Evento Neutro
Prêmio Caio Sustentabilidade

Prêmio Caio 15ª Edição

Case: INFRA ESTRUTURAS COMPLEMENTARES DA ARENA PERNAMBUCO
Candidato: Publikimagem Projetos e Marketing
Cliente: Estado de Pernambuco | Secretaria Extraordinária da Copa de 2014
Segmento: Serviços
Estado: PE
 
Capa Apresentação Conteúdo Apresentação de inovações tecnológicas e estratégias indicando Desafios e Soluções Retorno sobre investimento, geração de negócios e outros indicadores econômicos
Capa do Case "Infra Estruturas Complementares da Arena Pernambuco"

A PUBLIKIMAGEM é sediada em Recife/PE. Realizou diversos eventos em Pernambuco e em outros Estados do Brasil, dentre os quais: Inauguração da Pedra Fundamental da Refinaria General Abreu e Lima em 2005, pela Petrobrás. O evento contou com a presença do Presidente LULA, do Presidente da Venezuela, Hugo Chavez, e de autoridades locais; Camarote Petrobrás da Regata Recife – Fernando de Noronha (REFENO) 2007 e 2008; 1º Encontro de Negócios da Petrobrás; Coordenação do Carnaval de Olinda de 2007 a 2011.

A FEELING EVENTOS, empresa sediada em Santo André/SP. Líder nacional na área do entretenimento, atua diretamente no mercado de shows, eventos especiais e corporativos, dentre os quais: Evento do Dia do Trabalhador, 1º. De Maio, pela Força Sindical/SP; Fifa Fan Fest Rio de Janeiro/RJ; Fifa Fan Fest Fortaleza/CE; Fifa Fan Fest Natal/RN e Vila Mix Go 2014.
Para a realização dos trabalhos na Copa do Mundo da FIFA 2014, na ARENA PERNAMBUCO, a Publikimagem e a Feeling criaram o Consórcio Publikimagem Feeling que foi contratado pelo ESTADO DE PERNAMBUCO, ATRAVÉS DA SECRETARIA EXTRAORDINÁRIA DA COPA DE 2014 – SECOPA, através de licitação. O objetivo foi a contratação de INTEGRADOR responsável pela prestação de serviços de locação, instalação, montagem, manutenção, conservação e desmontagem de todas as estruturas complementares e das estruturas da operação de mobilidade da Arena Pernambuco, com planejamento, coordenação, monitoramento e fornecimento de infraestrutura e apoio logístico, para realização do evento da Copa do Mundo FIFA Brasil 2014 – FWC. Do Consórcio das empresas Publikimagem Feelings, a Publikimagem é representante na apresentação deste CASE.

Coube então ao Consórcio P&F preparar a ARENA PERNAMBUCO para a Copa do Mundo 2014, realizada de 13 de junho a 13 de julho de 2014, obedecendo a todos os padrões de instalação recomendados pela FIFA o que envolveu a contratação de mais de 30 empresas, mais de 800 pessoas trabalhando 24 horas por dia durante apenas dois meses (de 11/04/2014 até 11/06/2014), tendo sido realizado 100% de todas as 27 macroáreas que envolveram a obra: infra estrutura de energia, telefonia e TI, acessos, áreas e complexo de transmissão televisiva, centro de imprensa, vestiários, centro de voluntários, escritórios da FIFA, estacionamentos internos e externos, estruturação do campo de jogo, segurança, serviços e complexo de apoio, centro de voluntários, dentre outros. A Arena Pernambuco recebeu 204 mil pessoas nos 5 jogos que sediou.

Galeria de imagens
Publikimagem: 1o. Encontro de Negócios
Publikimagem: Carnaval de Olinda
Publikimagem: Refinaria Abreu e Lima
Publikimagem: Luna na Refinaria Abreu e Lima
Publikimagem: Refeno
Feeling: 1o. de Maio 2014
Feeling: FFF Fortaleza
Feeling: FFF Manaus
Feeling: FFF Rio de Janeiro
Feeling: Vila Mix GO
Arena Pernambuco
Arena Pernambuco_Público
Arena Pernambuco_Entrada Principal
Arena Pernambuco_Tapioqueiras
 

 

ESTRATÉGIA MONTADA PARA VIABILIZAR O EVENTO: para garantir a realização da COPA DO MUNDO 2014 NA ARENA PERNAMBUCO foi formada uma COMISSÃO DE PROFISSIONAIS para elaborar o planejamento, antes de iniciar as montagens. Foi reunida uma Equipe Técnica (arquitetos, engenheiros e produtores experientes em eventos nesse nível de complexidade) para analisar todas as informações técnicas fornecidas pela FIFA, que somaram aproximadamente 650 plantas dos sete níveis da Arena e área externa que iriam sofrer intervenções (estamos falando de montagens de estruturas, construção de salas mais todo o apoio de energia, telefonia e TI). Mais duas equipes estavam trabalhando em paralelo nesta fase de Planejamento: a Equipe do Project, com três profissionais responsáveis por elaborar o Project da obra, com o cronograma de avanço envolvendo aproximadamente 8.800 atividades, e a Equipe da CURVA ABC, composta por 7 profissionais encarregados de elaborar a CURVA ABC de compras de materiais e contratação de serviços.

A complexidade do evento não esteve só na dimensão de área a ser montada, mas sim no prazo muito curto, cerca de 75 dias para deixar a Arena em perfeito estado de funcionamento. Assim, para assegurar o prazo na montagem todas as equipes de trabalho foram multiplicadas por três, para garantir trabalho nos três turnos do dia, durante toda a execução. O Consórcio P&F conseguiu, dessa forma, entregar 100% da obra da Arena Pernambuco em perfeito estado de uso para a Copa do Mundo 2014, com todas as áreas atendidas e os serviços de plantão de manutenção funcionando, Devido ao bom trabalho de planejamento realizado, durante as partidas, as equipes de plantão foram acionados para atender chamados de baixa complexidade. Comprovando que as instalações de todos os sistemas: Ar-condicionado, TI, telefonia, TV, energia, estruturas, geradores, elétrica, hidráulica, dentre muitos outros serviços, estavam bem acabados.

ACREDITAMOS QUE SEREMOS VENCEDORES DO PRÊMIO CAIO 2014, POIS A SEGUIR DETALHAREMOS OS SERVIÇOS PRESTADOS PELO CONSÓRCIO P&F AO GOVERNO DE PERNAMBUCO/SECOPA E FIFA, REALIZADOS 100%, PERMITINDO QUE A COPA DO MUNDO 2014 FOSSE DEVIDAMENTE REALIZADA EM PERNAMBUCO SEM INTERCORRÊNCIAS, DANDO VISIBILIDADE MUNDIAL AO NOSSO ESTADO E NOSSO PAÍS E PROJETANDO DE FORMA POSITIVA NOSSAS EMPRESAS E MÃO DE OBRA LOCAL AO MERCADO DOS GRANDES EVENTOS INTERNACIONAIS.

A OBRA FOI DIVIDIDA EM 27 MACRO ÁREAS, ABAIXO CITAMOS AS PRINCIPAIS:

1. ACCESS AREAS – ÁREAS DE ACESSOS: Foi responsabilidade do Consórcio P&F a demarcação das distintas zonas ao redor do estádio e sua relação com os conceitos de segurança, perímetros e autenticação dos ingressos. Assim, o entorno da ARENA PERNAMBUCO foi dividido em quatro áreas estratégicas: A Área (1): a zona pública do estádio, monitorada pelas autoridades públicas locais de segurança; A Área (2): zona exclusiva, de responsabilidade da FIFA, onde o Consórcio P&F montou o Stadium Ticketing Center (STC) e as áreas de Revista Magnética de bolsas e malas ("Mag & Bag"); A Área (3): através das entradas o portador do ingresso tinha seu acesso concedido após a sua passagem pelo perímetro externo através da Área de Revistas e Bolsas. A Área (4): área de validação do ingresso pelo controle eletrônico de acesso ("EAC"), scanners nas catracas.

2. BROADCAST COMPOUND – COMPLEXO DE TRANSMISSÃO TELEVISIVA: Estava localizado ao lado da ARENA PERNAMBUCO, junto ao STUDIO MÍDIA CENTER, área de trabalho da imprensa tipo BackOffice. Possuia um estacionamento cujo acesso de veículos era realizado apenas após a revista de segurança por Magnetômetros. 90 km de cabos de transmissão foram utilizados. Todo o Complexo possuía as seguintes macro áreas: HBS House (Escritórios): Dentro de cada Complexo de Transmissão 500 m2 de área útil de escritórios temporários foram fornecidos pelo Consórcio P&F a FIFA; Pool de Geradores; Local para Satélite; Tenda para Alimentação (catering); Containers de armazenagem; Locais para caminhões de transmissão; Local para armazenagem de cabos; Módulos para os detentores de direitos de transmissão (MLRs); Sanitáros; Cercamento; Portões de pedestres e Veículos.

3. VOLUNTEER CENTER – CENTRO DE VOLUNTÁRIOS: Espaço destinado a abrigar o centro de voluntários, localizado próximo ao estádio. Antes do início dos preparativos do evento, o espaço foi montado para permitir a distribuição de uniformes a todos os voluntários que trabalharam na ARENA PERNAMBUCO. Após terminado o período de distribuição dos uniformes, o espaço foi utilizado para atender aos voluntários como estadia, refeitório, auditório, reuniões e outras áreas utilizadas pelos mesmos durante o evento. Resumidamente, o VC possuiu as seguintes áreas, montadas pelo Consórcio P&F: Balcão de Recepção; Área de Filas; Áreas de Trabalho; Sala de reuniões; Auditório; Área para descanso; Área para ativação de patrocinadores; Depósito; Vestiários; Cozinha; Refeitórios e Sanitários (masculino e feminino).

4. FIFA LOC OFFICES – ESCRITÓRIOS DA FIFA: Salas com características muito similares de funcionalidade, instalações, tipologia de mobiliário e uso que servem aos diversos departamentos da própria FIFA e a Departamentos do Comitê Organizador, como marketing, competições, hospitalidade, segurança, ti, transporte, logística, cerimônias, atendimento ao espectador, dentre outros. Coube ao Consórcio P&F aproveitar-se de toda a infraestrutura (instalações) e acabamentos da ARENA PERNAMBUCO, sendo necessárias adaptações, colocação de mobiliário, equipamentos, conectividade de TI/Telecom. Algumas adaptações de forro, piso, ar condicionado, larguras de portas, etc, foram necessárias, tendo sido de responsabilidade do Consórcio P&F esta adaptação e posterior devolução da área com a configuração original à administração da ARENA PERNAMBUCO. Outra área que foi classificada dentro desta Macro Área foi a dos vestiários de funcionários das concessões de alimentos e bebidas.

5. IT INFRASTRUCTURE – INSTRUTURA DE T.I.: Áreas internas aos estádios denominadas como Áreas Técnicas (Technical Areas) e que serviram para sediar os equipamentos de TI e Telecom que conectaram as diversas áreas do evento. A importância destas áreas e de sua configuração correta deve ser destacada, pois por estas áreas passaram todo o cabeamento ótico que levava os dados do evento (ticketing e operações, entretenimento, avisos, etc), dos Serviços para a Mídia (direcionados aos profissionais da imprensa) e também da transmissão televisiva. A montagem de toda esta infraestrutura foi realizada pelo Consórcio P&F. O Consórcio P&F teve que considerar um conjunto de requerimentos e diagramas para que se cumprissem todos os requisitos de uma plataforma de rede altamente disponível para dar suporte à convergência de todos os sistemas de Telecomunicações e TI em uma infraestrutura integrada de cabeamento (90km de cabos).

6. MEDIA INTERVIEW AREAS – ÁREAS DE ENTREVISTAS: Foram montados 03 studios de televisão, 196 cabines de locução, mais 6 salas de Studios de apresentação na Arena Pernambuco. Sendo assim, o Consórcio P&F se responsabilizou pelo fornecimento das condições técnicas suficientes para a produção de TV de nível internacional. O cenário e o mobiliário dos espaços de transmissão de cada TV foi instalado por cada emissora.

7. MEDIA TRIBUNE – TRIBUNA DE IMPRENSA: A área de tribuna de imprensa nos eventos da FIFA localizaram‐se “ao ar livre”, em áreas abertas, mas cobertas, nas arquibancadas dos estádios. No total tínhamos 194 mesas para a impressa. Para dar lugar às mesas na ARENA PERNAMBUCO foram retiradas 2.432 assentos da arquibancada.

8. MEDIA CONFERENCE – SALA DE CONFERÊNCIA DE IMPRENSA: local destinado a entrevistas coletivas, ministradas após as partidas pelos treinadores e atletas das equipes para um grupo especialmente credenciado de jornalistas. A capacidade era de 150 pessoas. A mesa de entrevistas tinha lugar para 6 pessoas sentadas; onde, ao fundo, havia um backdrop. A sala continha plataformas para câmeras para 15 posições de câmeras. Toda a energia técnica foi fornecida pela instalação temporária de energia e estava pertinente para o uso do detentor dos direitos de transmissão televisiva. Foi instalado também o controle de mixagem do sistema de caixas de som. A Sala de Conferência foi conectada ao Complexo de Transmissão por meio de cabos. Foram instalados também televisores e sistema de tradução simultânea (transmissores e conexão de som).

9. SECURITY – SEGURANÇA: Todos os sistemas de segurança foram de responsabilidade da FIFA em parceria com os sistemas públicos oficiais de segurança. Porém, coube ao Consórcio requerer e se certificar de que os espaços e rotas disponibilizados no modo evento cumprem com as regulamentações de segurança exigida pelas autoridades locais, sem comprometer o conceito geral designado pela FIFA e Comitê Organizador para o evento como um todo. Também foi de responsabilidade do Consórcio P&F a operação dos magnetômetros (110 detectores de metal e 61 scanners de bagagem) bem como o treinamento e operação sincronizados.

10. STADIUM MEDIA CENTER – CENTRO DE IMPRENSA DO ESTÁDIO: Espaço destinado a abrigar os jornalistas que trabalham no evento. Para a ARENA PERNAMBUCO o Consórcio P&F montou: 300 Estações de trabalho de imprensa escrita com energia e internet cabeadas; 150 Estações de trabalho de fotógrafos com energia e internet cabeadas; 12 estações de trabalho com energia e internet; 60 Armários menores para armazenamento de objetos pessoais dos jornalistas; 90 Armários maiores; 150 Vagas de estacionamento; Totalizando 5.759 metros quadrados de área. Foram oferecido os seguintes serviços: atendimento ao Serviço de Rate Card (conexão internet); Escritório de TI para o Serviço de Rate Card (conexão internet); Armazenagem de TI para o Serviço de Rate Card (conexão internet); Recepção dos Escritórios FIFA/COL; Area Cópias; Sala de reuniões; Serviço de reparo da câmeras; Balcão de infirmações; Cafeteria e lounge; Cozinha; Balcão do Governo Federal; Depósito Seco; Depósito de lixo; Escaninhos; Balcão de distribuição de ingressos; Balcão de distribuição de ingressos (fotógrafos); Balcão de informações sobre a Cidade Sede; Estações de trabalho da imprensa; Espaço para Acesso à Internet; Estações de trabalho dos fotógrafos ;Guarda Volumes; Guarda Volumes ‐ Fotógrafos; Operações de Imprensa ‐ COL; Máquinas de venda automática; Ativação do Partrocinador; Depósito para a Imprensa; Escritório ‐ Oficiais de imprensa FIFA; Escritório ‐ Oficiais de Imprensa visitantes FIFA; ATM Caixas eletrônicos; Áreas técnicas secundárias; Área de Descanso Satélite para Voluntários; Sanitários temporários; Sala de CATV. A montagem de toda a estrutura do Centro de Imprensa da Arena Pernambuco foi temporária e de responsabilidade do Consórcio P&F, 100%.

11. TECHNOLOGY COMPOUND – COMPLEXO DE TECNOLOGIA: A criação de um local que concentre todo o pessoal que trabalha nas áreas de Tecnologia da Informação (TI) passou a ser necessário para facilitar a comunicação e também para aproveitar a concentração de caminhamentos de cabos em um local fora do estádio. Toda a rede de TI foi de responsabilidade do Consórcio. São ambientes do Complexo de Tecnologia: Escritório de gerência de TI; Sala de reuniões TI; Escritório de suporte de TI; Serviços Técnicos ‐ Rádio; Serviços Técnicos ‐ CATV; Serviços Técnicos ‐ Energia; Escritório de suporte de TI ‐ Rede; Escritório de suporte de TI ‐ LOT; Escitório de suporte de TI ‐ Impressoras / Voluntários; Recepção de TI e atendimento; Depósitos de MATCH IT; Depósitos de TI do COL; Depósito da Operadora de Telecom; Depósito dos serviços técnicos; Área de Descanso; Sanitários temporários.

12. VOLUNTEER CENTER – CENTRO DE VOLUNTÁRIOS: Espaço destinado a abrigar o centro de voluntários, localizado do lado externo da Arena Pernambuco, foi montado num grande stand em tenda com mais de 1mil metros quadrados. O Consórcio P&F foi responsável por toda a montagem, infra estrutura, mobiliário, fornecimento de energia, telefonia e internet do espaço.

Galeria de imagens
Acesso_Passarela Tubular
Acessos
Área de Exposição Comercial
Vestiário_Aquecimento
Centro de Voluntários_Refrigeração
Centro de Voluntários
Tribuna de Imprensa
Sala de Conferência
Sala de Conferência_Montagem
Estacionamentos Arena Pernambuco
Centro de Imprensa 01
Centro de Imprensa 02
Centro de Imprensa 03
Centro de Imprensa 04
Centro de Imprensa_Cozinha
Centro de Imprensa_Refeitório
Tenda do Refeitório Geral
Estrutura Temporária Arena Pernambuco
Área Externa_Estrutura Temporária da Arena Pernambuco
Camarotes Arena Pernambuco
         

 

A MONTAGEM DOS BANHEIROS FOI UMA GRANDE INOVAÇÃO E UM GRANDE DESAFIO: todas as áreas externas montadas, e parte das internas como: SMC e Refeitórios, receberam módulos sanitários, totalizando 78 módulos sanitários adaptados, incluindo os de PNE´S e suas rampas de acessibilidade. Não se tratam de banheiros químicos, como é comum contratar-se para eventos. Tratam-se da instalação de banheiros convencionais, com água e esgoto. A contratação da empresa MTD, evitou que fossem feitas caixas de esgoto cavadas no solo, já que a Tecnologia aplicada por eles são com utilização de bombas de sucçao e armazenagem em BAGS. Assim, além de não agredir o maio ambiente, ficou fácil realizar a remoção dos dejetos pelo caminhão de esgoto. No caso dos módulos sanitários do Centro de Imprensa do Estádio, houve outra particularidade: como a altura do pé direito do estacionamento era bastante reduzida, em torno de 2,15m, os containers foram todos desmontados, montados sem o teto e sem os pés (somente existia a base do chão em contato com o piso). Além de instalarmos os tetos com o Forro de PVC, toda a adaptação dos banheiros foram feitas em um sobrepiso para passagem das instalações hidráulicas e fixação das bacias sanitárias, mictórios e pias.


OUTROS GRANDES DESAFIOS: Foram três os maiores desafios encontrados para a realização deste evento: 1) A GRANDE QUANTIDADE DE ÁREAS A SEREM CONSTRUÍDAS e todas elas com muitos detalhes de instalações segundo os padrões internacionais de alto nível da FIFA, principalmente em toda a áreas externas e parte das áreas internas que não poderiam contar com a infra-estrutura existente da Arena; 2) O PRAZO PARA EXECUÇÃO DE 75 DIAS, uma vez que a P&F Consórcio recebeu o cronograma de obra com 15 dias de defasagem e teve que readequar a essa realidade. Em entrevista coletiva, cedida em março de 2014, Jérôme Valcke, Secretário Geral da FIFA, reclamou das obras dizendo que “... para instalar um sistema de TI em um estádio, são necessários pelo menos 90 dias.” A P&F Consórcio realizou TODA a obra em 75 dias; 3) OS SUPRIMENTOS. Neste último caso a logística foi bastante complexa, uma vez que não existiam fornecedores locais e a maioria dos fornecedores estavam no Sudeste do Brasil e até no exterior, como por exemplo a Caterpillar, que forneceu geradores, instalações elétricas e mão de obra extremamente qualificada, demonstrando sua excelência em grandes eventos. Outra empresa do exterior contratada foi a MTD, empresa holandesa especialista em soluções de Água e Esgoto em lugares remotos e principalmente em eventos. Eles foram fundamentais para que pudéssemos suprir com rapidez toda demanda das cozinhas e banheiros temporários montados na Arena. Ainda no quesito suprimentos, as compras também foi um grande desafio pois precisamos negociar bastante para diminuir os orçamentos apresentados pelas empresas, uma vez que a maioria apresentou preços superiores ao praticados no mercado.

SOLUÇÕES ENCONTRADAS: Buscamos uma parceria junto ao Comitê Organizador Local (COL), para que o prazo de entregas das áreas sofresse alteração de acordo com a necessidade de utilização de cada área. Sendo assim, as áreas prioritárias tinham preferência. Buscamos fornecedores que aportassem, além de bons produtos, soluções que reduzisse o prazo de execução e garantisse a qualidade que o evento merecia, tudo desde que o custo estivesse dentro do orçamento. Citando o exemplo da contratação da Caterpillar: trouxe os painéis elétricos confeccionados para eventos com toda instalação a prova d’agua. Em outro exemplo optamos por não contratar pronto e sim por montar (transformar) 78 containers em banheiros com água encanada e esgoto. Assim mobilizamos um fornecedor local que forneceu a mão-de-obra necessária e nós compramos os materiais. Esta opção gerou 1 milhão de reais em economia em relação ao preço dos conteiners pronto que havíamos recebido.

Galeria de imagens
Banheiros 01
Banheiros 02
Banheiros 03
Banheiros Externos
Centro de Credenciamento
Parte da Energia que Abasteceu a Arena Durante a Copa
       

 

EM RELAÇÃO A SERVIÇOS SEMELHANTES REALIZADOS NO BRASIL PARA A COPA DO MUNDO 2014 assumimos o compromisso de entregar a Arena Pernambuco em perfeitas condições para a FIFA, buscando alternativas dentro e fora do Brasil sem medir esforços. Esse compromisso assumido pela P&F Consórcio resultou na superior qualidade das áreas entregues a FIFA, se comparado ao que foi apresentado em outros estádios da Copa. Os profissionais que trabalharam na Arena Pernambuco na Copa das Confederações e na Copa do Mundo se surpreenderam com a superior qualidade das instalações e serviços prestados. Sendo assim a P&F Consórcio foi superior tanto no prazo, quanto na abrangência da execução da obra (tendo realizado 100% do objeto da contratação) e na qualidade das instalações e serviços prestados. Existem relatos e fotos das outras Arenas nos noticiários que mostram isso, como foi o caso da má execução das obras na Arena das DUNAS/RN, e na Arena do Grêmio/RS, entre outras.

SOBRE O RETORNO E GERAÇÃO DE NEGÓCIOS, percebemos que evento foi recém finalizado e não houve tempo suficiente para que os bons resultados do trabalho pudessem gerar novos projetos. Porém já existe procura das empresas que prestarão serviço para as Olimpíadas no Rio de Janeiro, em 2016, havendo uma real possibilidade de retorno concreto através do uso dos atestados técnicos para nos credenciar a participar de outros eventos de nível internacional.

RETORNO DE MÍDIA: tivermos retorno de mídia de forma indireta, uma vez que a imprensa não citou o Consórcio diretamente, porém, a imprensa brasileira inteira acompanhou, dia a dia, a entrega de todos os Estádios da Copa e a Arena de Pernambuco não só foi entregue no prazo como foi TOTALMENTE APROVADA por todos: público, imprensa, colaboradores, FIFA, parceiros. Matéria da Revista Torcida comenta da Aprovação da Arena PE: “Totalmente Aprovada: Arena Pernambuco recebeu mais de 200 mil torcedores nos cinco jogos da Copa do Mundo.”

Galeria de imagens
Clipagem_01
Clipagem_02
Clipagem_03
Clipagem_04
 

 

 
  • contato: (11) 2538-4156 - (11) 7377-8878