Prêmio Caio Sustentabilidade

Prêmio Caio 19ª Edição

Case: BRAZIL PROMOTION 2017
Candidato: Bueno Arquitetura Cenográfica
Cliente: Forma Editora
Segmento: Serviços
Estado: SP
 
Capa Apresentação Conteúdo Apresentação de inovações tecnológicas e estratégias indicando Desafios e Soluções Retorno sobre investimento, geração de negócios e outros indicadores econômicos
Brazil Promotion

A Brazil Promotion é uma feira de marketing promocional que anualmente apresenta ao setor de eventos as principais novidades em produtos e serviços promocionais como brindes, presentes corporativos, produtos e serviços para a realização de eventos, gráficas especializadas, agências, soluções para merchandising, marketing digital, mídias interativas e muitos outros.
Dados do setor revelam que o live marketing movimenta, em média, cerca de R$ 43 bilhões por ano no Brasil. Em um cenário que possuem sempre verbas muito reduzidas, os investimentos em ações promocionais aumentam. Isso comprova a importância deste evento para o mercado.
A edição de 2017 ocorreu entre os dias 01, 02 e 03 de agosto, no Transamérica Expo Center e reuniu por volta de 240 fornecedores e recebeu mais de 12.500 profissionais responsáveis por tomadas de decisão das empresas dos mais distintos segmentos do mercado. Durante todos os dias da feira, foi possível entrar em contato com tudo o que existe de mais avançado e novo na área de varejo e promocional. E ainda se divertir com as mais interessantes atrações disponibilizadas pela Brazil Promotion: cenografia temática, sorteios, performances, atrações itinerantes, e muitas outras.
Paralelo ao evento, foi possível participar de dezenas de seminários, criteriosamente pensados para agregar alto valor de conhecimento aos participantes, apresentando as tendências do mercado e fomentando debates a respeito do setor.
Quem busca por fornecedores diferentes e soluções inteligentes para campanhas de marketing promocional, merchandising, ações nos pontos de venda, eventos corporativos e tudo o que seja relacionado ao setor, a Brazil Promotion é o lugar ideal.

Ficha Técnica
Evento: 15º Edição Brazil Promotion
Local: Expo Transamérica
Data: 01 à 03 de Agosto de 2017
Periodicidade: Anual
Abrangência: Produtos e Serviços Promocionais, Brindes, presentes corporativos, produtos e serviços para realização de eventos.
Tema: Piração
Conceito: Obra de Yayoi Kusama
Modalidade: Feira
Abrangência: Nacional
Participantes: 12 Mil Visitantes

Vídeo


DESAFIO

Desde a primeira reunião até a montagem do evento, o grande desafio dos projetos cenográficos é o de conseguir interpretar todos os desejos que o cliente tem para o seu evento. É preciso desbravar as referências e não ficar presos a elas. Criar sob a ótica e anseio do cliente é uma tarefa meticulosa que exige muito diálogo, troca de ideias e, é claro, criatividade para não cair no “mais do mesmo”.

A BUENO foi escolhida pela décima vez para trabalhar o conceito, projeto, direção e execução da cenografia do túnel de entrada da Brazil Promotion. Para este projeto, o cliente desejava despertar as mais diversas sensações, principalmente utilizando elementos de repetição em vários planos, criando ambientes com o conceito de psicodelia e o frenesi que isso causa ao público. Com essa base conceitual, o cliente apresentou algumas referências dos sentimentos provocados pelos trabalhos da artista plástica Yayoi Kusama, que é conhecida pelas suas obras que levam diversas misturas de artes como colagens, pinturas, esculturas, arte performática e instalações ambientais. *** Imagem 1 à 3




Durante todo o planejamento, e após idas e vindas de ideias, foi mantido parte do conceito baseado nas obras da artista, mas apresentado em uma releitura própria da BUENO, que respeitava as características dessa linguagem adotada, aprimorado nos detalhes necessários e somado a esse ambiente, mais duas experiências por meio de ambientes complementares, para podermos criar uma narrativa na experiência.

O objetivo proposto era de criar um túnel de entrada que levasse cada participante para um sentimento de desafio, o instigando a experimentar as mais diversas sensações antes de acessar a feira. Foram utilizadas texturas, cores e formas. Cada elemento teve a tarefa de complementar uma narrativa que trouxesse para o ambiente um momento inesquecível.



A estrutura do túnel foi composta de 3 etapas de experiência:

1. Escuridão
2. Luz
3. Euforia *** Imagem 4



Na primeira etapa, criou-se um percurso de 19,00m x 10,00m de largura que provocasse sensações e sentimentos diferentes de tudo que já havia sido proposto em outras edições: Incerteza, medos, ansiedade, claustrofobia e principalmente: desafio A BUENO criou a área de colunas em tecido preto, com a base em aros de PS brancos para servirem de sinalizadores por meio de luz negra.

fotos durante a montagem *** Imagem 5 à 6



Na segunda etapa, criou-se um ambiente de 13,00m x 8,00m de largura, que recebeu um equipamento de iluminação que com uma programação sincronizada, fazia uma dança de luzes, que ficava bem de frente com a entrada dos visitantes nesse ambiente. Aqui a sensação que a cenografia queria provocar era de contraste, de encantamento, diversão, tecnologia e movimento. Foi criado um espaço como uma caixa preta, encapamos as paredes e teto com tecido preto, iluminado apenas por esses refletores de LEDs interativos (MAGICPANEL™ da Ayrton, Digital Lighting, instalado pela Stage),que ficavam posicionados na altura total da parede frontal e que se movimentam conforme a música que tocava nesse ambiente. Os refletores foram posicionados verticalmente e a sonorização pensada pela Modern Marketing foi de batidas tecnológicas e as caixas de som foram instaladas atrás dos tecidos. Como complemento crucial para desenhar luz, uma máquina de fumaça para garantir os efeitos no espaço.

https://vimeo.com/99543010

*** Imagem 7



Na terceira etapa, uma área de 13,50m x 6,50m, foi toda envelopada de tecido com furos em formato de bolas, infláveis em formato de gota, feijão e “ameba” foram revestidos com nylon com aplicação de bolas, o piso foi revestido de lona com impressão digital de bolas, que pontilham o caminho e faziam a experiência se tornar mais instigante e interativa. Todos esses materiais foram no substrato branco, para receberem a luz.

O projeto de iluminação foi desenvolvido com a Modern Marketing, o parceiro que a Forma Editora convidou para participar desse projeto. Todos os equipamentos foram dimensionados e posicionados no projeto de cenografia para que não aparecessem em cena. Aqui sim, foi utilizada não somente a referência, mas as intervenções inspiradas na artista Yayoi Kusama e trazia consigo um caminho com direções incertas e com a cápsula de espelhos externos e internos na imersão cenográfica que a BUENO propôs, e uma interatividade com projeção no teto e pufs para sentar em formato de bolas também. Um convite para pensar além dos seus próprios limites, tendo a chance de superar medos e desafios.
*** Imagem 8 à 14




Foi baseado nesse percurso, a inspiração para o nome da campanha da Brazil Promotion 2017: Piração. Apropriamos, inclusive dessa campanha, para convidar as pessoas a vivenciarem esse espaço.

***Imagem 15


Galeria de imagens
1
2
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
         

 

A ideia de criar ambientes de experiências que geram sensações através dos 5 sentidos, sempre nos coloca de frente com a busca de recursos e tecnologias que provoquem resultados pela audição (sonorização), tato (texturas), visão (cores e luzes), olfato (aromas) e de certa forma, o paladar (com imagens projetadas). Portanto, é imprescindível trabalhar em parceria com empresas que colaborem com o projeto e tragam soluções para conectarmos todos os sentidos aos recursos tecnológicos (digitais ou analógicos) que sejam viáveis e agreguem ideias ao projeto.

*** Imagem 16


São várias mãos somadas aos elementos escolhidos, compondo um ambiente que levava consigo um significado e um grande objetivo.


*** Imagem 17


Durante as definições de criação as ideias foram alteradas algumas vezes, por isso o resultado superou as expectativas. A Brazil Promotion apresentou sugestões muito criativas e isso fez total diferença no projeto. A parceria estabelecida por todos esses dez anos possibilitou que o cliente conhecesse exatamente o que a BUENO fazia e como poderia entregar toda a proposta criada. Isso permitiu que todo o projeto passasse por um trabalho de co-criação. Ideias e referências distintas, de profissionais distintos, quando unidas se transformaram em um produto muito mais rico, alinhado e com propósito.

Para que a montagem saísse tão bem organizada quanto o projeto previa, a busca dos materiais seguiu os padrões da BUENO que está sempre pautada pela sua expertise. Um dos materiais que mais fizeram diferença no projeto foi o tecido. Ele possibilita uma gama muito grande de formas orgânicas que os materiais rígidos não permitem. Essa técnica é um diferencial que a empresa tem e o recurso é utilizado com os mais diversos objetivos, garantindo resultados incríveis com um mesmo material.

A escolha do uso dos espelhos foi baseada na necessidade de proporcionar interatividade, ampliação e reflexos dos ambientes, sempre pautado em referências das artes, design e fotografia anteriormente definidos. A variedade dos materiais pode trazer ao projeto resultados bem distintos e com isso possibilita a fragmentação de ambientes, apresentando novas realidades no mesmo espaço. As instalações cenográficas também foram propostas com a utilização dos refletores de luz que dançavam em um dos ambientes. Além de uma condição de experiência e sensações, apresentou o casamento perfeito entre a arte e a tecnologia, que é bem apresentada na feira como um todo.

O túnel levava consigo também outra importante missão: gerar expectativa nos participantes sobre o que eles poderiam encontrar de inovador dentro da feira. O projeto era literalmente a porta de entrada para uma experiência completa. Toda a beleza e as sensações apresentadas no espaço trouxe para cada visitante a pergunta: o que será que tem lá dentro? E isso era importante para que todos adentrassem com o objetivo de aproveitar ao máximo tudo o que havia sido preparo para aqueles dias.

Galeria de imagens
16
17
     

 

Diferente de ambientes que causam medo ou estranhamento que podem ser evitados, o túnel de entrada não possibilitava essa escolha. Era preciso atravessar o espaço escuro para entrar no evento. Isso criava uma sensação ainda mais diferente para cada participante. Eles precisavam enfrentar o desafio.
O caminho escuro da primeira etapa, sinalizado apenas com luz negra, tornava a travessia perigosa, inesperada. Ninguém entra em um ambiente com baixa luz sem receito ou cautela.
O segundo ambiente que oferecia uma iluminação em movimento frenético e por último o ambiente ornamentado por bolas de todos os tamanhos, pontilhados em diversos sentidos; cores intensas que se alternavam com a mudança através da iluminação e uma cápsula de imersão em meio a isso tudo, com uma experiência com espelhos e projeção no teto, que formavam novas realidades faziam um claro convite: entre e descubra-se. Um clima que gerava delírio e admiração. Tantas sensações juntas que poderiam falar por si só.
A composição proporcionava uma experiência questionadora, que gera uma reflexão do propósito, levar o convidado a espaços tão sensoriais, gerando um clima frenético em meio a tantos elementos.
As bolas e pontilhados chamavam a atenção de todos os olhares que buscavam criar um caminho, imagem, ou algo que os levassem ao fim daquele ambiente. As cores traziam consigo as sensações de entusiasmo, surpresa, alegria e divertimento e sempre provocando sentimento de descoberta. Os espelhos dispostos estrategicamente pelo local criavam novos e, por vezes, falsos caminhos. E então nada era o que parecia. Na sequência, dentro da cápsula, a luz de um céu estrelado, apresentando também as Três-Marias. Um convite para experimentar e admirar a imensidão em que as sensações podem nos colocar. Em cada espaço, cada intervenção, os sentimentos eram colocados à prova.
Cada visitante entrou e por todo o espaço buscou caminhos, reais ou imaginários, por planos verticais, escuros, claros e orgânicos. Uma viagem que deixava de ser apenas para a Brazil Promotion e passava a ser um momento de descoberta da sua própria vida, medos e tudo o que o momento permitisse.
Guiados pela curiosidade sobre o que havia após o túnel, os participantes desbravaram todos os cantos para conseguir entrar na feira. Vivenciando e experimentando todas as provocações propostas pela cenografia.

 

Compartilhe: Twitter Facebook Linkedin Plaxo Youtube