Evento Neutro
Prêmio Caio Sustentabilidade

Prêmio Caio 15ª Edição

Case: I DESENVOLVE PARANÁ CENTRO
Candidato: Alpes Comunicação e Eventos
Cliente: Sebrae Guarapuava
Segmento: Eventos
Estado: PR
 
Capa Apresentação Conteúdo Apresentação de inovações tecnológicas e estratégias indicando Desafios e Soluções Retorno sobre investimento, geração de negócios e outros indicadores econômicos

A Alpes Comunicação e Eventos é uma empresa que integra todos os segmentos da Comunicação, Marketing & Eventos, que com o planejamento focado na necessidade e expertise de cada cliente, tem alcançado cada vez mais resultados duradouros e surpreendentes dentro do mercado nacional. Oferece a seus clientes o que há de mais atual nas técnicas de Planejamento de Comunicação, Projetos de Relacionamento, Pesquisas, Eventos e Ações de Marketing Promocional. Com sede na cidade de Londrina – Paraná, a agência foi criada em 2004 com o objetivo de atender os empresários e instituições de Londrina de forma diferenciada e integrada todas as áreas da Comunicação. Já conquistou 3 premiações no Prêmio Caio e também o Prêmio Caio da Década.

Sobre o Sebrae/PR
Criado na década de 1970, o Sebrae apoia as decisões dos empresários, dos potenciais
empresários e dos potenciais empreendedores, no campo e na cidade, porque é a instituição
que entende de pequenos negócios e possui a maior rede de atendimento do País. Ao todo,
são 27 unidades e aproximadamente 600 postos de atendimentos espalhados de norte a sul do
Brasil. No Paraná, conta com seis regionais e 11 escritórios. A instituição chega aos 399
municípios do Estado por meio de atendimento itinerante, pontos de atendimento e de parceiros locais, como associações, sindicatos, cooperativas, órgãos públicos e privados. O Sebrae/PR oferece programas e soluções empresariais, com foco em desenvolvimento de empreendedores; impulso a empresas avançadas; competitividade setorial; promoção de ambiente favorável para os negócios; tecnologia e inovação; acesso ao crédito; acesso ao mercado; parcerias internacionais; redes de cooperação; e formação de líderes.

Ficha Técnica do Congresso:
Título: I DESENVOLVE PARANÁ CENTRO
Tema: Agroindústrias em Movimento
Número de participantes: 300 pessoas
Local: Centro de Eventos de Pitanga
Data: 05/12/2013
Periodicidade: Anual;
Abrangência: Regional;
Eventos paralelos: I Mostra de Produtores de Agroindústrias do Território da Cidadania
O evento foi promovido pelo Sebrae, em parceria com o Fórum da Cidadania Paraná Centro, Emater, Prefeitura de Pitanga, Senar, Consea, Consad e a Rede Estadual e Nacional de Colegiados Territoriais

O evento reuniu, no dia 5 de dezembro, no Centro de Eventos de Pitanga, produtores e lideranças para a exposição de temas de interesse ligados às agroindústrias familiares do Território da Cidadania Paraná Centro. As inscrições foram gratuitas.

Galeria de imagens
Programação do Evento
Entrada do Evento
     

 

Entenda o que é o Território Paraná Centro
O Território da Cidadania Paraná Centro abrange uma área de 15.045,50 quilômetros quadrados e é composto por 18 municípios: Altamira do Paraná, Boa Ventura de São Roque, Campina do Simão, Iretama, Laranjal, Manoel Ribas, Mato Rico, Nova Cantu, Nova Tebas, Palmital, Pitanga, Rio Branco do Ivaí, Roncador, Rosário do Ivaí, Santa Maria do Oeste, Turvo, Cândido de Abreu e Guarapuava.
A população total do Território é de pouco mais de 345 mil habitantes. Destes 118.529, o que equivale a 34,31% do total dos habitantes, vivem na área rural. O Território possui 23.167 agricultores familiares. Os municípios do Território são caracterizados por atividades agrícolas e pequenas propriedades com produto de subsistência.
Estes municípios apresentam os menores IDH do Paraná e por isso recebem uma atenção especial do Governo, como também do Sebrae. Estudo feito pelo Sebrae/PR já provou que regiões com menor IDH costumam apresentar condição humana menos adequada para o desenvolvimento empresarial e para a criação de condições favoráveis para o surgimento de novos negócios. Ou seja, apresentam menor Índice de Desenvolvimento Municipal da Micro e Pequena Empresa (IDMPE).

Para melhorar a situação, o estudo sobre o IDMPE 2009 concluiu que “a melhoria do ambiente de negócios para as empresas, em especial as microempresas e empresas de pequeno porte, deve ser considerada prioritária, se quisermos alterar a dinâmica de cada um dos municípios do Paraná, contribuindo para a promoção de um desenvolvimento equilibrado e includente”.

Estão presentes no Território Paraná Centro várias organizações. Dentre as quais, movimentos sociais e comunidades tradicionais, cooperativas de crédito, cooperativas de produção, casas familiares rurais, instituições de educação do campo e sindicatos. Todas almejam maior organização da população na busca por melhor renda para a população.

O Território Paraná Centro sedia várias iniciativas de agroindústria a partir da agricultura familiar, como a produção de pão caseiro, geleias, compostas, sucos, embutidos, ovos, entre outros, mas ainda necessita de orientação adequada que levem ao crescimento das vendas, ampliação do mercado e maior valor aos produtos.

Por esta razão o Sebrae PR tem realizado um trabalho minucioso nestes municípios, buscando a melhoria da qualidade de vida da população e o desenvolvimento empresarial das agroindústrias da região. O evento I Desenvolve Paraná Centro veio marcar as conquistas com o trabalho realizado no ano de 2013 como também dar ainda mais formação para os empreendedores das agroindústrias.


O Evento: I Desenvolve Paraná Centro
Na ocasião, os trabalhadores da agroindústria tiveram a oportunidade de ampliar os conhecimentos sobre Boas Práticas de Fabricação (BPF). Com este seminário e diversas ações o Sebrae pretendemos atuar em conjunto com as secretarias de Agricultura e com as agências nacionais de vigilância sanitária em cada município para implantar o Sistema de Inspeção para Produtos Caseiros (SIMPC), para padronizar a produção. A intenção foi trazer mais segurança para o consumidor em relação aos produtos oferecidos pelas cidades vizinhas.

O objetivo principal do evento foi mostrar ao público as melhores inciativas para alavancar a produção e a importância em se agregar valor aos produtos para aumentar o preço e a qualidade de vida das famílias. Pretendeu-se também trabalhar melhoria de rótulos, embalagem, tornando os produtos mais atrativos aos olhos do consumidos e com maior valor agregado.

O evento contou com a participação de mais de 300 pessoas, a grande maioria pertencentes às agroindústrias da região que puderam conhecer as melhores formas para desenvolvimento de suas empresas e melhoria de seus produtos. Além disso, uma das atrações foi uma palestra motivacional conduzida por João Carlos Oliveira, que abordou o tema: “O Poder que Você Exerce Sobre as Pessoas”. Do mesmo modo o evento serviu para comemorar os bons resultados do Projeto Território da Cidadania Paraná Centro.

Logo nas primeiras reuniões de organização para este evento, um dos grandes desejos do Sebrae era marcar o evento por meio de um bom receptivo e uma estrutura que fizesse com que o participante se sentisse importante e capaz. Mostrar aos microempreendedores das agroindústrias que eles são capazes de crescimento e desenvolvimento. Para satisfazer as necessidades deste evento a Alpes cuidou de todos os detalhes do evento. A começar pela forração e cenografia contratada de Londrina – Pr para dividir o espaço do Centro de Eventos em Recepção, Restaurante para 300 pessoas e Auditório para 400 pessoas. A recepção ficou por conta de 20 recepcionistas contratadas através de uma parceria com SESC/SENAC de Ivaiporã que havia acabado de finalizar o curso de Recepção de Eventos da instituição.

Para que o evento contasse com a participação quase que em totalidade dos empreendedores das agroindústrias, foi contratado um serviço de transfer e receptivo para buscar os participantes em suas cidades (que faziam parte dos 18 municípios) e traze-los até o Centro de Eventos de Pitanga. Foram utilizados 5 ônibus para fazer este serviço.

A participação no evento era gratuita, com direito a toda a programação e alimentação. O minucioso trabalho realizado pelo Sebrae e seus parceiros fez com que a aceitação e presença no evento atingisse os 100% da expectativa.

O seminário foi dirigido para os produtores que atuam na agroindústria na região do Paraná Centro, composta por 18 municípios. A região contempla três escritórios do Sebrae/PR, cujos consultores perceberam, por meio de um diagnóstico, os setores que devem ser trabalhados junto as 250 agroindústrias familiares que estão localizadas no território.

O Sebrae começou a trabalhar com os municípios do Território da Cidadania Paraná Centro, desde 2012, e tem repassado aos agricultores familiares diversas questões, como de boas práticas de fabricação, cuidados na manipulação, questões de mercado, aspectos de comercialização institucional.

A ideia é, no futuro, concentrar esforços para a legalização sanitária das agroindústrias, com o foco nos programas do governo federal PAA (Programa de Aquisição de Alimentos) e PNAE (Programa Nacional de Alimentação Escolar).

Nesse contexto, o I Desenvolve Paraná Centro – Agroindústrias em Movimento reuniu produtores e lideranças da região para exposição de temas de interesse ligados às agroindústrias familiares do Território da Cidadania Paraná Centro. O objetivo principal do Sebrae por meio deste seminário é alavancar a produção e sensibilizá-los sobre a importância em agregar valor aos produtos para aumentar o preço e, consequentemente, aumentar a renda e a qualidade de vida das famílias. “O consumidor quer desfrutar de alimentos de qualidade e que tragam benefícios a sua saúde e está disposto a pagar o seu preço”, aponta o consultor do Sebrae/PR.

O evento foi promovido pelo Sebrae, em parceria com o Fórum da Cidadania Paraná Centro, Emater, Prefeitura de Pitanga, Senar, Consea, Consad e a Rede Estadual e Nacional de Colegiados Territoriais, contou com a presença de diversas autoridades, como a vice-prefeita de Pitanga, Mirna Galafassi; representante do Sebrae Paraná, Carlos Facco; coordenador regional da Emater, Vilmar Natalino Grando; Antônio Adir de Lara, que representou o Senar e o Sindicato Rural de Pitanga; Roseli Pittner, que, na ocasião, representou o Consad, Consea e a Rede de Colegiados Territoriais; Heloísa Jensen, presidente do Grupo Gestor do Território da Cidadania Paraná Centro; e com a presença da prefeita de Nova Tebas.

Galeria de imagens
Local do evento ANTES - SEM ESTRUTURA
Estrutura montada para o evento
Restaurante montado no Centro de Eventos
Entrada do Restaurante Montado
Estrutura de Auditório montada para o evento
Abertura do Evento
Mesa Diretiva Abertura
Abertura do Evento
Mestre de Cerimônias
Palestrante
Palestra Motivacional
Palestra Motivacional
Palestra Motivacional
Palestra Motivacional
Palestra Motivacional
Premiação de Participantes
Coordenadores e Participantes
     

 

A cidade escolhida estrategicamente para sediar o evento foi Pitanga pois ela está localizada no centro do Paraná, o que facilitava a participação dos empreendedores rurais que vivem na região. Para atender a todos os 18 municípios, o evento contou com um serviço de transfer e receptivo que passou em todas as cidades, divididas em grupos de acordo com a proximidade e trajeto. Todos os ônibus foram recepcionados no Centro de Eventos pela equipe de recepção contratada e com um delicioso café da manhã.

Foi contratado um sistema de inscrição para dar mais agilidade e organização à recepção.

A cidade de Pitanga conta com uma população de 34.000 habitantes e devido ao seu tamanho e desenvolvimento não contava com uma equipe de recepcionistas com know-how para o tamanho deste evento. Desta forma, a Alpes contratou 20 recepcionistas que acabavam de se formar no curso de Recepção de Eventos do SESC/SENAC de Ivaiporã, cidade que fica nas proximidades de Pitanga. Como o numero de eventos na região são poucos, esta se tornou uma grande oportunidade para estas alunas colocarem em pratica e vivenciarem tudo o que aprenderam durante o curso.

Os participantes do encontro precisavam se sentir parte integrante de todo o processo de transformação, para isso foi criada uma camiseta personalizada para o evento que foi distribuída a todos os participantes na recepção do evento.

O local escolhido para a realização do evento foi o Centro de Eventos de Pitanga. O espaço, que é o maior da região central, tem quase 1.800 m², uma estrutura para abrigar até duas mil pessoas e conta com palco, camarins, banheiros, cozinha, lanchonete, bar e duas salas com cerca de 100m² que podem ser utilizadas para a realização de pequenas reuniões. Porém, o mesmo não contava com uma área dividida para a realização dos coffee breaks e refeições dos participantes. Desta forma, a Alpes contratou em Londrina uma empresa de cenografia e forração para “construir” no espaço um restaurante capaz de comportar os 300 participantes. Sendo assim, o pavilhão do centro de eventos foi dividido em 3 áreas distintas, sendo elas: Recepção, Restaurante e Auditório.

Como o evento foi realizado no mês de Dezembro e o Centro de Eventos não contava com sistema de ar condicionado. Foi contratado também da cidade de Londrina climatizadores de ar que conseguiram conter o calor, mantendo os locais com um clima agradável.

O serviço de alimentação e coffees foi realizado pelo Martins Buffet, um dos mais tradicionais buffets da cidade de Pitanga - Pr.

Programação
8h30 às 9h30 – Credenciamento, entrega de materiais e café da manhã.
9h30 às 10h30 – Cerimonial de abertura.
10h30 – Palestra: “O poder que você exerce sobre as pessoas” (João Carlos de Oliveira).
12 horas às 13h30 – Almoço e visita à Mostra.
13h30 às 15h30 – Palestra: “Entusiasmo em vendas: como atingir o alvo” (Norberto Rotte).
15 horas às 15h30 – Coffee-break.
15h30 às 17 horas – Visita à I Mostra de Produtores de Agroindústrias do Território da Cidadania
Paraná Centro.
17 horas – Encerramento.

Galeria de imagens
Ônibus utilizados para o Transfer
Recepcionistas do Evento com Palestrante
Recepcionistas no Cadastramento
Recepção e Cadastramento
Recepção e Cadastramento
Entrada do Restaurante Montado
Sala de Palestras
Sala de Palestras
Sala de Palestras
Restaurante durante almoço
Almoço
Restaurante durante almoço
Modelo Camiseta confeccionada para os participantes
I Mostra de Produtores de Agroindústrias do Território da Cidadania Paraná Centro
I Mostra de Produtores de Agroindústrias do Território da Cidadania Paraná Centro
I Mostra de Produtores de Agroindústrias do Território da Cidadania Paraná Centro
Produtos da I Mostra de Produtores de Agroindústrias do Território da Cidadania Paraná Centro
Produtos da I Mostra de Produtores de Agroindústrias do Território da Cidadania Paraná Centro
Produtos produzidos pelo município de Palmital
Atendimento na I Mostra de Produtores de Agroindústrias do Território da Cidadania Paraná Centro
Atendimento na I Mostra de Produtores de Agroindústrias do Território da Cidadania Paraná Centro
Produtores participantes da I Mostra de Produtores de Agroindústrias do Território da Cidadania da
Produtores participantes da I Mostra de Produtores de Agroindústrias do Território da Cidadania da
   

 

Como todos os projetos e eventos realizados pelo Sebrae não visam o retorno financeiro da instituição, por ser uma organização sem fins lucrativos, o grande retorno adquirido pelo evento veio por parte das agroindústrias participantes. Por meio do trabalho já realizado pelo Sebrae e a realização do I Desenvolve Paraná Centro estas empresas adquiriram grande conhecimento para capacitar o crescimento e desenvolvimento das mesmas. Muitas agroindústrias que eram pequenas e não conseguiam atender às grandes demandas, hoje já são capazes de atender uma demanda maior e pensam em crescimento e até mesmo em exportação.

Para a cidade de Pitanga e para os participantes do Território Paraná Centro, o evento foi um marco, pois os mesmos nunca haviam participado de um evento deste tamanho e com a estrutura que foi contratada. Além disso, os expositores da “I Mostra de Produtores de Agroindústrias do Território da Cidadania” puderam apresentar seus produtos, destacando a qualidade e sabor. Do mesmo modo, o evento propiciou a troca de experiências entre as agroindústrias participantes.

O Médico Veterinário Rodrigo Olegário Ferreira, conheceu o potencial da região e termino a palestra falando “Está comprovado pelos produtos que aqui foram apresentados que produzir com qualidade os produtores desta região sabem , o que esta faltando é certificar a qualidade destes produtos através de uma lei menos burocrática que facilite o acesso ao mercado gerando mais renda para os mesmos , fazendo com que futuramente estes possam com o aumento da renda montar ou ampliar as suas agroindústrias ao ponto de poderem vender os seus produtos no estado todo . Espero que tenha trazido a solução para vocês gestores e produtores , agora é com vocês , se unam que todos saíram beneficiados ( cidade, consumidor e produtor).” Disse Rodrigo, que também ficou a disposição dos produtores paranaenses.

Ainda segundo Rodrigo Olegário, no encontro produtores que conheceram o programa através de folders e alguns Secretários , vieram e lhe agradeceram pela palestra e a forma de mostrar alternativas viáveis , falando que agora a região poderá se unir e mostrar para todo o Paraná o potencial através dos pequenos produtores mudando a visão de ser uma região pobre e de baixo potencial de desenvolvimento .

Nilson Padilha, assessor territorial do Paraná Centro, elogiou a iniciativa e o apoio do Sebrae/PR. “Estamos passando por mudanças na produção e queremos focar em produtos com valor agregado. Além das capacitações, o Sebrae/PR está nos ajudando a formar empreendedores, preocupados com a gestão. A ideia é abrir novos mercados”, relatou.

As mídias e jornais de toda a região do Território Paraná Centro realizaram cobertura jornalística e matérias sobre o mesmo, tanto antecedendo ao evento como forma de divulgação, quanto após o evento apresentando os resultados.

Midias e Reportagens:
- Reportagem no Jornal Tribuna do Interior;
- Reportagem e Divulgação no Jornal Paraná Centro;
- Site Territórios em Rede;
- Site Sebrae PR;
- Site Ecofinanças.

 
  • contato: (11) 2538-4156 - (11) 7377-8878