro como competitivo, moderno e arrojado.

Galeria de imagens
Comunicato Eventos Inteligentes
       

 

ALMOÇO DE SENSIBILIZAÇÃO - BRASIL
Após toda linha de atuação definida pela CNA, foi realizado um almoço, na churrascaria Rubayat, em São Paulo, com os empresários e representantes das principais associações de alimentos e commodities do Brasil, para discussão das formas de atuação durante a visita à China e apresentação da programação no exterior. E com as considerações e adesão de todos, demos início aos preparativos da missão internacional rumo à China.

INÍCIO DA MISSÃO CHINA - SAÍDA DO BRASIL
No dia 05 de novembro, foi dada a largada aos 11 dias de programação intensa, que incluía compromissos técnicos, políticos e uma agenda social e de lazer.
A Comitiva saiu de vários lugares do Brasil e todos se encontraram em São Paulo, para embarque rumo à Pequim. No aeroporto, todos receberam uma tag de bagagem com a identificação do evento, para colocarem nas malas.

CHEGADA EM PEQUIM
No dia 07 de novembro, à noite, a comitiva chegou ao aeroporto de Pequim, e foi recebida por parte da equipe Comunicato que já estava na China, e organizou o traslado para o Hotel China World Summit Wing (o edifício mais alto de Pequim) e o check-in prévio dos apartamentos.
Nossa equipe recebeu todas as bagagens, e providenciou o encaminhamento direto do aeroporto para os quartos de cada participante.
Em função do fuso horário, não houve programação noturna.

CAFÉ DA MANHÃ DE INTEGRAÇÃO DA COMITIVA
Começamos nossa programação em Pequim no dia 08 de novembro, com um café da manhã para integração e apresentação da equipe e da comitiva. Em seguida, parte da Comitiva foi para o Seminário promovido pelo Conselho Empresarial Brasil-China - CEBC (compromisso extra oficial), e parte optou por fazer a visita guiada à Cidade Proibida.

TARDE LIVRE - TURISMO E LAZER
Às 13 horas, todos se encontraram para o almoço e à tarde houve intensa programação de compras e lazer, incluindo o famoso mercado das sedas e o mercado das pérolas, sempre acompanhado por nossa equipe e por diversos intérpretes brasileiros e portugueses, que se dividiam nos grupos.

JANTAR OFICIAL DA MISSÃO
À noite, houve o primeiro grande evento da programação oficial da Missão, que foi o jantar, oferecido pela CNA às autoridades chinesas, com a presença do Vice-Presidente da República do Brasil, Michel Temer e comitiva de ministros e parlamentares, realizado no Hotel China World Summit Wing.
O evento, eminentemente político, surpreendeu em público. E apesar de todas as confirmações prévias, o número, estimado inicialmente em 200 pessoas, atingiu 300. Já esperando a possibilidade de um over, optamos por trabalhar com um salão lateral, previamente montada, com abertura para o salão principal. No momento do evento apenas abrimos a divisória e virou um grande salão.
Antes do início do serviço à francesa, foi feita a abertura do evento pela Presidente da CNA, seguida da fala de outras autoridades brasileiras e chinesas, incluindo o Vice-Presidente, Michel Temer.

COLETIVA DE IMPRENSA
O jantar, que contou com a adesão de políticos chineses de alto escalão, foi precedido de coletiva de imprensa, que também surpreendeu com a quantidade de veículos presentes. Foram 53 veículos nacionais e internacionais e tradução simultânea para 5 línguas (português, inglês, mandarim, espanhol, francês).
A coletiva, que contou com a participação da presidente da CNA, do Embaixador do Brasil na China e do Diretor da CNA, e ao final, com o Ministro da Agricultura do Brasil, estava programada inicialmente para 30 minutos, e durou 1 hora e dez minutos, em função da demanda e do interesse dos jornalistas presentes. E isso refletiu, positivamente, na mídia espontânea gerada após o evento.

CAFÉ DA MANHÃ COM PALESTRA
No dia seguinte ao jantar, um café da manhã, para toda a comitiva, com uma palestra técnica da Coordenadora da Embrapa Labex, na China foi realizada, no próprio Hotel.
Ao final da palestra, a comitiva foi fazer um dos passeios mais esperados: a Grande Muralha da China. Um passeio inesquecível, que deixou a todos extasiados.
No dia seguinte, voo de saída para Xangai.

DESLOCAMENTO PEQUIM-XANGAI
ALMOÇO COMITIVA
Chegando em Xangai a Comitiva foi recebida pela equipe da Comunicato que já estava na cidade, cuidando dos preparativos do evento e da recepção e acomodações no Hotel Jin An - Shangri-la. Para o almoço, fechamos um restauranrte à beira do Bund (rio principal de Xangai), para todo o grupo, e em seguida foi feito um grande tour pela cidade, com passagens pela Old Town (Nanshi) e pela Torre Pérola do Oriente (de onde se tem uma vista 360 graus da cidade).

VISITA A SUZHOU
Na manhã de segunda-feira, traslado rumo à cidade de Suzhou, a 200 km de Xangai, para uma visita a Zona Econômica Especial de Suzhou, para conhecer um dos maiores parques tecnológicos e de logística da região.

SEMINÁRIO AGROINVEST BRAZIL 2013
(Maior evento técnico da Missão)
E no dia 12 de novembro, foi realizado o grande Seminário Agroinvest Brazil 2013.
O Seminário, que abordou diversos temas como atração de investimentos no Brasil, e contou com uma plenária e duas salas simultâneas, teve a participação de mais de 500 convidados.
O Agroinvest Brazil foi prestigiado pelos mais renomados representantes do comércio e agricultura chinesa. Estavam presentes os grandes compradores da China e isso foi muito importante para que todos os setores da agricultura brasileira presentes, pudessem mostrar o seu potencial.
Foram feitas apresentações dos setores do algodão, soja, café, carne suína, carne de aves, carne bovina, produtos florestais, suco de laranja, açúcar e álcool, leite, ovinos e caprinos; e uma atenção especial à armazenagem e irrigação, com o objetivo de atrair investimento chinês para o Brasil.
Todas as palestras foram distribuídas, no credenciamento, em mandarim, português e inglês e disponibilizadas no portal Canal do Produtor. Além da tradução simultânea mandarim x português x inglês, todos os slides também foram traduzidos nas três línguas.

FHC - MAIOR FEIRA DE ALIMENTOS DO MUNDO
Após o sucesso do Seminário Agroinvest, foi a vez da participação da CNA na maior feira de alimentos do mundo, a FHC, no SNIEC – Shanghai New International Expo Centre.
A Comunicato negociou, junto à FHC, a participação da presidente da CNA na cerimônia de abertura oficial da Feira, como representante do Brasil, junto a outras autoridades do mundo inteiro.

RODADA DE NEGÓCIOS
A Entidade também realizou uma rodada de negócios entre empresários brasileiros e chineses, que contou com todos os empresários da Comitiva brasileira e a participação de aproximadamente 200 empresários chineses, o que foi considerado pela APEX – Agência de Promoção de Exportação, com bastante vivência de rodadas de negócios na China, um verdadeiro record para o segmento.
Toda montagem da estrutura, incluindo cozinha, mobiliário, ambientação, equipamentos audiovisuais, produção de material gráfico, divulgação e produção de material técnico, foi realizada pela Comunicato.
Com um agravante de que a área, apenas circundada por estrutura de octanorm, onde foi realizada a Rodada, era a mesma para várias outras atividades. Sendo assim, o encerramento da atividade anterior a nossa, foi finalizada apenas 2 horas antes do início da programação da CNA. O que nos deu apenas 1h30 para montagem e teste de toda estrutura.

E para deixar um gostinho de “quero mais” para os chineses, a rodada de negócios foi regada a petiscos e bebidas brasileiras: o nosso Guaraná fez muito sucesso, além do pão de queijo, empada de carne, coxinha de frango e frutas típicas brasileiras, tudo produzido sob a batuta do Chef brasileiro Tomazini.
Encerradas as atividades da Feira, hora de voltar para o Hotel, arrumar as malas e voltar para o Brasil.

RETORNO AO BRASIL
A missão da CNA na China e o evento Agroinvest Brazil 2013 vão deixar saudades a todos os participantes e organizadores. Além, é claro, da alegria e do sucesso que marcaram o evento e vão ficar para sempre em nossas memórias e corações.

Galeria de imagens
China World Summit Wing Hotel
Recepção do Jantar
Palco do Jantar oferecido pela CNA
Jantar oferecido pela CNA a políticos e autoridades chinesas
Mesa Principal do jantar
Jantar
Brinde à união Brasil - China
Músicos brasileiros durante jantar
Coquetel servido antes do jantar
Networking Jantar
Distribuição de camisas do Brasil autografadas pelo Pelé ao final do jantar
Foto oficial da Presidente da CNA e comitiva do vice presidente da República do Brasil, Michel Temer
Coletiva de imprensa
Coletiva de Imprensa
Coletiva de Imprensa
Visita a Cidade Proibida
Visita a Suzhou
Suzhou
Comitiva em Suzhou
Palco Seminário
Seminário Agroinvest Brazil 2013
Plenária Seminário
Seminário Agroinvest Brazil 2013
Mestre de Cerimônias no Seminário
Seminário Agroinvest Brazil 2013
Plenária Seminário
Sala Paralela Seminario
Seminário Sala Paralela
Café brasileiro
Abertura da Feira FHC
Presidente da CNA na abertura da FHC
CNA na abertura da FHC
Rodada de Negócios (degustação de produtos brasileiros)
Comitiva no Pavilhão Brasil na FHC
Rodada de Negócios na FHC
Comitiva na FHC
         

 

DESAFIO DO IDIOMA
Um dos grandes desafios de realizar um evento do outro lado do planeta, é a barreira da língua. A língua oficial na China é o Mandarim, e o inglês não é uma língua fluente em todas as camadas sociais. Nas negociações e tratativas operacionais com fornecedores, em deslocamentos, e até mesmo na alimentação, o intérprete era peça fundamental.
Pensando nisso, e na dificuldade de manter toda comitiva unida, em todos os momentos, a organização do evento reuniu todos os participantes da Missão, no primeiro dia em Pequim, com uma chamada, colocada no quarto, para que todos estivessem no café da manhã, às 9 horas (horário local).
Foi feito um café da manhã privativo para a Missão, com salão todo envelopada com a identidade visual do Agroinvest Brazil 2013, para que os participantes já começassem a sentir o clima do evento. Ao chegarem, foram recebidos pela presidente da CNA, promotora do evento, e após as boas-vindas, foram abordadas algumas questões que interessariam a todos durante os 11 dias que estaríamos juntos.
Uma delas foi a questão da barreira da língua, e diante dessa dificuldade, foram dadas instruções, com acompanhamento, para que todos baixassem o aplicativo para smartphone “google tradutor – transmate”, que traduz o áudio da fala em português para o mandarim, além de aparecer a escrita em caracter chinês.
Além dessa facilidade, todos receberam, ao chegarem nos seus apartamentos:
. Um guia com a programação final e algumas dicas da China (Pequim e Xangai) e dos principais costumes chineses;
. Um estudo das Oportunidades de Negócios na China, bastante aprofundado;
. Uma mochila com a identidade visual da CNA;
. Um porta cartões com:
. Cartões verdes: de um lado com o endereço da Embaixada do Brasil (em Pequim) e do outro com o endereço do Hotel (em inglês e em caracteres chineses);
. Cartões azuis: de um lado com o endereço do Consulado do Brasil (em Xangai) e do outro com o endereço do Hotel (em inglês e em caracteres chineses);
. cartões pessoais, de cada membro da comitiva, em inglês e mandarim.

LOGÍSTICA
Diariamente, os membros da Comitiva recebiam em seus quartos, na noite anterior, o roteiro e instruções de horário e ponto de encontro para o dia seguinte.
Para manter essa logística, que contemplou, além da organização de todos os eventos apresentados, o deslocamento internacional, interestadual e traslados locais de todos os envolvidos, o apoio e acompanhamento de autoridades e empresários da Comitiva às visitas técnicas, e atividades turísticas, a Comunicato contou com uma equipe de 10 pessoas. Parte destes trabalhando no pré-evento e permanecendo, no total, mais de 15 dias na China.

JANTAR OFICIAL
Durante o primeiro evento da Programação Oficial, o jantar oferecido pela CNA, nossa meta era fazer com que os chineses se sentissem num pedacinho de Brasil na China. Fizemos um coquetel com caipirinha, feita na hora por um barman brasileiro, pão de queijo, castanha do Pará, iscas de filé e outros itens tipicamente brasileiros. No cardápio para o jantar, escondidinho de carne seca com abóbora e moqueca de peixe, feitos por chef brasileiro e harmonizados com vinho, espumante e cachaça brasileiros. E ao final, um barista, fazia cafés especiais, com o grão levado diretamente do Brasil.
Para o palco principal, a meta era fixar na mente das autoridades e políticos chineses a marca da CNA. Um nome ainda não muito conhecido até então. Colocamos letras caixas gigantes, com a logo da CNA, evidenciadas no palco, e o efeito foi fantástico. Vários chineses queriam tirar fotos ao lado da logo.
Para a música de fundo do jantar, trouxemos músicos brasileiros, que estavam em turnê pela Rússia e vieram até a China para o nosso evento.
Desafio vencido por nossa equipe, que trabalhou arduamente na busca por fornecedores de serviços e produtos brasileiros na China. Eles são poucos, e além disso a qualidade dos produtos ainda tinha que ser testada e garantida para que pudéssemos usá-los em nossos eventos.
Na saída do jantar, todos os participantes receberam uma camisa do Brasil, com a logomarca da CNA e pré- autografada pelo Embaixador do Agronegócio no Brasil, o Rei Pelé.

INTÉRPRETES
E por falar em fornecedores, um outro grande desafio enfrentado pelos que fazem eventos brasileiros na China são os intérpretes. A Embaixada do Brasil só indica 2 intérpretes, e os mesmos estavam sendo contratados para atender a visita do vice-presidente do Brasil à China, no mesmo período.
Tivemos que buscar intérpretes em Hong Kong, para acompanhar os eventos oficiais, e fazer as traduções simultâneas e consecutivas.
O número de intérpretes para acompanhar uma comitiva de 100 pessoas, especialmente na parte de compras, é grande. Usamos 8 intérpretes nos dias de passeios, que acompanhavam os guias turísticos. Para isso, fizemos parceria com uma das Universidades da China, que descobrimos ter o curso de português em seu currículo (em função de parcerias com Portugal). E convidamos esses alunos, em último nível de formação, para uma seleção. Nossa equipe selecionou e aprovou os 8 intérpretes que acompanhariam a comitiva nessa jornada.

SEMINÁRIO AGROINVEST BRAZIL 2013
Mas um dos maiores desafios encontrados pela equipe da Comunicato foi fruto de uma reunião entre a presidente da CNA e os palestrantes do Seminário Agroinvest Brazil, na véspera do evento. Praticamente todas as palestras sofreram alteração de conteúdo e tiveram seus slides modificados.
Todo material que seria distribuído e projetado teve que ser alterado. Foram 15 palestras, de aproximadamente 1 hora cada uma, traduzidas, revisadas, impressas, copiadas e com slides refeitos, em menos de 9 horas, na madrugada do evento, tendo que contar com fornecedores chineses, que não têm esse hábito em suas rotinas.
Foi realmente um desafio e uma experiência e tanto!
Para o auditório principal do Seminário Agroinvest Brazil, colocamos vários gobos, com a logo do Seminário, pelas paredes, que causavam um impacto muito interessante na entrada dos convidados.
E para o palco principal, nossa meta era mostrar a integração Brasil x China. Fizemos a junção das bandeiras e colocamos em uma grande projeção, na parte superior do palco. O efeito foi grandioso!
Mas uma das maiores experiências vividas com este evento foi experimentar a maneira chinesa de trabalhar. Uma metodologia completamente diferente da brasileira, uma cultura completamente diferente da nossa. E nos adaptarmos a isso é fabuloso. Os times são diferentes, as prioridades são diferentes, e o grau de exigência é bem menor do que esperávamos.
Imprimir a nossa maneira de trabalhar, as nossas expectativas e as nossas metas a um ritmo completamente diferente, e fazer com que tudo dê certo para o cliente e os participantes do evento, é simplesmente mágico.

Galeria de imagens
palco Jantar
Músicos brasileiros durante jantar
Cachaça brasileira distribuída a todos os participantes dos eventos Agroinvest Brazil 2013
Chef brasileiro Thomazini fazendo caipirinha para a Presidente da CNA e o Vice Presidente do Brasil
Bloco e Caneta entregues no Seminario Agroinvest Brazil 2013
Certificado de Participação Seminário
Programação do Seminário
Seminário Agroinvest Brazil 2013
   

 

O sucesso do evento foi absoluto! Além da alegria e satisfação, estampados no sorriso de cada um dos empresários da comitiva, os resultados da Missão Empresarial e dos eventos realizados na China foram muito além do esperado.
1. Em virtude das reuniões, e da participação em todos os eventos do Agroinvest Brazil 2013, da AQISIC (órgão responsável pela fiscalização fitossanitária de alimentos na China), Ministério da Agricultura Chinês e Divisão Agrícola da Embaixada do Brasil na China, que gerou uma grande aproximação entre as partes, a carne bovina brasileira, com embargo chinês desde 2008, teve o número de plantas (região geográfica) autorizadas a exportar, aumentadas, passando de 9 para 18.
Isso torna a carne bovina brasileira mais competitiva no mercado chinês, concorrendo em igualdada com sua maior concorrente, a Argentina.

2. O retorno em mídia espontânea também foi fabuloso. O cálculo feito pela assessoria de imprensa da CNA, foi de aproximadamente $ 3.400.000,00 (três milhões e quatrocentos mil dólares) (cálculo feito por centimetragem, por veículo). O evento proporcionou uma visibilidade da Entidade, em veículos nacionais e internacionais, com índices altíssimos e nunca vistos anteriormente pela Entidade, nem mesmo em missões internacionais realizadas anteriormente.

3. Com o objetivo de manter as relações desenvolvidas na China, e diante da necessidade de ampliação do mercado chinês, a Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil – CNA, abriu um escritório de negócios na China, em parceria com a APEX – Agência de Promoção de Exportação, inaugurado no início de 2014. A aproximação das relações, através das ações da missão, fez da CNA um órgão respeitado internacionalmente, deixando de ser uma entidade desconhecida, pelo setor agropecuário chinês, como era no início das tratativas para a Missão.

Galeria de imagens
Relações Brasil China Solidificadas
       

 

 
  • contato: (11) 2538-4156 - (11) 7377-8878