Prêmio Caio Sustentabilidade

Prêmio Caio 17ª Edição

Case: CIDADÃO CONSCIENTE
Candidato: Enzimas em Ação
Cliente: Rio Solidário
Segmento: Eventos
Estado: RJ
TROFÉU LEDCOM
Categoria: Evento de Responsabilidade Social
 
Capa Apresentação Conteúdo Apresentação de inovações tecnológicas e estratégias indicando Desafios e Soluções Retorno sobre investimento, geração de negócios e outros indicadores econômicos
Circuito Cidadão Consciente

A Enzimas nasceu pra isso: acelerar resultados e proporcionar o melhor serviço para seus clientes. Através do marketing promocional, ativação, marketing de guerrilha, live marketing e muitas outras ações especiais, buscamos proporcionar experiências memoráveis entre marcas e seus públicos. Transformar, inovar e comunicar. Essa é a nossa proposta.

A inteligência é o maestro que rege nossos projetos. Mas ser criativo é fundamental. Nossa equipe é incansável e apaixonada. Profissionais de inteligência criativa, além de especialistas nas áreas mais diversas da comunicação, como planejamento estratégico, produção e tecnologia, compõem nossa equipe e conduzem nossos projetos com extremo comprometimento e eficiência.

No momento do lançamento oficial das Paralimpíadas Rio 2016 – além do Dia Internacional Paralímpico, comemorado no dia 7 de setembro – o instituto Rio Solidário, com o apoio da Alerj, não poderia perder a oportunidade de incentivar o debate acerca do compromisso da sociedade com assuntos que afetam, diariamente, a vida de portadores de necessidades especiais, incluindo os próprios atletas paralímpicos.

Foi preciso reforçar a mensagem em prol da responsabilidade social para o maior número possível de pessoas, propagando a necessidade de conscientização e sensibilização através de um evento que atingisse efetivamente toda a população.

Ficha técnica do evento:
Cliente: Rio Solidário
Título: #CidadãoConsciente
Tema: Projeto Cidadão Consciente
Número de participantes: 596 percursos realizados
Local: Praça XV – Centro, Rio de Janeiro.
Data: Setembro de 2015.
Abrangência: Estadual.

Galeria de imagens
Projeto 3D
Projeto 3D
Projeto 3D
Circuito Cidadão Consciente
Circuito Cidadão Consciente
Circuito Cidadão Consciente
Circuito Cidadão Consciente
Receptivo
Receptivo
Experiência Cadeirante
Experiência Cadeirante
Experiência Cadeirante
Experiência Deficiência Visual
Experiência Deficiência Visual
Experiência Deficiência Visual
Experiência Deficiência Auditiva
       

 

Vídeo


Acreditamos que não há melhor forma de passar uma mensagem objetiva do que fazer com que o receptor sinta na pele o seu conteúdo. No circuito batizado “Cidadão Consciente”, desenvolvido para o Instituto Rio Solidário (Governo de Estado do Rio de Janeiro), qualquer pessoa pôde participar, vivenciando algumas das dificuldades que uma pessoa com deficiência passa em seu cotidiano.

Impactar o público através de uma experiência real abriu os olhos das autoridades que incentivam e apoiam as pessoas com deficiência. O Rio de Janeiro encontrava-se a um ano dos Jogos Paralímpicos Rio 2016 e foi preciso conscientizar a população carioca da dificuldade vivida todos os dias pelas pessoas com deficiência.

Foi daí que surgiu a ideia do circuito “Cidadão Consciente”, uma estrutura montada na Praça XV, área de grande circulação no centro do Rio de Janeiro. O primeiro contato com os participantes em potencial era realizado por meio da abordagem de promotores, convidando o público a participar da ação, distribuindo folhetos informativos e bottons adesivos com a hashtag #cidadãoconsciente, que estimulavam a troca de informações e uma maneira simbólica de demonstrar que aquele indivíduo carregava em si melhores formas de relacionar-se e entender como vivem as pessoas com deficiência que todos os dias enfrentam dificuldades enormes nas cidades. Além disso, totens e displays estrategicamente posicionados foram desenvolvidos de forma apta a facilitar a acessibilidade de portadores de necessidades especiais.

No interior da estrutura, um circuito cenográfico montado exclusivamente para a ação permitia que o participante vivenciasse em três etapas simulações de dificuldades de locomoção comuns no ambiente urbano como entrar em um táxi não adaptado, subida em rampas mal projetadas, atividades como atravessar as ruas sem o auxílio de um sinal sonoro e piso tátil, passar por bueiros abertos, cones, caixas largadas no caminho, estruturas não sinalizadas adequadamente e ainda experimentar um pouco da dificuldade de comunicação de um deficiente auditivo com os diversos serviços de atendimento ao público. No fim do circuito, o participante ainda pôde fotografar em um backdrop com todas as marcas do projeto.

Houve uma grande preocupação em atingir o público através dos meios digitais durante a execução do projeto. Um hotsite foi desenvolvido para suportar todas as fotos da ação, servindo como uma espécie de galeria de fotos exclusiva do evento, onde os participantes tiveram acesso ao seu registro.

Também foi criado um aplicativo responsável por inserir uma moldura customizada em cada uma das fotografias, que eram imediatamente enviadas por WhatsApp para o participante, que podia compartilha-las nas redes sociais. Além das fotos, os participantes que concluíram o circuito completo de forma correta, foram presenteados com uma caneca personalizada.

Com várias possibilidades de interação, as ações propostas geraram, além da percepção do tema, a disseminação da informação essencial para reforçar a necessidade de dar devida atenção e importância a este assunto tão delicado, incentivando assim, de maneira dinâmica, assuntos fundamentais para melhorias na vida de pessoas com deficiência, estimulamos a ideia de inclusão e acessibilidade, despertando o sentimento de empatia com dificuldades diárias de pessoas com deficiência e a responsabilidade social em cada indivíduo, conscientizando-os para que ocorra uma mudança real no comportamento das pessoas e que possam agir como agentes multiplicadores dessa conscientização em seus círculos sociais.

Galeria de imagens
Promotores
Material Divulgação / Conscientização
Promotores
Receptivo
Promotores
Promotores
Botton
Circuito
Experiência Cadeirante
Experiência Surdez
Experiência Cadeirante
Fotos para hotsite
     

 

O circuito Cidadão Consciente foi concebido em 2015, mediante solicitação do Rio Solidário em prol da necessidade de conscientizar a população sobre as dificuldades cotidianas de pessoas com deficiência. O maior motivo, até então, era que a cidade do Rio de Janeiro seria a sede dos Jogos Paralímpicos em 2016, e por isso, a cidade precisaria estar preparada para atender esse público em específico. O maior desafio era fazer com que o participante vivenciasse uma amostra do cotidiano das pessoas com deficiência, gerando assim, maior sensibilidade com as dificuldades diárias enfrentadas por elas.

O local escolhido para a ação foi a Praça XV, no Centro do Rio, devido a facilidade de acesso e o alto número de fluxo de pessoas em diversos horários. O local também permitia a integração do município do Rio de Janeiro com outros municípios como Niterói e São Gonçalo.

Foi criada uma mini cidade cenográfica com obstáculos reais, além de um sistema de som que simulava a ambientação das cidades, como barulhos de buzina, conversas, apitos e outros estímulos sensoriais que intensificavam a experiência no circuito.

Para a montagem do circuito que foi totalmente desenvolvido pela equipe da Enzimas em Ação, houve um grande trabalho de pesquisa e consultoria de profissionais e segmentos que trabalham exclusivamente voltados à causa das pessoas com deficiências para que fosse possível entender as maiores dificuldades cotidianas.

Para que as informações e dúvidas fossem esclarecidas de forma objetiva e clara, toda a equipe da ação foi devidamente treinada e uma parcela da equipe era composta por pessoas com deficiência. Além da equipe de promotores e membros operacionais, a ação contou com equipes de fotógrafos divididos em cada um dos setores da ação: dificuldade de locomoção, deficiência visual e auditiva e ainda no backdrop, registrando as fotos que eram disponibilizadas no site da campanha.

Toda a estrutura da ação foi realizada em aproximadamente 24h de montagem direta, incluindo circuito, rampas de acesso, tendas, backdrop e outros componentes da área selecionada para a ação.

Galeria de imagens
Fotos para App
App
Moldura App
Fotos para hotsite
Hotsite
Hotsite
Montagem Estrutura
Montagem Estrutura
Montagem Estrutura
Montagem Estrutura
Totem Braile
Totem Braile
Totem Braile
   

 

Durante a realização do Cidadão Consciente, no período de Setembro de 2015, um número significativo de 400 mil pessoas foram impactadas com a ação, segundo a concessionária que administra as barcas da Praça XV. Além disso, 16.800 pessoas utilizaram os bottons adesivos com a tag da campanha e 596 percursos foram realizados (completados até o fim) com fotos disponíveis no site da campanha Rio Consciente. Estima-se também que 1.788 fotos foram compartilhadas no WhatsApp, via aplicativo desenvolvido exclusivamente para o projeto.

A ação teve uma grande repercussão na mídia, atraindo repórteres e personalidades ao local, para realizar o percurso e também entrevistar aqueles que participaram da campanha. A bailarina Ana Botafogo e o coreógrafo Carlinho de Jesus foram alguns artistas que passaram pela experiência de vivenciar as dificuldades das pessoas com deficiência.

Grandes portais de notícias online, como O Globo, Extra, O Dia, Cidadão RJ, Agencia Brasil, Rio Show, Clip na Web, TV Brasil, jornais e canais de televisão como Rede Globo, CNT e Rede Record falaram sobre o circuito, com matérias transmitidas do local.

O evento proporcionou uma amplitude na visão de toda a população carioca sobre as necessidades e dificuldades vividas todos os dias por uma grande parcela da população, que são as pessoas com deficiência. A solidariedade e a visão do público pode ser percebida não somente durante a ação, mas nos dias que a decorreram e, um ano depois, durante o período em que os Jogos Paralímpicos foram realizados na cidade. O Rio de Janeiro se tornou uma cidade mais preparada, preocupada e consciente.

Galeria de imagens
Cobertura Mídia
Cobertura Mídia
Experiência Surdez - Carlinho de Jesus (dançarino)
Experiência Deficiência Visual - Ana Botafogo (bailarina)
Participação Autoridades
Participação Autoridades
Cobertura Mídia
Cobertura Mídia
Cobertura Mídia
 

 

 

Compartilhe: Twitter Facebook Linkedin Plaxo Youtube