Prêmio Caio Sustentabilidade

Prêmio Caio 17ª Edição

Case: PLANET 21 - ACTING HERE
Candidato: AccorHotels
Cliente: AccorHotels
Segmento: Prêmio Caio Sustentabilidade
Estado: SP
 
Capa Apresentação Conteúdo Apresentação de inovações tecnológicas e estratégias indicando Desafios e Soluções Retorno sobre investimento, geração de negócios e outros indicadores econômicos
Acting Here

AccorHotels é um grupo líder de viagens, estilo de vida e inovações digitais oferecendo experiências únicas em mais de 4.000 hotéis, resorts e residências, bem como em mais de 2.500 das melhores casas privadas em todo o mundo. Beneficiando-se pela dupla experiência como investidor e operador por meio de suas divisões HotelServices e HotelInvest, o grupo opera em 95 países. Em seu portfólio estão incluídas marcas de luxo internacionalmente aclamadas como Raffles, Fairmont, Sofitel Legend, SO Sofitel, Sofitel, onefinestay, MGallery by Sofitel, Pullman, e Swissôtel; bem como marcas mais conhecidas do segmento midscale e boutique como Novotel, Mercure, Mama Shelter e Adagio; as marcas mais econômicas incluem as redes ibis, ibisStyles, ibis budget além de marcas regionais como Grand Mercure, The Sebel e hotelF1.

Com uma coleção inigualável de marcas e uma rica história que abrange quase cinco décadas, a AccorHotels, junto com sua equipe global com mais de 240.000 homens e mulheres dedicados, tem uma missão significativa e sincera: fazer com que cada hóspede sinta-se bem –vindo (Feel Welcome). Os hóspedes têm acesso a um dos mais gratificantes programas de fidelidade de hotéis do mundo - Le Club AccorHotels.

AccorHotels é ativa em suas comunidades locais e comprometida com o desenvolvimento sustentável e a solidariedade por meio do PLANET 21, um programa abrangente que reúne colaboradores, clientes e parceiros para impulsionar o crescimento sustentável.
As ações da Accor SA são listadas na Euronext, a Bolsa de Valores de Paris (código ISIN: FR0000120404), e negociadas nos EUA no mercado OTC (Código: ACRFY).

Galeria de imagens
Pilar Comunidade
PIlar Alimentos
Pilar Empreendimentos
Pilar Hóspedes
Pilar Parceiros
Pilar Colaboradores
       

 

Vídeo


->AccorHotels e sua estratégia de Sustentabilidade
A AccorHotels é muito mais que um líder mundial no setor de hospitalidade, é um Grupo de 190.000 homens e mulheres apaixonados e inquisitivos, orgulhosos de suas diferenças e que trabalham com uma imensa variedade de experiências de campo. Graças a seus hotéis e suas soluções em hospitalidade, receberam mais de 500.000 hospedes apenas em 2015.

Sua liderança também acarreta em deveres frente a seus colaboradores, clientes, parceiros e, é claro, as comunidades que abrigam os seus hotéis ao redor do mundo.

O compromisso de longa data com o desenvolvimento sustentável foi cristalizado em 2012 com o lançamento do Planet 21, um programa que determinou 21 objetivos para serem cumpridos até 2015. Com este programa, a empresa contribuiu aumentando a consciência local e global, e implementando iniciativas por meio de seus dedicados e entusiasmados times. Para levar esta ação a um próximo nível, pediram a opinião de seus hóspedes, acessaram os estudos de pegada de carbono e mediram seu impacto social e econômico global pela primeira vez.

Em 2016, foi criada uma nova visão: Impulsionar a mudança, para uma hospitalidade positiva, onde quer que estejam.
A nova fase do Planet 21 agora tem seis pilares, quatro deles dedicados a seus públicos (colaboradores, hóspedes, parceiros e comunidades) e dois deles relacionados a assuntos estratégicos do negócio: Alimentos&Bebidas e Empreendimentos.

->Cenário

O Grupo alcançou sólidos resultados referente às ações tomadas no primeiro ciclo do Planet 21 (período de 2011 a 2015). Em cinco anos, o Grupo entregou dois terços dos 21 objetivos do programa e mais de 90% de seus hotéis entraram em um trajeto de melhoria contínua. O programa permitiu que o Grupo unisse suas equipes e envolvesse seus hóspedes e parceiros em uma abordagem estruturada que é reconhecida por vá¬rios índices bolsistas éticos.

Ele fez um progresso significativo, particularmente referente ao bem-estar no local de trabalho, proteção à criança, biodiversidade e gestão de consumo de água e energia. Em cinco anos, o consumo de água foi reduzido em aproximadamente 9%, o consumo de energia em 5,3% e as emissões de carbo¬no em 6,2%. Ao final de 2015, todos os seus hotéis estavam comprometidos a protegerem as crianças contra abusos (programa interno de conscientiza-ção, WATCH) e mais de 4,5 milhões de árvores foram plantadas pelo mundo desde 2009 (por meio do programa Plant for the Planet).

Apenas no Brasil, onde o Plant for the Planet é realizado desde 2009 na Serra da Canastra-MG, em uma parceria com a ONG Nordesta, já foram plantadas quase 500 mil mudas de mais de 100 espécies nativas da região, reflorestando 278 hectares nas bacias dos rios São Francisco, Araguari e Rio Grande, o que corresponde a 390 campos de futebol.


->Objetivos

O objetivo do programa é orientar o crescimento da AccorHotels de forma sustentável, reduzindo o impacto ao meio ambiente e às comunidades onde atuam.

A primeira fase do Planet 21 era composta por sete pilares e 21 compromissos, todos os hotéis eram avaliados e, conforme sua performance, recebiam a classificação de bronze, prata, ouro ou platina. O Brasil encerrou o ciclo 2011-2015 com 28 hotéis bronze, 129 prata, 30 ouro e 4 platina, o que corresponde a 75% dos hotéis com alguma classificação.

No ciclo 2016-2020, os hotéis continuam recebendo esta classificação, porém, com um diferencial: todas as unidades precisam implementar 16 ações específicas e obrigatórias para receberem a classificação de nível bronze. A partir daí, as demais 60 ações sugeridas o ajudam a somar pontos para atingir os níveis superiores.

O objetivo para este ciclo é ter 100% dos hotéis com, no mínimo, classificação bronze e manter o percentual de hotéis com as classificações superiores, ou seja, todos implementando as 16 ações obrigatórias.

-> Desafio
Além do desafio de garantir a certificação de todos os hotéis no nível bronze e, consequentemente, realizando as 16 ações obrigatórias, a AccorHotels tem o desafio de engajar todos os colaboradores com o novo Planet 21 e envolver todos os seus públicos, incluindo imprensa e formadores de opinião.

Para isso, foi traçado um cronograma robusto, tanto de ações táticas quanto de comunicação, desde o lançamento oficial até o final do ano, visando.

- O roll out do programa para todos os colaboradores;
- Inclusão do Desenvolvimento Sustentável no speach dos principais porta-vozes da empresa;
- Ações de relacionamento com imprensa e demais formadores de opinião;
- Realização de ações em parceria com os hotéis para engajá-los em suas atividades.

O objetivo deste Plano de Ação é o envolvimento de todos os públicos para garantir o sucesso do programa.

-> Públicos envolvidos

Colaboradores, Hóspedes, Parceiros e Comunidade.

->Pesquisas realizadas
Algumas pesquisas foram necessárias para a construção desta nova fase do programa.

1) Análise interna: ensinamentos adquiridos nos últimos cinco anos por meio do programa.

Primeira avaliação do PLANET 21 durante o período 2011-2015.

Pontos positivos:
• Um modelo de estruturação para a abordagem CSR;
• Integração de questões sociais na política CSR;
• Forte reconhecimento interno e pelos especialistas;
• Uma força impulsionadora para todos os nossos hotéis com a Carta Planet 21;
• Progresso significativo nas prioridades chave: Crianças, Plant for the Planet, Produtos com rótulo ecológico, etc.

Oportunidades de melhoria:
• Um modelo visto como rígido demais;
• A falta de clareza no programa levando a uma abordagem de «preencher formulários»;
• Baixa visibilidade para clientes;
• Controle insatisfatório do consumo de Água & Energia.
• Baixa integração nos processos corporativos (desenvolvimento, marcas, etc.).

2) Análise externa: três estudos sobre a pegada socioeconômica, tendências dos clientes e pegada ambiental da AccorHotels.


a. Pegada ambiental

O estudo liderado em 2011 foi o primeiro estudo mundial para analisar o impacto ambiental do Grupo internacional ao longo de todo o ciclo de vida da sua atividade. Em 2016, foi realizado um novo estudo sobre o impacto ambiental medin¬do os progressos realizados desde 2011 sobre uma série de questões, tais como o consumo de água e emissões de CO2. O impacto sobre a biodiversidade também é medido sobre esta nova pegada ambiental. O estudo abrangeu um vasto perímetro, não se limitando ao impacto direto de um único hotel, mas também tendo em conta os impactos indiretos, tais como o impacto de determinados alimentos que fazem parte dos menus dos restaurantes e o impacto do transporte de mercadorias que são necessárias para um hotel de operar.

Consumo de energia e água, poluição e os impactos derivados do restaurante são os três temas principais dentro da pegada ambiental da AccorHotels.

b. Pegada socioeconômica

Este estudo está inserido na unidade de Responsabilidade Social Corporativa do Grupo, e seu objetivo é quantificar e analisar os efeitos em cascata da sua atividade para a economia local em todo o mundo. Os resultados deste mapa de impacto ajudaram a AccoHotels a limitar os impactos negativos que possam surgir a partir de seu desenvolvimento e reforçar os impac-tos positivos nas comunidades em torno de seus hotéis.

Duas principais conclusões: Accorhotels suporta 880.000 pos¬tos de trabalho e, principalmente, cria riqueza em nossos países de acolhimento - 80% das riquezas criadas permanecem no País.


c. Estudo de clientes

Lidamos diariamente com hóspedes mais conscientes e exigentes quanto à postura das empresas em relação à Sustentabilidade.

Proporcionar uma experiência positiva para estes hóspedes, em que ele identifique suas convicções pessoais nas atividades do hotel é o objetivo do Planet 21.

Estudos realizados com clientes, mostram três pontos importantes que influenciaram diretamente a nova estrutura:

• CSR sozinho ainda não é critério de escolha mas de forte sensibilidade entre clientes;
• Para 60% dos clientes, «viver uma experiência local» = comida local;
• 3 principais elementos de comprovação em um hotel: Energias renováveis, Separação de resíduos, Plantas & árvores.

3) A aderência à carta de ética e CSR (CORPORATE SOCIAL RESPONSIBILITY)

O código de ética da empresa inclui o compromisso de Responsabilidade Social da empresa e foi a base para a criação da nova estrutura e suas ações.

Conhecer as regras de ética do Grupo e realizar os treinamentos necessários para tal, é uma das 16 metas obrigatórias para que o hotel atinja o nível bronze.

Planejamento

Princípios orientadores para construir o programa:

1. Estabelecer uma forte ambição com relação aos desafios de hoje e de amanhã, com metas realizáveis (alinhadas com as novas prioridades do Grupo);
2. Combinar simplicidade com as altas expectativas do nosso pessoal e observadores externos (que avaliarão nossas ações);
3. Manter o ímpeto do progresso contínuo onde cada pequena ação conta (dos hotéis ao nível global);

->Estudos

Como parte de uma política de progresso e transparência, o Grupo perguntou aos seus clientes sobre seus pontos de vista quanto a essas questões, atualizou sua pegada ambiental e avaliou sua pegada socioeconômica pela primeira vez para avaliar os desafios e construir seu novo programa para os próximos cinco anos.
(*vide capítulo Pesquisas realizadas)

->Elaboração de uma nova estrutura

O programa para 2020 foi elaborado em consulta com as equipes. O Planet 21 reforça alguns dos compromissos básicos do Grupo, como a redução da sua pegada ambiental, e identifica novos objetivos, que se encaixam com as mudanças para o modelo de negócios e suas prioridades estratégicas, como Alimentos e Bebidas (F&B, Food & Beverage) e a administração sustentável de seu portfólio de propriedades por meio do HotelInvest.

O Planet 21 – Acting Here é estruturado em seis pilares: quatro áreas de ação que recruta seus colaboradores, clientes, parceiros e comunidades locais, e duas prioridades: alimentos e bebidas e construções.




Galeria de imagens
Pilares Planet21
       

 

O Programa, bem como seus pilares e ações, giram em torno dos hotéis, porém a área de Responsabilidade Social da AccorHotels tem o compromisso de desenvolver, constantemente, ações que os encorajem e os inspirem a realizar as atividades propostas. Além de divulgar essas atividades.

Exemplos de ações:
Dentre as ações realizadas desde o início da nova fase do Programa estão:

-Viagem para serra da canastra (área de plantio Brasil)

A área de CSR promove anualmente uma viagem à Serra da Canastra, em Minas Gerais, para um grupo de colaboradores que atuam na operação dos hotéis e contribuem diretamente para o Plant for the Planet - programa global que estimula os hóspedes a reutilizarem suas toalhas e promove reflorestamento a partir da eco¬nomia nas lavagens. O objetivo desta viagem é apresentar o viveiro de mudas e a área de plantio do Plant for the Planet, realizado em parceria com a ONG Nordesta, além de motivar o grupo sobre a importância das suas atividades para o sucesso do programa.

Este ano, a viagem foi realizada entre os dias 12 e 15 de maio. O grupo ficou hospedado na cidade de Capitólio-MG e participou de uma agenda recheada de atividades. Eles assistiram uma apresentação sobre o Planet 21, realizaram passeios na região, visitaram o viveiro de mudas e a área de plantio do programa, receberam orientações sobre como construir uma horta urbana e também se divertiram bastante!
Informações sobre o programa:
No Brasil, desde 2009, já foram plantadas mais de 500 mil mudas de mais de 100 espécies nativas da região, reflorestando 278 hectares nas bacias dos rios São Francisco, Araguari e Rio Grande, equivalente a 38 campos de futebol.


-Campanha de combate à exploração sexual de crianças e adolescentes (18 de maio)

No Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes, 18 de maio, foi elaborada uma ação envolvendo os colaboradores do Grupo.

Todos foram convidados a gravar um vídeo com mensagens de combate ao tema. O vídeo foi compartilhado nos veículos de comunicação inter¬na e nas mídias sociais do Grupo.

Informações sobre o programa:

O combate à exploração sexual de crianças e adolescentes motivou o Grupo a ser o primeiro do segmento hoteleiro em fazer uma parceria sólida com a ECPAT - uma coalizão de organizações da sociedade civil, que trabalha para a eliminação da explo-ração sexual de crianças e adoles¬centes e que atua em parceria com o Governo Brasileiro

A AccorHotels conta com cerca de 30 mil colaboradores no mundo, treinados para atuarem diretamente com o enfrentamento a esse crime.

-Viagem para Alto de Huyabamba (área de plantio Peru)

O projeto acontece na região de San Martin, na Amazônia Peruana e é realizado em parceria com a Acopagro). A área de plantio foi escolhida a partir de premissas básicas, como o impacto global, a capaci¬dade produtiva e o número de beneficiários. A região escolhida foi altamente desmatada na década de 1980, quando se tornou zona de produção de coca. A Acopagro foi criada no fim da década de 1990 e iniciou o projeto de reflorestamento em 2008 para mudar esse cenário social e econômico do local.

No mês de junho, a área de plantio foi visitada pela equipe de CSR da AccorHotels, colaboradores e jornalistas locais.

1) Evento de lançamento

O dia 18 de abril foi o escolhido pela AccorHotels América do Sul, quando foi realizado um evento na Sede do Grupo, em São Paulo. Essa foi a primeira apresentação feita após o lançamento global, na França.

Patrick Mendes, CEO AccorHotels América do Sul, abriu a apresentação agradecendo a presença dos presentes (colaboradores, executivos, investidores, ONGs, jornalistas e parceiros) e ressaltou a importância do Planet 21 para o negócio.

Logo após, foi a vez do VP Global de Desenvolvimento Sustentável, Arnaud Herrmann, apresentar a nova estrutura do programa e os principais resultados conquistados pela empresa no período de 2011 a 2015.

No evento, aproximadamente 300 colaboradores participaram da atividade referente ao Planet 21 Day, na qual os participantes foram convidados para uma jornada especial, focada em um dos pilares da nova temporada do novo Planet 21: zero desperdício de alimentos e alimentos saudáveis e sustentáveis.

Na jornada haviam sete estações, todas lideradas por nutricionistas que explicavam como escolher um alimento saudável e sustentável. Os colaboradores também puderam checar o peso e a gordura corporal, tirar fotos e baixar um aplicativo sobre o assunto. A sétima estação era uma árvore, na qual eles podiam pendurar uma tag relacionada com o tema “Meu impacto positivo local”. No final, todos que visitaram ao menos três estações participaram de um sorteio. O principal vencedor ganhou uma bicicleta.

2)Coletiva de imprensa

No dia do lançamento, foi realizada uma coletiva de imprensa na Sede da AccoHotels, em São Paulo, com a presença de sete veículos, entre eles, veículos de trade, sustentabilidade e de conhecimento geral:
1. Carta Capital – Reinaldo Canto
2. Revista Plurale – Giuliana Preziosi
3. Eco 21 – Lea Chayb
4. Green Building / Hotelaria Profissional – Tiago Martinelli
5. Revista Hotéis – Raiza Santos
6. Panrotas – Karina Cedeño
7. Diário de Turismo – Paulo Atzigen

3)Roll Out para gerentes de hotéis

No dia seguinte ao evento de lançamento, todos os Gerentes de Hotéis receberam a apresentação do programa, com notas de orientação, para que replicassem o conteú-do a seus colaboradores.

A empresa conta com uma organização chamada de “Clube de Sinergia”, em que mensalmente um grupo de Gerentes (normalmente divididos geograficamente) se reúne para alinharem temas importantes. No mês do lançamento, o time de Responsabilidade Social Corporativa começou um ciclo de apresentações pessoais com esses gestores por meio dos Clubes de Sinergia. Nessas reu¬niões, além de reforçarem a nova estrutura do Planet 21, foram tiradas todas as dúvidas sobre as mudanças, o sis-tema de gestão (Planet 21 in Action) e sobre as peças de comunicação.

4)Treinamento para colaboradores e hotéis

Os hotéis que solicitaram, receberam um treinamento presencial sobre o Programa para seus colaboradores.

O treinamento contava com interações e exemplos práticos para motivar os colaboradores sobre a importância do papel de cada um para o sucesso do programa.


5) Manutenção do tema da imprensa

Todas as ações de fomentação ao Programa desen¬volvidas pelo time de Responsabilidade Social, em parceria com os hotéis ou não, foram trabalhadas da imprensa como forma de manter o compromisso da empresa vivo e motivar as unidades a sempre realizarem ações diferenciadas.

6)Novos materiais de comunicação para hotéis

Assim como a estrutura mudou, o logo e a identidade visual do Programa também mudaram.

Ao ganhar a assinatura “Acting Here”, o logo foi atualizado e as peças de comunicação existentes também foram modernizadas.


Galeria de imagens
Serra da Canastra
Viagem Peru
Lançamento Planet 21
   

 

->Avaliação e mensuração.
Para fornecer apoio aos hotéis, disponibilizamos um sistema de gerenciamento de desenvolvimento sustentável interna, nomeado para Planet 21 in Action.

O novo sistema tem metas mais altas do que as traçadas na primeira fase do programa e é mais flexível, considerando as especificidades locais e as realidades operacionais. É baseado em uma abordagem participativa que permite que cada hotel estabeleça seus próprios objetivos e defina seu próprio plano de ação.

Este sistema encoraja o domínio das questões em jogo, assim como a incumbência dos funcionários e hóspedes com relação à responsabilidade social e ambiental.

Resultados apresentados desde o lançamento do programa até 30/8.

Mídia Espontânea:
Mais de 50 matérias publicadas

Mídias sociais
Mais de 7.000 likes
Mais de 280 compartilhamentos
Mais de 11.000 views nos vídeos publicados

200 Gerentes Capacitados
250 Colaboradores Capacitados Diretamente

80% dos hotéis participando do Plant for the Planet
97% dos hotéis participando do WATCH

 

Compartilhe: Twitter Facebook Linkedin Plaxo Youtube