Prêmio Caio Sustentabilidade

Prêmio Caio 16ª Edição

Case: PRÊMIO ANTONIO CARLOS DE ALMEIDA BRAGA DE INOVAÇÃO EM SEGUROS 2016
Candidato: Bethe B Comunicação
Cliente: CNseg
Segmento: Eventos
Estado: RJ
 
Capa Apresentação Conteúdo Apresentação de inovações tecnológicas e estratégias indicando Desafios e Soluções Retorno sobre investimento, geração de negócios e outros indicadores econômicos
Evento Social. Bethe B Comunicação.

Fundada pela designer Bethe Barbosa há mais de 30 anos, a Bethe B comunicação nasceu com o propósito de desenvolver projetos multidisciplinares que maximizassem resultados de negócios através do design. Em sua segunda geração, unimos experiência à inovação, proporcionando ao cliente o atendimento 360º à todas as suas demandas, simplificando a gestão e conquistando um posicionamento único em todas as plataformas de comunicação e relacionamento com seus stakeholders.

Como criamos valor para as marcas?
A metodologia de desenvolvimento de projeto da Bethe B entende que eventos são experiências de marca que devem estar integrados às outras ações de comunicação, potencializando a pregnância da mensagem e o retorno dos investimentos. Nosso know how em estratégia, branding, comunicação visual e publicidade agregam valor às soluções desenvolvidas.

Com uma equipe de inteligência especializada no setor de seguros e desenvolvendo projetos para o mercado há mais de 15 anos, é parte expressiva de nossa experiência no segmento a parceria de 7 anos com a CNseg. Através de um projeto multiplataforma, que congregou análise estratégica, design e comunicação, possibilitamos a unificação da identidade visual e a construção de uma imagem de credibilidade, materializando o protagonismo do setor na economia e aproximando a Confederação dos seus públicos de interesse.

Com o objetivo de impulsionar e aprimorar as atividades do mercado através do reconhecimento de práticas inovadoras, a CNseg promove anualmente o Prêmio Antonio Carlos de Almeida Braga de Inovação em Seguros, que ocorre durante o Almoço de Confraternização do Mercado Segurador, com a presença das maiores lideranças do setor. Em uma edição marcada pelos expressivos resultados, o Prêmio hoje é sinônimo de prestígio profissional por reconhecer a capacidade criativa dos securitários, corretores de seguros e prestadores de serviços que alavancam a inovação do Setor.

Parceira do projeto desde a sua concepção, criamos a identidade visual do Prêmio, o conceito e a estratégia das campanhas de divulgação de todas as edições. Para integrar a campanha à cerimônia de premiação, a Bethe B também é responsável pela produção cenográfica e técnica da premiação, que é considerada o Oscar de inovação do universo de seguros.

Ficha Técnica do Evento:

Prêmio Antonio Carlos de Almeida Braga de Inovação em Seguros

Data: 15 de dezembro de 2016

Local: Hotel Copacabana Palace – Rio de Janeiro

Abrangência: Nacional

Galeria de imagens
Vista 03 salões
       

 

A 6ª edição do Prêmio Inovação em Seguros bateu todos os recordes: com 137 projetos inscritos e 44 empresas participando pela primeira vez, alcançamos um crescimento de 144% em relação ao número de inscrições da última edição. Para atingir esses resultados, contamos com 2 meses de planejamento e 5 meses de divulgação, em um trabalho feito a 4 mãos junto a área de eventos da CNseg.

- Conceito:
Em todas as edições, buscamos traduzir na imagem conceito temas latentes no setor, que nortearam as campanhas de divulgação. Diante de um cenário marcado pela instabilidade econômica, desenvolvemos para a 6ª edição uma proposta que impulsionasse os profissionais de todas as áreas do setor rumo à inovação como chave para a estabilidade e crescimento.

Para materializar este conceito, desenvolvemos o slogan “A Força da Inovação”, alinhado ao direcionador estratégico do triênio 2016-2019. Na campanha, a narrativa criada sugeria a importância de ter uma postura inovadora para aproveitar as oportunidades que surgem com a instabilidade. Além disso, a abordagem das peças tinha como objetivo mostrar aos colaboradores do setor que ter um projeto reconhecido no Prêmio é uma ferramenta para se destacar frente aos líderes do mercado e impulsionar a sua carreira.

As categorias do Prêmio - Comunicação, Produtos e serviços e Processos -, eram distinguidas por cores, exploradas nas peças onde abordávamos assuntos específicos de uma delas. A textura desenvolvida como background traduzia a energia necessária para criar projetos inovadores.

Como resultado, todas as peças criadas durante o período de divulgação e para o evento seguiam a identidade visual desenvolvida para a campanha, trazendo sinergia e unicidade ao projeto.

- Divulgação:
A campanha de divulgação 2016 foi lançada no dia 2 de maio com ênfase em estratégias de marketing digital para potencializar o alcance da comunicação do Prêmio. Para isso, foram desenvolvidos anúncios para Facebook Ads, Tweets patrocinados, Instagram Ads, Sponsored Contents no LinkedIn, banners net direcionados para os sites parceiros da CNseg e e-mails marketing disparados para mailings estratégicos. Além disso, as redes sociais do Prêmio eram alimentadas diariamente com conteúdos de interesse do público-alvo, para aumentar o brand awareness e angariar inscrições.

Já a divulgação offline contou com a disseminação de móbiles e cartazes informativos nas seguradoras e entidade parceiras, além de road shows que apresentavam a iniciativa e incentivavam a participação no Prêmio. Como estratégia diferenciada dessa edição, a Gerência Executiva do Prêmio promoveu um Workshop de Projetos de Inovação baseados nas metodologias de Ágile e Design Thinking, com a presença de mais de 100 colaboradores do setor.

- Pré-evento:
Com o sucesso da campanha de divulgação e o resultado surpreendente alcançado, a Comissão Julgadora teve o desafio de selecionar os 15 melhores cases dentre os 109 habilitados pela Gerência Executiva na primeira etapa da avaliação dos projetos para que, em uma segunda etapa, os autores e coautores finalistas defendessem seus cases perante os jurados, que, selecionaram os 9 vencedores anunciados na cerimônia de premiação.

Durante esse período, todos os esforços de comunicação do Prêmio (e-mails marketing e posts nas redes sociais) foram pensados de forma a gerar expectativa para o anúncio dos vencedores.

-Comunicação visual e projeto cenográfico:

O contemporâneo da comunicação visual, decoração e recursos tecnológicos utilizados no evento contrastavam de forma harmônica com a arquitetura tradicional do Copacabana Palace, valorizando o que cada uma das partes tinha de mais interessante. No palco, reproduzimos em grande escala o personagem característico do Prêmio, que está presente na logo e no imponente troféu. Além disso, os resultados expressivos alcançados em 2016 eram enfatizados nos pórticos que uniam os três salões do almoço. Todas as áreas do evento eram sinalizadas de forma a direcionar os convidados.

- O evento:
A premiação, que ocorre durante ao Almoço de Confraternização do Mercado Segurador, teve sua dinâmica estrategicamente pensada: as diretorias da Federações e da CNseg se reuniram na parte da manhã para realizar as reuniões de fechamento anual.
Posteriormente, esses e outros profissionais do mercado eram recepcionados no Salão Nobre, onde realizavam o credenciamento eletrônico e podiam guardar os seus pertences no Guarda-Volumes. Na sequência eram direcionados para o Golden Room, onde se reuniam para o coquetel que antecedeu a solenidade.

Em seguida, as recepcionistas guiavam os convidados para os salões Palm, Cristal e Gallery, onde ocorreu o almoço e a premiação. Essa estratégia foi pensada de forma a integrar os líderes do mercado e destacar os talentos do setor, que percorriam o grande tapete central quando a sua colocação era anunciada pela mestre de cerimônia. Todos os vencedores do Prêmio receberam o troféu e o cartão com a premiação em dinheiro das mãos dos presidentes da CNseg e Federações, sempre aplaudidos pelos presidentes de suas empresas, um momento único na carreira dos profissionais. Muitos, antes dessa oportunidade, nunca tinham apertado a mão dos CEOs das corporações onde trabalham.

- Os vencedores:

- Categoria Comunicação:

Na categoria Comunicação, o vencedor foi o projeto “Plano de Comunicação de Combate à Corrupção”, de Cassia Cristina Ferreira de Sousa Monteiro, Claudia Maria Paula e Claudilene Arruda de Souza, da SulAmérica. Com uma linguagem lúdica e simples, o projeto aproximou a política corporativa contra a corrupção da rotina da companhia, facilitando o entendimento do tema e a reflexão sobre ética entre os funcionários.

O segundo lugar em Comunicação ficou com o projeto “O Arthur Vai Amar”, de Larissa Amado Osório, Aura Rebelo, Rodrigo Pádova e Fernanda Riezemberg, da Icatu Seguros, que deu um plano de previdência ao primeiro bebê nascido no aniversário de 450 anos da cidade do Rio de Janeiro e contribuirá mensalmente para o plano do menino até 2065, quando o Rio chegará aos 500 anos e Arthur, com 50, passará a receber sua aposentadoria.

Já o projeto “Somos Todos Ouvidores”, de Gisele Garuzi Oggioni de Araujo, Marcia Calixto da Silva e Murilo Urbano Ferreira Júnior, da Bradesco Seguros, que estimula o sentimento de pertencer à companhia entre os colaboradores e a responsabilidade perante cada cliente, ficou em terceiro lugar.

- Categoria Processos:

Um aplicativo para smartphone que possibilita aos dentistas a captura e o envio imediato de imagens bucais para pré-aprovação e validação final de tratamentos, o “App Rede UNNA”, assegurou o primeiro lugar na categoria Processos para Carlos Roberto Montefusco, Cleberson Pereira Nunes e Giovanni Fallico, da Odontoprev. A projeção da Odontoprev é de que a ferramenta resultará na economia de mais de R$ 2,5 milhões em três anos, por reduzir radiografias comprobatórias e seu transporte.

Substituindo por um tablet a papelada requerida em inspeções de campo nas propriedades rurais, para a coleta de dados relacionados às apólices de seguro, o projeto “Agro Field Inspector”, de Anna Bacelar e Seetharam G, da Swiss Re Corporate Solutions e da Tata Consultancy Services, ficou com o segundo lugar na categoria Processos.

Criado com o intuito de atender os segurados atingidos por tempestades no Sul do Brasil, em 2015, o projeto “Casa Protegida: Regulação de Sinistro com WhatsApp”, de Alexandre de Souza Vieira e Ana Maria Paul Issa Afonso, da Tokio Marine Seguradora, conquistou a terceira colocação.

- Categoria Produtos & Serviços:

Na categoria Produtos & Serviços, os jurados reconheceram o pioneirismo do projeto “Telemetria – Direção em Conta”, de José Mello e Leandro Hortega e Synesio Neto, da Liberty Seguros, que possibilita que a empresa monitore o modo de dirigir dos segurados, por meio de dispositivo instalado no veículo, permitindo que os bons motoristas sejam beneficiados com descontos de até 30%.

Visando garantir a cobertura a operadoras e agências de viagens e proteger o investimento dos compradores de pacotes turísticos, em caso de quebra de prestadoras de serviços, o projeto “Solução Turismo”, de Waldir de Menezes e Mário Gasparini, da Ifaseg Corretora de Seguros, ficou com o segundo lugar na categoria.

Já o projeto “Protector Bikes – Tecnologia e Inovação em um Único Produto”, de Roberto Uhl e Janete Aparecida Tani, da Argo Seguros, ficou com o terceiro lugar em Produtos & Serviços. O produto protege contra roubos e acidentes com bicicletas de alto valor (a partir de R$ 3 mil), com foco nas bikes de competição. A cobertura inclui danos a terceiros e o seguro pode ser vendido por corretores pela internet por uma plataforma digital desenvolvida pela seguradora.

Galeria de imagens
Sucesso!A identidade visual dos painéis apresentavam os números desta edição
Resultado de 2 meses de planejamento e 5 meses de divulgação.
Recriar, Repensar, Ampliar, conceitos bases das categorias do prêmio.
A Força da Inovação, painel com o Slogan do evento.
Cenografia e técnica alinhados ao conceito.
Estratégia on line de divulgação.
Credenciamento eletrônico.
Salão Palm.
Vista geral.
Palco.
Mais de 400 lideres do mercado prestigiando o evento.
1º lugar.
2º lugar.
3º lugar.
Os grandes vencedores do evento.
         

 

- Como ter uma performance de campanha superior com budget significativamente menor que o ano anterior:

Dentre os desafios dessa edição, acreditamos que o maior deles era ter uma divulgação predominantemente digital para maximizar o retorno dos investimentos. O planejamento de mídia online selecionou ferramentas que apresentavam afinidade com o público-alvo, além de oferecer a possibilidade de filtros de perfil e interesses específicos, possibilitando que atingíssemos o target de maneira assertiva.

- Como integrar os salões da premiação de forma que os convidados que ficassem no Salão Palm não se sentissem desprestigiados?

Do ponto de vista cenográfico, os grandes pórticos que arremataram as estruturas dos salões camuflaram as portas divisórias, dando imponência e unidade ao espaço. Grandes telas de LED transmitiam a premiação, gerando a sensação de proximidade para os convidados. Além disso, os finalistas foram posicionados em mesas especiais no Palm, de forma a dar prestígio ao salão e fazendo com que eles percorressem o grande tapete central no momento em que eram chamados ao palco.

- Como tornar acessível um evento fechado ao público?

Uma das novidades da premiação foi a transmissão ao vivo para os mais de 48 mil fãs da página do Prêmio, que puderam acompanhar em tempo real o anúncio dos vencedores da 6ª edição. Para facilitar o acesso, utilizamos a ferramenta “Live” da própria rede social.

- Como transformar uma publicação tradicional do evento em um conteúdo digital?

Alinhado à política da Confederação em minimizar os impactos ao meio ambiente, nesta edição fomos desafiados a transformar o livreto com os resumos dos cases, que antes eram distribuídos durante a cerimônia, em uma publicação totalmente digital, com uma interface interativa para melhor experiência dos usuários. Para estimular o download, inserimos um QR Code nos displays de mesa.

Galeria de imagens
02 painéis de LED localizados no terceiro salão, integrando todos os convidados ao palco
Painel do salão central, integrando todos os convidados ao palco
transmissão levando a emoção da premiação para os 04 painéis de LED e para o LIVE do Facebook
QR Code para os 400 convidados acessarem os cases que concorriam ao prêmio, sustentabilidade.
 

 

- Indicadores de sucesso:

Ano a ano, o Prêmio de Inovação em Seguros vinha colecionando números promissores e em sua 6ª edição consolidamos o sucesso inegável desta iniciativa, como podemos observar na evolução abaixo:

1ª edição – 2011: 19 projetos inscritos
2ª edição – 2012: 20 projetos inscritos
3ª edição – 2013: 58 projetos inscritos
4ª edição – 2014: 82 projetos inscritos
5ª edição – 2015: 56 projetos inscritos
6ª edição – 2016: 137 projetos inscritos

Somando todas as edições, foram 372 cases inscritos!

Com 137 projetos, mais de 290 profissionais envolvidos e cerca de 60 empresas do mercado participando, superamos a meta de aumento de 100%: o volume de cases inscritos foi de 144% maior em relação a última edição.

Outro fator de sucesso dessa edição, foi o fato de conseguirmos alcançar 44 novas empresas, que até a 5ª edição não haviam inscrito nenhum projeto.

- Responsabilidade social:

Este ano, três ganhadores doaram a premiação em dinheiro para instituições filantrópicas: os autores e coautores dos projetos “Casa Protegida: Regulação de Sinistro com Whatsapp”, selecionaram o Teleton recebida para o Teleton atende à Associação de Assistência à Criança Deficiente (AACD).

Os responsáveis pelo projeto “Somos Todos Ouvidores” doaram à casa Ação Cristã Vicente Moretti, instituição que atende pessoas com deficiências físicas e mentais.

Os criadores do case “Protector Bikes: Tecnologia e Inovação em único produto.”, dividiram o prêmio entre o GRAAC, instituição sem fins lucrativos criada para garantir a crianças e adolescentes com câncer o direito de alcançar todas as chances de cura com qualidade de vida, e a Turma do Bem, projeto que promove soluções de acesso a tratamentos odontológicos à crianças e jovens de baixa renda, mulheres vítimas de violência, ente outros.

- Avaliação da importância do Prêmio:

Os jurados do Prêmio, profissionais de destaque em suas áreas de atuação, deram sua opinião sobre a relevância da iniciativa para o desenvolvimento do mercado:

“O Prêmio incentiva todos os stakeholders da indústria a inovar. E a inovação é fundamental para a competitividade, a melhoria da prestação de serviços e a sustentabilidade financeira das empresas.” - Antônio Márcio Buainain, doutor em Economia pela Unicamp e livre docente da instituição, integrante do Fórum do Futuro, que debate temas estruturais da sociedade e sustentabilidade.

“O prêmio é hoje o mais importante do mercado de seguros. A atratividade do reconhecimento conferido aos vencedores desperta o interesse dos concorrentes pelo valor e pela visibilidade.” - Antonio Penteado Mendonça, advogado formado pela USP, com especialização em Seguro pela FGV, professor, escritor e diretor da Associação Brasileira de Gerentes de Risco.

“Os projetos lidam com assuntos que estão na ordem do dia, como mediação e redução de demandas, governança interna e combate à corrupção. Há uma sintonia entre os projetos e o que o País precisa.” - Joaquim Falcão, professor de Direito Constitucional da FGV-RJ, com doutorado na Universidade de Genebra, vice-presidente do Instituto Itaú Cultural.

“Acho bonito e generoso o fato de seguradoras e seus agentes compartilharem seus projetos com os concorrentes. Todas as companhias devem aproveitar as excelentes ideias apresentadas nesta edição”. - Julio Bierrenbach, bacharel em Direito pela UFRJ, com larga experiência em várias seguradoras e participação em mais de 500 palestras sobre seguros nos últimos 15 anos.

“O setor de seguros, nesta premiação, demonstra estar atento não somente às inovações relativas ao uso da tecnologia em seus processos, mas também à relação com seus públicos de interesse.” - Maria Eugênia Buosi, mestre em Finanças pela USP, consultora em integração de questões Ambientais, Sociais e de Governança Corporativa, com experiência em gestão de fundos de ações.

“Fiquei muito impressionada com o alto nível dos trabalhos concorrentes, com a qualidade dos projetos finalistas e com a relevância dessas práticas inovadoras para o mercado segurador brasileiro.” - Patrícia Cardoso Tavares, coordenadora do Núcleo de Defesa do Consumidor da Defensoria Pública do Estado do RJ, presidente do Conselho de Administração do Procon da capital fluminense.

“Num cenário de crise, em que as empresas buscam reduzir custos e aumentar eficiência, a inovação é um diferencial com importância vital para a continuidade do negócio e a obtenção de resultados.” - Bruno Miragem, advogado, especialista em Direito Internacional pela UFRGS e professor do Instituto Brasileiro de Direito e Política do Consumidor.

“O mercado de seguros precisa diversificar seus produtos. E nos momentos de dificuldades econômicas, como esse que o País e as empresas enfrentam, há um esforço maior de diversificação.” – Hélio Portocarrero, professor de Economia da UFRJ, membro do Comitê de Estudo de Mercado da CNseg, ex-superintendente da Susep e ex-presidente da FenaCap.

“Os projetos foram muitos e a média de qualidade, alta. Os melhores trabalhos demonstraram a capacidade que o setor tem de usar novas tecnologias para a produção de novidades e inovações.” – Sergio Besserman, economista e ecologista, professor de Economia da PUC-Rio, presidente do Instituto de Pesquisas Jardim Botânico do Rio de Janeiro.

- Retorno de mídia espontânea:

Destaque nos principais veículos do tarde, a edição 2016 do Prêmio foi amplamente divulgada e contou com a presença de mais de 400 líderes e autoridades do setor, 25% a mais do que os presentes na última edição.

Galeria de imagens
Vencedores da 6ª edição
Algumas matérias publicadas nos principais meios de comunicação do setor
     

 

 

Compartilhe: Twitter Facebook Linkedin Plaxo Youtube