Prêmio Caio Sustentabilidade

Prêmio Caio 16ª Edição

Case: ARRAIAL ARTE NA RUA
Candidato: Globo
Cliente: Globo
Segmento: Eventos
Estado: SP
 
Capa Apresentação Conteúdo Apresentação de inovações tecnológicas e estratégias indicando Desafios e Soluções Retorno sobre investimento, geração de negócios e outros indicadores econômicos

A Globo é a maior produtora de conteúdo da América Latina e líder brasileira de audiência: todos os dias, milhões de pessoas assistem à programação da Globo na TV e na internet. Para estar ainda mais próxima do público também fora das telas, nossa estratégia de comunicação inclui uma série de ações presenciais em todo o Brasil.
Na Grande São Paulo, apoiamos projetos de terceiros e realizamos iniciativas próprias, nas áreas de sustentabilidade, esportes de rua, gastronomia, cultura e entretenimento, que nos permitem estar perto do público para ampliar o relacionamento e estabelecer um diálogo consistente.
Uma das iniciativas da Globo de maior sucesso na área de cultura e entretenimento é a “Arte na Rua”, que leva apresentações artísticas gratuitas para ruas, praças, estações de trem e metrô, aproximando o público dos artistas, permitindo uma interação rica e intensa e democratizando o acesso à cultura e à arte de qualidade.
Desde 2014 já realizamos mais de 300 apresentações, com quase uma centena de atrações diferentes, em mais de 90 pontos da Grande São Paulo, levando arte e cultura de qualidade para a população.
Ao longo do ano, temas diferentes são apresentados, de forma surpreendente e inovadora, para celebrar datas importantes, como Natal e Festas Juninas. Linguagens como teatro, poesia e dança também já foram temas de algumas das edições da “Arte na Rua”.
Esse ano, para festejar o Ciclo de São João, valorizar a cultura popular e a tradição junina, a iniciativa “Arte na Rua” realizou um autêntico arraial, com muita música, dança e comida típica, na cidade de Guarulhos.
O “Arraial Arte na Rua”, realizado pela Globo no principal parque da cidade, o Bosque Maia, reuniu, em dois dias, cerca de 40 mil pessoas. A programação artística contou com a apresentação de quadrilhas shows do estado de São Paulo, muita viola caipira, carimbó, catira, trios de forró e coco de roda. Este ano, além das músicas e danças juninas, a festa trouxe também a culinária, que contou com os pratos típicos de 11 comunidades do interior paulista.

Galeria de imagens
Catira Botas de Ouro
Coco de Roda
Quadrilha show
carimbó
Quadrilha Caipiras Alegres
Quadrilha show
Maria Bonita e Lampião
Rafa e os Forrozeiros
Galinhada de Guararema
Arraial no Bosque Maia em Guarulhos
         

 

Vídeo


As festas juninas homenageiam os santos populares Santo Antônio, São João e São Pedro, e representam a época festiva mais movimentada no Brasil. Não há lugar que deixe de festejar os santos de junho.
Para valorizar essa tradição popular, nos dias 24 e 25 de junho, o Arte na Rua promoveu um grande arraial com muita música, dança, quadrilhas e comida típicas, levando o clima do interior para a segunda maior cidade do estado de São Paulo - Guarulhos.
Uma das expressões mais populares nas festas juninas de todo o Brasil é dançar quadrilha. Hoje, as quadrilhas mais tradicionais dividem espaço com as quadrilhas estilizadas, e apresentam um grande espetáculo de figurinos, enredos e coreografias elaboradas, que fazem grande sucesso por todo o país.
O Arraial Arte na Rua trouxe a beleza dessas quadrilhas como principal destaque da programação. Apresentando diferentes histórias, participaram da programação as quadrilhas Tia Chalico, Asa Branca, Caipiras Alegres, Herança Sudestina, Pernaltas, Porto do Ribeira (Iguape), Andy & Angel (São Vicente), Quadrilha de Arcos e Quadrilha de Bonecões da Mantiqueira (Caçapava).
Além das quadrilhas show, o Arraial Arte na Rua reuniu atrações com as diversas danças típicas dessa época do ano: a catira, tradicional dança do interior paulista, foi apresentada pelo grupo Botas de Ouro; o coco de roda, do Nordeste, e o carimbó, do Norte, foram apresentados ao público pelo Balé Folclórico de São Paulo; a moda de viola, representada pela Orquestra Coração da Viola e a dupla Vera Bianca e Guaru, ambas de Guarulhos, apresentaram canções, composições e ponteios dessa tradição caipira.
Para conduzir a programação e entreter o público, o trio de forró ‘Rafa e os Forrozeiros’ comandou a festa com muita alegria e claro, música para todo mundo dançar.
E como em toda festa junina não pode faltar comida, o Arraial Arte na Rua contou com um rancho tropeiro recheado de sabores típicos do interior de São Paulo, feitos por famílias caipiras tradicionais vindas diretamente de suas cidades natal. O clima do interior se instalou no Bosque Maia com a participação de comunidades de 11 cidades do interior paulista, que trouxeram pratos como a galinhada, de Guararema, as delícias de pinhão de São Francisco Xavier, o café caipira de Paraibuna e a pamonha e o curau de Redenção da Serra.
Para representar as brincadeiras típicas e homenagear Santo Antônio, o santo casamenteiro, durante toda a programação o público pôde brincar com o correio elegante. Na intervenção, 4 clowns brincavam e entregavam as declarações para todos os apaixonados, além de convidarem as pessoas a fotografar e compartilhar as fotos com #ArraialArteNaRua.
Para aquecer o público e divulgar a grande festa, uma versão pocket e itinerante do arraial circulou um dia antes pela estação de metrô Sé e Largo Treze em São Paulo, e a estação Osasco da CPTM com shows de quadrilha, forró, coco e carimbó.
Nos dois dias de festa, o público se emocionou, reviveu lembranças, interagiu com os artistas, cantou e dançou.

A curadoria do Arraial Arte na Rua resgatou a essência das festas populares, convidando comunidades que vivenciam anualmente as tradições juninas e comunidades que mantem a tradição culinária do interior paulista com pratos típicos caipiras.
O Arte na Rua cumpriu um papel importante de valorizar e tornar conhecido/próximo os movimentos quadrilheiros existentes no estado, mostrando que São Paulo também tem a tradição junina em suas raízes. Essa tradição foi desdobrada também na cenografia, que utilizou materiais naturais e tradicionais como madeira, juta, sisal, fitas coloridas de cetim e tecidos como chita para compor a atmosfera da festa na roça.
Uma arena foi montada com ranchos de madeira típicos do interior, que acomodaram os culinaristas de 11 cidades do interior paulista, recriando o clima de interior na cidade grande. Essas comunidades vieram das cidades de Guararema, Paraibuna, São Francisco Xavier, Cruzeiro, Jarinu, Redenção da Serra, Natividade da Serra, Guaratinguetá, São João da Boa Vista, São Roque e Taubaté.
Próximo aos ranchos, um espaço com mesas e cadeiras foi montado para que o público pudesse saborear os pratos típicos confortavelmente.
A mesma estrutura de rancho foi aplicada para a house mix, tornando-a parte da cenografia. Estandartes, bandeirinhas e balões de papel compuseram a decoração do evento.
Com a música, a cenografia, os sabores e os cheiros da festa, o público de Guarulhos experimentou a sensação de estar realmente numa típica festa do interior. Foi a primeira vez que a cidade recebeu uma festa junina deste porte.

O resultado de destaque foi o público diretamente impactado pela ação: contra uma expectativa de público de 10 mil pessoas, o evento recebeu 40 mil pessoas durante os dois dias de festa. Gente que acompanhou as apresentações, conheceu manifestações juninas de todo o Brasil, reviveu lembranças, interagiu com os artistas, cantou e dançou. Gente que fotografou, filmou e compartilhou esse conteúdo. E, principalmente, gente que se divertiu.
O arraial movimentou a economia local e das cidades participantes. Ao longo dos dois dias, milhares de pratos típicos foram vendidos, 260 artistas passaram pelo palco do arraial e mais de cem pessoas prestaram serviço para a realização do evento.
Nas redes sociais, a reverberação foi significativa: 142 mil pessoas viram ou curtiram os posts da Globo no Facebook e Instagram; milhares de fotos e vídeos foram compartilhados pelo público com as hashtags do evento. Mais de 600 usuários ativaram a #ArraialArteNaRua. O Arraial Arte na Rua também ganhou uma playlist especial no Spotify e um evento no Facebook com mais de 3 mil pessoas confirmadas e interessadas no evento.
O evento foi divulgado nos programas Bem Estar, Antena Paulista, e nos jornais locais Bom Dia SP, SPTV 1 e SPTV 2.
Um filme de chamada foi veiculado na programação da Globo a partir do dia 19/06, trazendo em seu visual toda a cor das saias rodadas das danças tradicionais, mostrando que não é só de xadrez que se vive o mês de junho. Em uma semana de veiculação, conseguimos alcançar de 67% dos espectadores da Grande São Paulo.
O Arraial teve grande visibilidade na imprensa, principalmente nos veículos locais de Guarulhos, como Guarulhos Web, Click Guarulhos, Guarulhos em rede. O destaque ficou por conta de um especial de 30 minutos de duração, totalmente dedicado ao Arraial Arte na Rua, no programa “O Melhor Acontece”, na TV Guarulhos.

 

Compartilhe: Twitter Facebook Linkedin Plaxo Youtube