Evento Neutro
Prêmio Caio Sustentabilidade

Prêmio Caio 15ª Edição

Case: VII FORO LATINO AMERICANO DE PRÁCTICOS - CONAPRA
Candidato: Alternativa F Eventos
Cliente: Conselho Nacional de Praticagem
Segmento: Eventos
Estado: RJ
TROFÉU PROJESOM
Categoria: Seminário e Fórum
 
Capa Apresentação Conteúdo Apresentação de inovações tecnológicas e estratégias indicando Desafios e Soluções Retorno sobre investimento, geração de negócios e outros indicadores econômicos
VII FORO LATINO AMERICANO DE PRÁCTICOS - CONAPRA

Núcleo Alternativa F

Com mais de 4 anos de atuação em São Paulo e Rio de Janeiro, a Agência Núcleo Alternativa F é seu remédio anti-insônia e stress em eventos.

Conta com os mais de 10 anos de experiência no mercado de seus sócio-diretores: Felipe Macedo, que passou por grandes agências como Young & Rubicam, Casa da Criação e Repense e foi Diretor de Criação da Escala, Agência Um Eventos, Le Pera e Thinky, e Ana Carolina Nani, Gerente Comercial e de Produção por quase uma década na Agência Um Eventos.

Entregamos projetos de pequeno, médio e grande porte para empresas de todos os segmentos. Somos indicados para:

- Congressos e Convenções;
- Lançamentos de Produtos;
- Festas de Final de Ano;
- Stands e Feiras;
- Viagens de Incentivo Nacionais;
- Viagens de Incentivos Internacionais;
- Campanhas de Incentivo;
- Ações de Relacionamento;
- Eventos Culturais e Esportivos.

Nossos Clientes: Embratel, Claro, NET, Mills, Globo.com, NBS, BP, CAPEMISA, Tokio Marine, Líder Seguradora DPVAT, Sony, Adidas, Nextel, Santander, Fundação Homem do Mar, Conapra, entre outros.

O Cliente:

O CONAPRA é uma associação profissional, sem fins lucrativos, que congrega os Práticos brasileiros, tendo por finalidade representá-los junto a todas as Autoridades Governamentais e entidades representativas de setores do meio marítimo nas questões ligadas às praticagens.

No campo internacional o CONAPRA é associado da IMPA, International Maritime Pilots’ Association, exercendo uma das Vice-Presidências desta associação internacional.

O Evento:

O Foro Latino Americano de Prácticos é um espaço de discussão que tem como objetivo promover o intercâmbio de informações sobre os tipos de leis de pilotagem, tarifas, procedimentos operacionais, treinamento e treinamento prático.

Criado em 2004, durante o 17 º Congresso do IMPA, em Istambul, o grupo foi fundado por representantes de associações de praticantes de Argentina, Brasil, Chile, Cuba, Equador, México e Uruguai, assinaram o documento, quando os acordos práticos da América Latina. Hoje, o grupo é composto por 11 países, com mais de 4 (Colômbia, Panamá, Peru e Venezuela), junto com seus fundadores.

Este Fórum acontece cada ano em um país diferente, já teve edições na Venezuela, Colômbia, Chile e no ano de 2013 a cidade escolhida pasediar o Fórum foi Búzios no Rio de Janeiro. A Núcleo Alternativa F foi a agência de Eventos escolhida para criar, planejar, coordenar e organizar o foro.

Galeria de imagens

Para apresentar o evento e seu detalhamento, é necessário, antes, explicar um pouco do que é a praticagem.

A Praticagem é uma atividade baseada no conhecimento dos acidentes e pontos característicos da área onde é desenvolvido. É realizada em trechos da costa, em baías, portos, estuários de rios, lagos, rios, lagos, rios, terminais e canais onde há tráfego de navios. A principal razão da existência deste serviço é proporcionar maior eficiência e segurança à navegação e garantir a proteção da sociedade e preservação do meio ambiente.

Os práticos são os profissionais que executam este trabalho. Possuem grande experiência e conhecimentos técnicos de navegação e manobra de navios, bem como das particularidades locais.

Esta função é desenvolvida a bordo dos navios para onde os práticos são conduzidos por meio de lanchas que têm padrões especiais para o transbordo seguro do Prático.

O CONAPRA é uma associação profissional, sem fins lucrativos, que congrega os Práticos brasileiros, tendo por finalidade representá-los junto a todas as Autoridades Governamentais e entidades representativas de setores do meio marítimo nas questões ligadas às praticagens. Tal entidade é reconhecida pela Autoridade Marítima (Portaria 0031 de 24/04/2000) como Órgão de Representação Nacional de Praticagem, com tarefas específicas previstas na Normam-12 (Norma da Autoridade Marítima para o Serviço de Praticagem) e em Portarias da DPC.

O CONAPRA foi a organização escolhida para tomar todas as decisões referentes ao “VII Foro Latino-americano de Prácticos”, cuja edição ocorreu pela primeira vez no Brasil.

Histórico anterior:
O Foro Latino Americano de Prácticos é um espaço de discussão que tem como objetivo promover o intercâmbio de informações sobre os tipos de leis de pilotagem, tarifas, procedimentos operacionais, treinamento e treinamento prático.



Criado em 2004, durante o 17 º Congresso do IMPA, em Istambul, o grupo foi fundado por representantes de associações de praticantes de Argentina, Brasil, Chile, Cuba, Equador, México e Uruguai, assinaram o documento, quando os acordos práticos da América Latina. Hoje, o grupo é composto por 11 países, com mais de 4 (Colômbia, Panamá, Peru e Venezuela), junto com seus fundadores.

Este Fórum acontece cada ano em um país diferente, já teve edições na Venezuela, Colômbia, Chile e no ano de 2013 a cidade escolhida para sediar o Fórum foi Búzios no Rio de Janeiro.

Escolha do Local:
O Fórum é formado por dias intensos de palestras, porém os convidados trazem suas esposas para acompanhá-los. Por este motivo, o local escolhido devia ter fácil acesso a amenidades como restaurantes, farmácias, atividades de lazer, um píer para possível exposição de pequenas embarcações. Partindo desse princípio foi feita uma pesquisa detalhada sobre Hotéis em cidades próximas do Rio de Janeiro e o que continha melhor estrutura para atender ao grupo de estrangeiros foi o Hotel Atlântico Búzios, que fica localizado na Orla Bardot, próximo a zona comercial de Búzios, ou seja, tudo poderia ser feito a pé pelo participante.

O Público:
75 Práticos representantes de diversos países, como: Argentina, Brasil, Chile, Colômbia, Equador, México, Panamá, Peru, Uruguai e Venezuela, e as delegações dos Estados Unidos, Canadá e IMPA.
Total de Público (Prático + Acompanhante): 200 pessoas
Média de Idade: 30 a 65 anos
Poder Aquisitivo: Alto

Pré-Evento:
Foi enviado um convite a todos os possíveis convidados para que eles realizassem uma inscrição prévia como palestrante ou participante. As inscrições tiveram 6 meses de duração. Neste site o participante podia ter informações sobre o evento, sobre o local, a indicação de uma empresa de turismo que cuidasse de toda a logística e ainda havia um espaço para dúvidas.
Após a inscrição, o participante recebia um e-mail com todas as orientações para a chegada ao evento.
O Evento:
Aconteceu entre 30 de setembro de 2013 a 04 de outubro de 2013.
Confira a agenda e informações sobre o evento a seguir:

30 de setembro
Neste dia, recebemos todos os convidados através de uma área de recepção exclusiva do Fórum, entregando um crachá, uma pulseira exclusiva do evento e um folder em 3 idiomas com toda a programação.

Após o check in no Foro, o participante era indicado para o seu quarto onde recebia um chocolate com recheio de brigadeiro no quarto.

A noite, fizemos um coquetel de boas vindas na área da piscina do Hotel que foi ambientado em estilo luau tropical, formado por lounges coloridos, velas, almofadas floridas. Além de um cardápio de canapés volantes e ilha de caipirinhas típicas.
O coquetel aconteceu com o motivo de integração entre os práticos para que eles se sentissem mais confortáveis na plenária que aconteceria no dia seguinte.

Para finalizar o coquetel, fizemos uma grande pesquisa de instituições carentes da região e encontramos a Associação Brasileira de Apoio ao Desenvolvimento da Are Capoeira, a ABADÁ BÚZIOS, que promove projetos sociais a fim de atrair crianças e adolescentes para universos que os ajudem a se desenvolver de forma saudável. A julgar pelos ótimos resultados que o grupo vem conquistando no município de Búzios, a capoeira tem mostrado grande potencial para auxiliar esses jovens a encontrar caminhos de realização pessoal, passando ao largo de situações de risco. Por este motivo, os contratamos para uma apresentação de capoeira em nosso evento com os objetivos de mostrar um pouco da cultura brasileira aos latino-americanos presentes no evento e de ajudar de alguma forma esta instituição.

Após o coquetel, quando os convidados retornaram em seus quartos, puderam encontrar havaianas como um presente especial do Brasil.

Resumindo: a noite de boas vindas, foi simplesmente um sucesso.



01 e 02 de outubro
Estes foram os dias do VII Foro Latino-americano de Práticos.

A estrutura montada para este fórum foi montada da seguinte forma:

- Foyer1:
Totens com a comunicação do evento e sinalização das áreas comuns.
Área de Coffee Break.

- Foyer2:
A Núcleo Alternativa F auxiliou na venda de cotas de patrocínio para este evento e montou um planejamento para que empresas do setor pudessem estar presentes com seus produtos e serviços. O resultado deste planejamento foi que pela primeira vez conseguimos ter mais de 5 empresas nacionais e internacionais expondo produtos/serviços neste evento, o resultado para o patrocinador foi excelente.
Essas empresas puderam ter uma área de exposição em frente a sala de reuniões, terem seus logos expostos em todo o material de comunicação do evento e ter um espaço para 30 minutos de palestra durante o Fórum.

- Plenária:
A plenária teve uma estrutura cenográfica composta por tela x banner x tela, com a comunicação visual do evento, além de palco com forração nas cores do cliente e púlpito com o logo do evento.
A estrutura de equipamentos para os palestrantes foi completa, incluindo boa sonorização, todos os tipos de microfone, retorno de apresentação no púlpito e no palco e cronometro das apresentações. Além de equipamento completo para tradução simultânea em 3 idiomas: português, espanhol e inglês.

A agenda dos dois dias de fórum contou com abertura solene, vídeos sobre a praticagem e diversas palestras/discussões sobre o tema, cujo principal moderador das palestras era o atual presidente do CONAPRA, Ricardo Falcão. Ao final de cada palestra, era aberto um espaço para perguntas e respostas.
Ao final do evento, todas as apresentações foram divulgadas no site.


Confira a programação completa do evento abaixo:

Dia 1 de Outubro
07h00 às 09h00 Café da manhã Restaurante
09h00 às 09h10 Ricardo Falcão
Diretor-Presidente do CONAPRA Abertura oficial
09h10 às 09h25 Alte. Claudio Portugal de Viveiros
Autoridade Marítima Brasileira
09h25 às 09h45 Michael Watson
Presidente da IMPA
09h45 às 10h30 Pablo Pineda
Praticagem Río de la Plata "Competencia en el Practicaje Argentino"
10h30 às 11h00 Coffee break Foyer e Área de Exposições
11h00 às 11h45 Alvaro Moreno
Asociación de Practicos del Canal de Panamá "Actualización sobre Ampliación del Canal de Panamá"
11h45 às 12h30 Ricardo Falcão
CONAPRA "A Indústria de Cruzerios e o Serviço Praticagem"
12h30 às 14h00 Almoço Restaurante
14h00 às 14h45 Juan De La Cerda Merino
Asociación de Prácticos Autorizados de Chile
Eduardo Caprile
Asociación Chilena de Prácticos de Puerto "Practicaje y Pilotaje en Chile"
14h45 às 15h30 Adolfo Valbuena
SIPPESA PC "El Manual de Patron de Manobra y/o Navegación"
15h30 às 16h00 Coffee break Foyer e Área de Exposições
16h00 às 16h45 Nick Cutmore
IMPA "IMPA's Work, Relationships and Objectives"
16h45 às 17h15 Peter Selwyn
Navicom Dynamix "GPS Technologies in PPUs – Clarifying some Misunderstandings"
17h15 às 17h45 Cinthya E. Lopes Z. Dias
Kongsberg Maritime Training do Brasil "Introduction to Polaris Ships Bridge Simulator"
19h00 às 22h00 Jantar Restaurante




Dia 2 de Outubro
07h00 às 09h00 Café da manhã Restaurante
09h00 às 09h45 Siegberto Schenk
Praticagem do Espírito Santo "Modelos de negócio do serviços de praticagem: abordando a praticagem sob um novo ângulo de análise"
09h45 às 10h30 Simon Pelletier
Canadian Marine Pilots' Association "E-Navigation Update"
10h30 às 11h00 Coffee break Foyer e Área de Exposições
11h00 às 11h45 Julio Cesar Longa
COPRAC "Riesgo en la transferencia lancha-escala"
11h45 às 12h30 Alexandre Gonçalves da Rocha
Itajaí e Navegantes Práticos "Apontamentos sobre a Relação entre Comandante e Prático"
12h30 às 14h00 Almoço Restaurante
14h00 às 14h05 Vídeo institucional Congresso IMPA 2014 no Panamá
14h05 às 14h50 Fábio Mello Fontes
Praticagem de Santos "História da Praticagem de Santos"
14h50 às 15h35 Carlos Alberto de Souza Filho
CONAPRA "Programa de Atualização de Práticos - ATPR"
15h35 às 16h05 Coffee break Foyer e Área de Exposições
16h05 às 16h35 Benoit Terral
Eurocopter "Harbour Pilot - Eurocopter solutions"
16h35 às 17h05 Christophe Colaris
Le Havre Pilots Association "Le Havre Pilots Association Service Organisation"
17h05 às 17h20 Frédérique Collucci
Port Revel Shiphandling "Port Revel Training Center"
17h20 às 17h30 Ricardo Falcão
CONAPRA Encerramento


- Programação adicional para acompanhantes:
Enquanto o Fórum acontecia, as esposas/familiares/acompanhantes dos convidados podiam desfrutar de um shuttle que ia e voltava das melhores praias de Búzios.



Ao final do dia 02 de outubro, houve o encerramento do Fórum em plenária. Uma ata foi realizada e um feedback foi dado ao presidente do CONAPRA responsável pelo evento, 100% de aprovação e a grande possibilidade de repetirem este evento no Brasil daqui a alguns anos. Um resultado muito positivo.

- Festa Temática:
E para encerrar a programação oficial do evento, uma festa carioca foi oferecida aos convidados. Utilizamos uma sala do Centro de Convenções para montar um botequim carioca, com cenografia formada por diversos painéis dos clássicos botequins do Rio de Janeiro, decoração com frutas e castiçais de velas sobre voais em tons de marrom, postes com luzes de rua, bistrôs, jogos de dardos... Conseguimos transformar completamente a sala do Centro de Convenções do Hotel.

A festa teve início com a entrega de um guimmick na entrada: um chapéu de malandro para os homens e uma linda flor para o cabelo das mulheres.

Quando entraram na sala, já puderam apreciar um show de um quinteto de chorinho chamado Chorín, cujos experientes músicos tocam constantemente na noite do Rio de Janeiro e com artistas consagrados. Suas experiências em bailes fazem com que eles transmitam grande energia e vigor em seus shows. O repertório popular incita o público a dançar e cantar junto, mesmo sendo instrumental. Para atender diferentes perfis de shows, eles variam de instrumentos como substituir o pandeiro pela zabumba e a guitarra pelo banjo.
Samba, xote, baião, choro e bossa nova animam o ambientem em músicas conhecidas de Pixinguinha, Jacob do Bandolim, João Donato, Luiz Gonzaga, Sivuca, Hermeto Pascoal, Tom Jobim, Moacyr Santos.

Durante o jantar, o cardápio foi bem brasileiro, contendo comidas famosas das rodas de samba, como feijão freto, torresmo, frango a passarinho, picadinho carioca, pudim de leite, entre outras delícias.

Após o jantar, convidamos o coreografo de Cabo Frio Márcio Valente e sua parceira para uma apresentação de dança sobre os ritmos do Brasil, com aula de samba para todos do grupo. Foi um sucesso!

A noite terminou com grande aprovação dos participantes e clientes.
Dia 3 de Outubro
Para que os convidados conhecessem as belezas locais, oferecemos um passeio de escuna pelas famosas praias de Búzios. O restante do dia foi livre para que o convidado pudesse aproveitar a cidade.

Dia 4 de Outubro
No último dia tivemos uma Assembleia privativa/confidencial com os práticos brasileiros na mesma estrutura da plenária.
O check out dos participantes foi de acordo com a malha aérea.

Ação pós-evento
Todas as fotos e as apresentações contidas no evento foram disponibilizadas no site do Fórum. Além disso, foi feita uma edição especial da Revista “Rumos Práticos” sobre este fórum como podem conferir no link abaixo:
http://www.scribd.com/doc/207833915/Revista-Rumos-39

Galeria de imagens

 

O grande desafio deste evento era fazer com que as edições anteriores, que aconteceu em outros países, fossem superadas, devido ao bom momento que o Brasil estava passando.

Foram feitas muitas reuniões para melhorar aspectos que incomodaram os participantes nos anos anteriores e tudo foi resolvido da melhor maneira possível:
- Tempo das apresentações que era sempre ultrapassado: colocamos um cronometro no púlpito e uma recepcionista com placas de minutagem passando no fundo da sala.
- Dia muito intenso de palestras e ambiente muito formal: reduzimos o tempo de palestras e limitamos suas quantidades, usando os intervalos de coffee breaks e almoço a nosso favor, fazendo com que tivéssemos 3 palestras por intervalo, no máximo. Além disso, o presidente do CONAPRA foi o mediador do evento e tratou tudo de forma muito leve e informal.
- Dificuldades com a língua: Como haviam participantes que falam inglês, espanhol e português, todo o staff era trilíngue, o que facilitou o entendimento de todos. Além disso, houve uma estrutura de cabines de tradução simultânea em 3 idiomas para que todas as palestras pudessem ser acompanhadas.
- Melhor estruturação do patrocínio: A agência cuidou dos pacotes e dos planos de patrocínio para que houvesse uma padronização nas exposições e nas apresentações. Todo o atendimento ao patrocinador foi feito com antecedência evitando assim imprevistos no local.

Além disso, o importante neste evento era trazer características do Brasil, porém não gostariam que fosse o trivial ou o apelativo, por isso:
- Trouxemos na comunicação uma linda imagem de Búzios para retratar as nossas belas paisagens.
- No coquetel de boas vindas, uma apresentação de capoeira com cunho social e músicas ambiente mais clássicas, como Tom Jobim, Caetano Veloso, Marisa Monte, etc.
- No jantar, em vez de fazermos um botequim tradicional com samba e mulatas, partimos para um botequim mais sofisticado, com mesas redondas, grupo de chorinho e casal de dançarinos profissionais.

A receita da parte de produção do evento (não incluindo despesas com o Hotel) ficou em R$ 195.600,00.

Abaixo, estão os números gerais de equipes envolvidas no evento:

- Staff
Pré-evento: 03 profissionais Núcleo Alternativa F – Atendimento, Produção e Criação

Durante: Aproximadamente 30 profissionais | diretos e indiretos, entre coordenação, organização e empresas terceirizadas.

Pós-evento: 01 profissional Alternativa F Eventos

- Refeições
Foram servidas 2.250 refeições entre cafés da manhã, coquetéis, almoços e jantares.

- Transportes
Nº de passagens aéreas de ida e volta: 80
Nº carros ou micro ônibus: Aproximadamente 20 veículos

Este evento movimentou a rede hoteleira em Búzios, pois utilizamos grande parte do Hotel fazendo com que outros hospedes procurassem infraestrutura similar nas proximidades.

Por ser uma cidade turística, economicamente movimentamos o comércio, pois as acompanhantes dos participantes consumiram bastante do turismo e comércio local, contudo não sabemos mensurar o valor de retorno que a cidade teve com o nossa viagem.

Vale ressaltar os empregos criados, diretos e indiretos, uma vez que todas as empresas envolvidas tiveram que se preparar e reforçar a equipe para atender as necessidades do evento, mas também não é possível mensurar.

Na pesquisa realizada pós-evento com os participantes, tivemos um resultado extremamente positivo com 97% avaliando total satisfação na viagem e 3% avaliando como satisfeito.

 
  • contato: (11) 2538-4156 - (11) 7377-8878