Prêmio Caio Sustentabilidade

Prêmio Caio 17ª Edição

Case: WORLD COTTON RESERCH CONFERENCE - 6 - CASE DE EVENTO SUSTENTÁVEL DA WIN EVENTOS
Candidato: Win Eventos
Cliente: Associação Goiana dos Produtores de Algodão - Agopa
Segmento: Prêmio Caio Sustentabilidade
Estado: GO
 
Capa Apresentação Conteúdo Apresentação de inovações tecnológicas e estratégias indicando Desafios e Soluções Retorno sobre investimento, geração de negócios e outros indicadores econômicos
Capa Evento Sustentável WIN

World Cotton Research Conference - WCRC – 6
Tema: Recentes pesquisas na área de algodão
N° de participantes: 471, de 42 países diferentes.
Local: Centro de Convenções de Goiânia, GO
Data: 02 a 06/05/2016
Abrangência: Mundial
Periodicidade: bi-anual.
Eventos e atividades paralelas: 8 plenárias, 2 keynotes e 8 sessões paralelas, sessões de apresentação oral e de poster, visita técnica e uma área de exposição.
A Win Eventos é uma organizadora de eventos, sediada em Goiânia e com unidades em Vitória e Brasília. Há 19 anos atua no mercado nacional com a organização, planejamento e assessoria em congressos, feiras, conferências, eventos empresariais e corporativos. Já organizamos mais de 4000 eventos em todo território nacional e em 2014, a Win Eventos foi certificada com o SELO DE QUALIDADE ABEOC BRASIL (Associação Brasileira de Empresas de Eventos), desenvolvido em parceria com o SEBRAE e auditado pela ABNT para aprimorar a gestão e promover a certificação de empresas do segmento. Em 2015, através de um PROGRAMA DE SUSTENTABILIDADE desenvolvido pela Win Eventos com uma consultoria específica da área, criamos uma CARTILHA DE PRÁTICAS SUSTENTÁVEIS EM EVENTOS, permitindo que os Eventos que organizamos tenham uma gestão socialmente responsável. Ainda nesse Programa lançamos o PROJETO MAIS CIÊNCIA que tem como objetivo incentivar e viabilizar a participação de professores e pesquisadores em Eventos. E por toda essa experiência e expertise, a Win Eventos foi a empresa escolhida pela AGOPA – Associação Goiana de Produtores de Algodão para ser a organizadora do World Cotton Research Conference - WCRC – 6, realizado nos dias 02 a 06 de maio de 2016, no Centro de Convenções em Goiânia, GO.
Este evento, realizado bi-anualmente, é o maior evento mundial na área de pesquisa de algodão, oportunizando aos pesquisadores apresentarem suas pesquisas, expandir e fortalecer sua rede e aprender mais sobre as importantes pesquisas feitas no mundo. Estiveram presentes 471 pesquisadores de 42 países.
A programação foi intensa e incluiu 8 plenárias, 2 keynotes e 8 sessões paralelas, além de sessões de apresentação oral e de poster, visita técnica e uma área de exposição com empresas que apresentaram seus produtos mais inovadores e suas tecnologias, resultantes das pesquisas da área.
Além de congregar pesquisadores de diversos países, o evento buscou evidenciar aos participantes a sua responsabilidade social e ambiental através da gestão dos resíduos de todas as etapas da organização

Galeria de imagens
Ficha técnica do Evento
       

 

Vídeo


O Programa de Sustentabilidade da Win Eventos segue as seguintes premissas:

1) GESTÃO INTERNA PARA A SUSTENTABILIDADE

- desenvolver campanhas (institucional WIN) de sensibilização para os diversos públicos;
- envolver e engajar os parceiros na premissa de mudança de comportamentos (palestras, workshops, realização de eventos sobre o tema);
- contribuir na adoção das melhores práticas de sustentabilidade, junto aos parceiros (grupo de trabalho, de debates, etc)
- motivar a equipe interna para a melhoria diária (criar desafios, que culminem em reconhecimentos, ou bonificações para a equipe WIN).


2) FORNECEDORES DE CONSUMÍVEIS/PRODUTOS/SERVIÇOS

 -Engajar os fornecedores na causa socioambiental;
- Optar por fornecedores com critérios socioambientais (homologação);
- Avaliar criteriosamente a composição dos consumíveis;


3) GESTÃO DE RESÍDUOS:

3.1) Nos eventos:

- Avaliar o local de evento, quanto à armazenagem de resíduos orgânicos e recicláveis;
- Viabilizar os dispositivos de coleta no local do evento;
- Capacitar a equipe de limpeza e organização do evento quanto à separação correta;
- Conectar-se à cooperativa, fechando um cronograma de coleta diária;
- Acompanhar e mensurar a retirada;
- Reduzir/Reutilizar os materiais e recursos (montagem, evento, desmontagem);


3.2) No escritório:

 Promover a educação dos funcionários quanto à correta separação, na empresa;
 Fazer parceria com possível coletor dos recicláveis, envolvendo a administração do edifício;
 Designar um comitê que fiscaliza a correta separação e destinação, no escritório da Win;
 Criar rotina de treinamento, para que os funcionários levem este conhecimento para seus lares;


4) COMUNICAÇÃO:

- Promover suportes de comunicação digitais (spots publicitários de baixo carbono);
- Criar um ambiente educativo, sobre o tema: sustentabilidade, no evento;
- Comunicar os critérios socioambientais, na produção das campanhas;
- Ponderar na produção de todo o material de comunicação (redução de impressão, tipo de material impresso, distribuição de brindes, etc);
- Mensurar o impacto, por evento, das ações socioambientais priorizadas;
- Introduzir a sustentabilidade como um valor agregado na realização do evento, evidenciando isso no fechamento do evento, bem como nos relatórios do cliente.


5) MAIS CIENCIA


A Win Eventos é uma empresa organizadora de eventos, sediada em Goiânia e há 19 anos atua no mercado de organização, planejamento e assessoria em congressos, feiras conferências, eventos empresariais, independente do porte e do segmento do cliente. Nesses anos todos, a Win Eventos desenvolveu um bom relacionamento com a Academia (professores e pesquisadores de diversas áreas) e percebeu o quanto é difícil a participação em congressos, devido à poucos recursos financeiros disponíveis. Percebeu-se, também, que há pouca ajuda do governo para esses professores e pesquisadores e ainda que toda essa situação desestimula os professores a crescerem e interfere no desenvolvimento de pesquisas e, consequentemente, interfere no desenvolvimento e crescimento do setor de congressos científicos.

Diante disso, a Win Eventos entendeu que, mesmo sendo pequena, poderia contribuir lançando uma semente de algo que pode ser muito grande e representativo. Foi assim que nasceu o Mais Ciência!

O Projeto Mais Ciência é um programa de auxílio financeiro a professores universitários e estudantes de pós graduação, que custeia parte das despesas de participação em Congressos Nacionais e Internacionais, realizados no Brasil ou no Exterior. Com o auxílio do Mais Ciência, o professor ou pós graduando pode custear passagens, hospedagem ou traslados, impressão de banner para apresentação do trabalho, tradução do trabalho científico, inscrição no evento ou alimentação nos dias do evento.

Os interessados se inscrevem no site do Projeto (WWW.projetomaisciencia.com.br) e, sendo contemplados, recebem o valor e precisam prestar contas de que foram ao congresso e apresentaram trabalho científico.

O Projeto Mais Ciência teve início em 2015 e contemplou 20 professores com bolsas de R$ 750,00. E a intenção é que o Projeto cresça e beneficie, já em 2017, 100 pesquisadores, entre professores e pós graduandos, da Universidade Federal de Goiás.

Galeria de imagens
PAG 1 - Relatório de Gestão de Resíduos - WIN WCRC -
PAG 2 - RGR
     

 

AGOPA e WIN, gerando ações de sustentabilidade para o WCRC

Além de ser um evento consciente, do ponto de vista de emissões de gases de efeito estufa (GEE), tendo como compromisso o plantio de 3600 (três mil e seiscentas) árvores, a fim de neutralizar seu potencial poluidor identificado no inventário de impactos ambientais negativos, na logística dos participantes, consumo de energia, água, geração de resíduos, etc, várias outras ações relevantes do ponto de vista social, ambiental e econômico se destacam, são elas:

- engajamento da cadeia produtiva da WIN Eventos, na criação de soluções conjuntas, no caminho da sustentabilidade:
- Gestão de resíduos na montagem, durante e na desmontagem do evento, com destaque na doação de parte da alimentação (“sobra limpa”) do evento e todo o reciclável gerado, para as 20 famílias de uma cooperativa de catadores de Goiânia;
- Escolha de materiais ecológicos na montagem dos stands, e materias gráficos certificados (FSC);

NIVELAMENTO NA CADEIA DE FORNECEDORES DA WIN

Em março de 2016, a Win Eventos iniciou o
engajamento de seus stakeholders, promovendo um treinamentos para seus principais fornecedores, com o objetivo de nivelar o conceito de sustentabilidade no setor de eventos, bem como buscar soluções conjuntas, para os impactos sociais, ambientais e econômicos gerados no setor.

CARACTERIZAÇÃO DO CENÁRIO DE INFLUENCIA

O evento WCRC 2016 é a grande oportunidade para os pesquisadores compartilharem seus resultados científicos, expandir e fortalecer sua rede de cooperação em ciência e tecnologia, expondo importantes pesquisas referentes ao algodão. O encontro incluiu oito sessões plenárias e duas palestras, apresentando especialistas de renome mundial em cada área, bem como sessões paralelas.

O evento tem lugar durante a estação de crescimento de algodão no Brasil, com visitas técnicas IN LOCO e atividades relacionadas ao melhoramento genético do algodão as tecnologias utilizadas pelos produtores de algodão no Brasil foram apresentadas como destaque aos participantes, aliando meio ambiente e sustentabilidade em todas as etapas.

Em 5 dias de evento, a preocupação com a Responsabilidade Social e Ambiental foram presentes em todas as etapas. Tanto nos preparativos quanto na execução da montagem dos estandes. Não houve resíduos na instalação do evento, cabendo o uso de estruturas pré-moldadas em todos os sentidos.

GERAÇÃO DE EMPREGO

O evento contempla a geração de empregos temporários em áreas distintas. Foram gerados 20 frentes de trabalho na produção do evento, 15 pessoas na equipe de limpeza, 13 seguranças, 24 pessoas no Buffet e preparo de refeições.

PANORAMA DOS IMPACTOS SOCIO-AMBIENTAIS E ESTATÍSTICOS DO EVENTO

O evento WCRC 2016 apresentou inovação em seu conceito de sustentabilidade e responsabilidade ambiental. As propostas de inovação apresentadas influenciaram o cenário social do evento, soluções para a problemática da geração de resíduos, trouxeram um caráter inovador, adotando um parceiro de cooperação que absorveu os excessos de alimentos da produção do evento como alternativa ao desperdício.

Com a parceria, foi possível doar uma grande quantidade de alimentos frescos, produzidos e consumidos com latência de 02 (duas) horas. Os alimentos fornecidos e entregues ao publico foram produzidas e licenciadas por empresa especializada, enquadrada conforme Resolução - RDC - 275, de 21 de outubro de 2002.

A doação dos excessos de alimentos das refeições foi realizada na parceria com a COOPERATIVA COOPERRAMA, sendo o alimento retirado no local de sua produção. A distribuição foi feita separadamente, não havendo homogeneização das classes de alimentos e embalados com embalagens que atendem a Resolução RDC n∫ 20, de 26 de março de 2008.

CARACTERIZAÇÃO DOS PROCESSOS GERADORES DE RESÍDUOS NO EVENTO

O WCRC 2016 ofereceu estrutura de ponta, usando tecnologia pré-moldada e com excelente acabamento. A escolha técnica do uso de pré-moldados reduziu a geração de resíduos de montagem em 98%, havendo sim pequenas sobras de aparas e cortes finais, característico de qualquer modificação branda de ambientes.

Durante o evento o de fornecimento das refeições para os participantes do evento, gerou a maior porção de resíduos, sendo considerado a soma dos refugos (restos de comida em pratos e bandejas) e o descarte oriundo do preparo.

O segundo processo de geração de resíduos, no caso menos significante, foi o da distribuição de material impresso. Foi adotada pelo WCRC 2016 uma quantidade limitada de mídia impressa ou flyers de qualquer espécie, o que contribuiu para a redução poluição visual do espaço, redução do volume de resíduos gerados e redução do volume final de resíduos destinados a cooperativa dos catadores de material reciclado COOPERRAMA.

CARACTERIZAÇÃO DO PUBLICO DE INFLUENCIA

A composição dos participantes foi diversificada, abrangendo representantes das mais diversas nacionalidades, podendo considerar a ¡sia, Europa, África, Estados Unidos e Oriente Médio como principais representantes.

O encontro de várias culturas, apresentou seu diferencial no que tangue as atitudes e areas frente a consciência ambiental e social. Foi notada a preocupação individual dos participantes em depositar o seu resíduo em local adequado, n„o cabendo falhas ou qualquer tipo de desleixo. A manifestação cultural de valores foi presente no evento, engrandecendo este belíssimo encontro internacional.

MEDIDAS MITIGADORAS E OU COMPENSATÓRIAS

O projeto de instalação de um modelo de Gestão de Resíduos nas dependências do evento WCRC 2016 contempla o manejo eficaz dos Resíduos gerados durante o evento. A adequação do local como ferramenta de manejo e triagem, facilitou a resolução da problemática, sendo então o monitoramento da geração e sua triagem, possível.

A geração de Resíduos no evento WCRC foi assistida por empresa especializada em Gestão de Resíduos que juntamente com a equipe de limpeza, equipe de seguranças e principalmente a equipe de produção e manejo de alimentos, viabilizaram a Gestão de todos os Resíduos Recicláveis e Não Recicláveis, com responsabilidade Social, conforme Lei 12.305 de 10 de agosto de 2010 (Política Nacional de Resíduos Sólidos).


PARÂMETROS ADOTADOS NO PROJETO DE GESTÃO DE RESIDUOS

CONSIDERANDO QUE o evento foi concedido para um publico de 428 pessoas, de várias nacionalidades e com culturas distintas;

CONSIDERANDO QUE o evento tem um renome internacional pela importância e significado científico para o melhoramento e aperfeiçoamento Genético do Algodão e suas praticas de cultivo.

A caracterização do sistema de Gestão tem o intuito de informar os aspectos relativos à caracterização das massas de resíduos geradas, tratamento e destinação dos resíduos finais e suas particularidades.

CRITÉRIOS DO PROJETO

Os critérios e parâmetros definidos para a Gestão dos Resíduos está apresentada abaixo em ordem de aplicação:

ï Identificação dos Pontos de Coleta: Foram selecionados conforme o fluxo de pessoas nas ·áreas, sendo em média de 02 (duas) lixeiras para de 90 (noventa) litros para cada 80 pessoas.

ï Rotas de Coletas : Não foram criadas rotas de coleta, cabendo a equipe de limpeza a manutenção das lixeiras a cada intervalo de 03( três) horas.

ï Sistema de pesagem dos resíduos : Foi efetuada em cada operação de remoção.

ï Sistema de coleta de Orgânicos : Foi dimensionado sistema de 500 (quinhentos) litros para coleta dos rejeitos de alimentos, sendo 02 (dois) tambores de 250(duzentos e cinquenta) litros.

ï Remoção da massa coletada : A remoção da massa coletada foi realizada dia após dia, sempre ao termino das atividades, as 17:00 PM.

ï Os excessos de alimentos: Foram doados a cooperativa COOPERRAMA conforme o item 1.4.3. Sendo separados em igual teor e divididos entre os Cooperados.

Todo o Resíduo gerado no WCRC 2016 foi destinado corretamente.

RESÍDUOS SÓLIDOS GERADOS NA PRODUÇÃO

Os resíduos provenientes do evento foram gerados principalmente no preparo de alimentos na linha de produção: matéria orgânica (principalmente rejeitos de alimentos em geral e rejeitos de preparo de alimentos), papel e papelão, plástico de alta densidade (embalagens PET ou plásticos não comuns em menor quantidade), vidro, metais e rejeito (materiais que n„o se enquadravam nas classificações estabelecidas ou não apresentavam valor comercial) e excessos de alimentos e não consumidos prontamente (salgados, carnes, aves, doces e hortaliças em geral).

RESÍDUOS SÓLIDOS GERADOS NAS ÁREAS AUXILIARES E ADMINISTRATIVAS

O resíduo sólido produzido nas áreas administrativas tem características predominantes de sobras de papeis e rascunhos de papeis (em baixa quantidade). Não houve a reutilização embalagens de bebidas, não houve o descarte de lâmpadas e resíduos hospitalares durante o evento.

Galeria de imagens
SEPARAÇÃO DE RESÍDUOS
     

 

Área de Implantação do Projeto:

A área para implantação do projeto de Gerenciamento dos Resíduos foi de aproximadamente 2.850 mt2.

Utilização de tecnologias disponíveis e apropriadas ao tipo de resíduo gerado:

O tratamento proposto contemplou duas modalidades de resíduos, os resíduos orgânicos e os resíduos recicláveis, com possibilidade de coleta dos resíduos perigosos também, a descrição se encontra abaixo:

ï Dimensionamento: No dia 28/04/2016 foi realizada uma visita técnica para aferir as condições do local e tomar conhecimento dos espaços oferecidos, das vias de acesso ao evento. Assim foi dimensionado o uso de 02 Bags de 01 m2 para uso em descarte de garrafas PET e recicláveis em geral, dentro do setor de produção„o de alimentos; foi dimensionado 02 tambores de 250 Litros, para coleta de rejeitos de alimentos orgânicos em geral; foi dimensionado 04 coletores rejeitos orgânicos com volume de 90 Litros para a área de passagem e coffee break; 06 coletores de recicláveis com volume de 90 litros para a área de passagem e coffee break.

ï Parcerias em Reciclagem: com a Cooperativa COOPERAMA;

ï Instalação do equipamento no local;

ï Reuso de Resíduos;

ï Doação e Aspectos Sociais;

RESULTADOS

Foram gerados resíduos de todas as classes, cabendo um destaque maior aos resíduos orgânicos, os quais foram tratados com maior foco, devido ao caráter social das escolhas tomadas em todas as areas. O evento contou com um publico geral de 428 pessoas, divididas em 356 participantes efetivos, 20 pessoas da produção, 15 pessoas na equipe de limpeza, 13 seguranças, 24 pessoas na cozinha. Foi produzido em 05 dias de evento 2.115,49 Kg de alimentos, dos quais 90,18% foram consumidos (1.926 Kg ), 4,39% ( 93,7 Kg) foram enviados a compostagem e 5,43% (115,94 Kg) foram DOADOS a COOPERATIVA dos CATADORES de LIXO a COOPERAMA. A taxa de desperdício com a DOAÇÃO foi reduzida de 9,82% para 4,39%, um total de 44,69% de reaproveitamento das sobras das refeições em formato de DOAÇÃO.

A doação de 115,94 Kg de Alimentos totalizou R$ 1.564,22 reais em alimentos para a COOPERATIVA. Foram doados também todos os materiais recicláveis disponibilizados na central de triagem do evento, sendo 46,07 Kg de Papel, 7,75 Kg de papel Branco, 2,18 Kg de Alumínio, 2,3 Kg de Latas , 9,25 Kg de Garrafa PET, 86,74 Litros de óleo Vegetal, totalizando um montante de 160,37 Kg de Resíduos Recicláveis, avaliados em R$ 104 reais, totalizando R$ 1.611,22 reais de capital doado a COOPERATIVA. Agraciando mais de 20 famílias envolvidas diretamente na atividade de separação de resíduos da COOPERATIVA.

Além disso, a Cooper Rama deixou de gastar R$350,00, na semana do evento, que seriam destinado ‡ compra de alimentos para os cooperados, no período. Com isso, totalizou-se um incremento de R$ 2018,32 reais, impactando positivamente em 16,6% na renda mensal de cada cooperado.

A responsabilidade socioambiental também fez uso de reaproveitamento de 100% das caixas de madeira para transporte de vegetais, frutas e legumes do distribuídos para o evento WCRC 2016. As caixas de papelão tiveram 5,57% de reaproveitamento para transporte de condimentos e enlatados durante o evento, sendo que 94,43% do papelão foi doado a COOPERATIVA COPER RAMA.


Características Físicas e Quantitativas dos Resíduos Gerados

O papelão teve taxa de reuso nos dias do evento de 62,61% e as caixas de madeira tiveram 100% de taxa de reuso. Os demais volumes aferidos foram 13,81% de caixas de madeira, 3,36 % de vidros, 3,07% de Petes, 2,57% de papel branco e 0,72% de material metálico. Houve também um descarte muito pequeno de pilhas elétricas, insignificante a nível gráfico, sendo corretamente conduzidas ao descarte.

A diversidade de resíduos gerados não foi grande e sua característica qualitativa foi distinta. Alguns resíduos como caixas de papelão que não couberam reuso, devido ao fato de absorverem humidade de algum item transportado, num total de 38,4% de descarte, sendo assim enviadas diretamente a reciclagem. As sobras de orgânicos fora acondicionados em sacos plásticos e encaminhados ao aterro municipal.

Galeria de imagens

 

 

Compartilhe: Twitter Facebook Linkedin Plaxo Youtube