Prêmio Caio Sustentabilidade

Prêmio Caio 17ª Edição

Case: UBISOFT
Candidato: Red Star
Cliente: Ubisoft
Segmento: Serviços
Estado: SP
 
Capa Apresentação Conteúdo Apresentação de inovações tecnológicas e estratégias indicando Desafios e Soluções Retorno sobre investimento, geração de negócios e outros indicadores econômicos
estande vista 1

EVENTOS: BGS (BRASIL GAME SHOW)
TEMA: Maior feira de Games da América Latina
ABRANGENCIA: Nacional
DATA: 08 a 12 de outubro
LOCAL: Expo Center Norte
METRAGEM ESTANDE: 387M²
PARTICIPANTES: 200 empresas
PERIDIOCIDADE: anual
EVENTOS E ATIVIDADES PARALELAS:
. Ocorrem Campeonatos de Games durante o evento
. Sessões de autografos com Youtubers
. Espaços para experimentação dos jogos expostos

A Brasil Game Show é considerada um dos principais eventos do setor no País.
Em 2015, 300 mil pessoas participaram dos quatro dias de eventos em São Paulo.
Com investimento estimado em 10 milhões de reais, o evento reune mais de 300 000 pessoas durante quatro dias.
Cerca de 200 empresas expositoras brigam pela atenção dos aficionados dos games.
Mirando o mercado em crescimento, empresas estrangeiras e nacionais prometem megaeventos voltados exclusivamente para o público geek e gamer brasileiro.
A Ubisoft é uma das maiores publicadoras do mundo, sendo eleita pela revista norte-americana Game Developer a quarta maior empresa neste ramo em 2007 e tem na BGS um dos maiores e mais movimentados estandes.
Numa concorrência acirrada, escolheu a RED STAR para desenvolver e executar seu estande na BGS 2.015, iniciando uma parceria de sucesso.
O desafio era desenvolver um projeto com uma divisão de espaço bem resolvida para que cada game e tivesse seu destaque e característica, já que cada um deles fala com um publico diferente.
São jogos de dança, de guerra e de luta, com perfis e comunicação visuais diferentes.
A dificuldade era criar um espaço não só bem dividido como harmonico, em termos de comunicação visual pra não poluir.
Acostumada com desafios e projetos especiais, a RED STAR arquitetura promocional com característica de trabalhos marcantes cenograficamente, conseguiu não somente chegar num resultado de planta baixa com uma distribuição excelente com uma visibilidade e ações diferenciadas para cada game, como também espaços que proporcionaram boa circulação para os milhares de enlouquecidos dos games que puderam "degustar" os produtos em ambientes especialmente preparados.

Galeria de imagens
estande vista 1
estande vista 2
BGS publico
a maior feira de games
planta baixa do espaço
ambiente para o game just dance
ambiente para jogo raimbow six
ambiente para Assassins Cread
CInema para divulgação de lançamento
Espaço UBI TV para veiculação on line na internet do que se passava no evento
         

 

Vídeo


A RED STAR é hoje uma das maiores empresas de arquitetura promocional do mercado brasileiro. Especializada em projetos especiais e 100% construídos.
A Ubisoft clama se o 3° maior publicador de video-games independente do mundo; eles possuem 30 estúdios em 19 países, além de subsidiárias em 26 países; o maior estúdio de desenvolvimento da empresa é a Ubisoft Montreal, no Canadá, que atualmente emprega cerca de 2.100 pessoas.
O Brasil ocupa o sétimo lugar na importancia de faturamento do grupo.
Em 2012 a Ubisoft se tornou líder do mercado brasileiro em vendas de jogos de videogame, segundo pesquisa da GFK.
Seu maior sucesso de mercado é o jogo JUST DANCE - um jogo eletrônico de música. Depois de selecionar uma música, o dançarino(a) é apresentado na tela, bem como uma exposição ocasional de pictogramas que representam poses específicas. Enquanto mantém um Wii Remote na mão, os jogadores seguem os movimentos do(a) dançarino(a) na tela e sua coreografia. Os jogadores são julgados em uma escala de classificação de acordo com a precisão de seus movimentos em comparação com os do(a) dançarino(a) na tela, e recebem pontos.
Mas além de um espaço especial para esse grande sucesso, o estande teria que comportar mais 6 ambientes distintos:
- UBI TV: estudio para transmissões ao vivo do que acontecia na feira
- Um cinema para apresentar um lançamento - que deveria estar num espaço reservado e longe dos olhos dos concorrentes
- Um espaço para disputa de times do jogo Raimbow Six
- Um espaço para degustação do jogo Assassins Cread
- Um espaço reservado para a diretoria conseguir visualizar todo o movimento da feira e do estande de forma reservada
- Um espaço para entrevistas e coletivas
O resultado da divisão do espaço da diferenciação dos mesmos em função das características próprias de comunicação visual e de necessidades foi surpreendente e definitivamente merece um prêmio!

Galeria de imagens
Bertrand Chaverot - diretor américa latina
estande vista 1
estande vista 2
estande vista 3
 

 

O mercado de games tem crescido cada vez mais com o passar do tempo, e isso traz inúmeros desafios para as empresas do ramo.
Como é um negócio dinâmico, é preciso estar sempre atento à mudanças e tendências, e procurar estar sempre um passo à frente.
Com o sufoco da crise, a BGS tentou se tornar uma vitrine para os lançamentos.
A lógica é simples: se o jogador não tem muito dinheiro para gastar, testar os games antes da compra pode “salvar” um bom dinheiro.
No estande da Ubisoft na BGS, os visitantes podiam testar jogos que ainda iriam chegar ao Brasil.
A idéia foi proporcionar aos visitantes da BGS a mais completa experiência no universo dos jogos da Ubisoft, criando atrações para diferentes estilos e uma atmosfera no espaço para que o jogador pudesse se divertir ao máximo com os títulos e personagens.
O estande contou com cinco estações rodando Assassin’s Creed Syndicate em PlayStation 4, um grande telão e um palco, onde a Àudio Director do jogo, Lydia Andrew, e os outros convidados atendiam os fãs com autógrafos, fotos e pôsteres.
Um estúdio de TV e transmissão ao vivo conectado ao You Tube foi montado no local, onde Felipe Carettoni e Fernanda Pineda comandaram transmissões ao vivo de tudo que acontecia no estande, além de programação especial com gameplays e entrevistas de produtores, convidados e youtubers famosos.
Mas o ponto alto foi o espaço dedicado ao Just Dance, sucesso de vendas da Ubisoft no Brasil, onde se realizaram torneios de dança e a etapa final de um torneio internacional.


Galeria de imagens
experimentação dos jogos
festival de dança Just Dance
estudio para transmissões ao vivo
experimentação de jogo que ainda seria lançado
 

 

O mercado de videogames movimenta US$ 66 bilhões em vendas por ano no mundo.
E o Brasil contribui com uma boa fatia nesta conta: US$ 1 bilhão.
Com 12,8% do número total de games vendidos no ano passado, a Ubisoft alcançou pela primeira vez em sua história no Brasil a primeira posição na categoria.
É tanta gente comprando que, no período de 2009 a 2014, as vendas de jogos online cresceram 256% e as de joguinhos mobile, aqueles que rodam em tablets e celulares, 780%.
No mundo inteiro, por ano, mercado brasileiro é o terceiro que mais cresce.
No mundo dos videogames você é o que você quiser: um guerreiro em uma batalha épica ou um piloto super radical. Os jovens são a maioria, mas não estão sozinhos.
Muita gente com seus 30, 30 e poucos anos aprendeu a falar inglês ou ter alguma noção do idioma jogando videogame, mas isso foi lá trás.
Hoje dada a importância do mercado brasileiro, o português virou quase uma língua obrigatória nos games.
Segundo Bertrand Chaverot, diretor da Ubissoft para América Latina, os romances de "Assassin's Creed" venderam 3 milhões de unidades no mundo todo – 1,5 milhão foram só aqui no Brasil. "
Um dos grandes atrativos da Brasil Game Show (BGS) é seu lado competitivo, por isso participar de um evento onde podemos promover competições e demonstrações dos nossos jogos é de extrema importancia e faz todo sentido.

Galeria de imagens
dados de resultados
consumo de games no brasil
     

 

 

Compartilhe: Twitter Facebook Linkedin Plaxo Youtube