Prêmio Caio Sustentabilidade

Prêmio Caio 19ª Edição

Case: FCI WORLD DOG SHOW
Candidato: São Paulo Convention & Visitors Bureau
Cliente: Confederação Brasileira de Cinofilia
Segmento: Eventos
Estado: SP
 
Capa Apresentação Conteúdo Apresentação de inovações tecnológicas e estratégias indicando Desafios e Soluções Retorno sobre investimento, geração de negócios e outros indicadores econômicos
Logo do Evento

A FCI WORLD DOG SHOW é um evento internacional que promove a exposição de beleza de cães do mundo todo. É um evento de perfil ICCA – International Congress & Convention Association, realizado anualmente e de rotatividade internacional. Promovido internacionalmente pela Fédération Cynologique Internationale - FCI, uma entidade formada em 1911 com o objetivo de promover e proteger a cinelogia e os cães de raça pura, por qualquer meio que considere necessário.
A Primeira Guerra Mundial pôs fim a esta Federação e foi somente em 1921 quando a Société Centrale Canine de France e a Société Royale Saint-Hubert decidiram recriar a FCI. Os novos estatutos foram aprovados em 10 de abril de 1921 e em 5 de março de 1968, a FCI obteve status legal.
Para a edição do evento em São Paulo, a anfitriã local foi a Confederação Brasileira de Cinofilia - CBKC, que contou com o apoio do São Paulo Convention & Visitors Bureau (doravante citado como SPCVB) na captação do evento. A CBKC, entre as suas principais atribuições, estão as de dirigir a cinofilia nacional, através das federações e entidades assemelhadas; instalar e manter o serviço de registro genealógico de cães de raça pura, fornecendo os respectivos certificados; manter relações com as entidades cinófilas estrangeiras; estimular e orientar a cinofilia nacional, por meio de convênios e intercâmbios.
Há quase 17 anos o evento não ocorre no capítulo da FCI Américas e Caribe.

A CBKC e o SPCVB se uniram então para captar a FCI World Dog Show a realizar-se no Brasil que é um dos cinco maiores países em número de registros de cães na FCI (4 milhões de PET), mais precisamente na cidade de São Paulo em 2022, com a expectativa de 15.000 participantes e 5.000 cães.

Ficha Técnica
Título: FCI World Dog Show
Tema: Exposição Mundial de Cães de 2022
Número de participantes locais e não residentes: 15.000 total – locais: 5.000 Não residentes:10.000
Local da captação: Alemanha
Data da captação: 07 de novembro de 2017
Local da realização: Não definido
Data da realização: 16 a 19 de junho de 2022
Periodicidade: Anual
Abrangência: Internacional ICCA
Atividades paralelas: Não definido
Entidades co-promotoras e apoiadoras; incluindo seus patrocinadores: Fédération Cynologique Internationale – FCI e Confederação Brasileira de Cinofilia - CBKC

Galeria de imagens
Carta de Apoio do Proponente
Carta de Apoio da EMBRATUR
Carta de Apoio DEATUR
Carta de Apoio SPTURIS
Carta de Apoio SPCVB
         

 

Vídeo


- Critérios de pesquisa e identificação do evento como potencial
A edição foi considerada muito especial pela entidade brasileira pois coincidia com 2 grandes momentos o 100º aniversário da cinofilia brasileira e o 90º aniversário da nossa afiliação da CBKC à FCI. E a escolha dessa candidatura apelo SPCVB ocorreu não só pela importância do evento, mas também pelo longo período que não se realizava no capítulo das Américas e Caribe (17 anos) e devido ao grande número de participantes vindos de todo Brasil e de outros países, indo de encontro a missão do SPCVB que é o aumento de fluxo de visitantes na cidade de São Paulo.
O referido evento foi um lead recebido do Expo Center Norte, centro de convenções parceiro do SPCVB, que a partir de então, pode iniciar uma pesquisa extremamente detalhada com foco no levantamento de dados e necessidades do cliente e realização do evento (contatos da entidade, periodicidade do evento, histórico onde pudemos detectar que São Paulo que há quase 17 anos o evento não ocorre nas Américas e no Caribe, número de participantes, último contato realizado, entre outros) visando obter conteúdo e informações relevantes para iniciarmos o processo de candidatura.
Estabeleceu-se então o primeiro contato, em maio de 2016, do SPCVB com o Sr. Fábio Moreira Amorim, Vice-Presidente da CBKC, entidade membro da Federatión Cynologique Internationale, para sensibilizá-lo quanto a uma possível candidatura e apresentar o trabalho do SPCVB.
- Estratégia de sensibilização
Em reunião na sede do SPCVB, foi iniciado o processo de convencimento de que São Paulo seria o local mais indicado no Brasil para a realização desse evento. Assim, foi apontada toda a infraestrutura que o destino possui e elencou-se uma série de vantagens em realizar o evento em São Paulo, tais como:
- São Paulo é o centro econômico do país, onde se concentra a maior parte dos potenciais patrocinadores para o evento;
- Um evento com a quantidade de 15.000 participantes e 5.000 cães, no qual estima-se que aproximadamente 30% sejam estrangeiros, requer um destino com uma malha aérea abrangente e uma excelente infraestrutura para eventos (centros de convenções, pavilhões, hotéis e A&B próximos); nesse sentido, São Paulo é a cidade que melhor atenderia a esses requisitos;
A estratégia indicada pelo SPCVB e materiais da cidade foram posteriormente apresentados durante reunião interna da diretoria da CBCK e serviu para que os membros percebessem que a capital paulista, de fato, seria o local mais adequado para sediar o evento. Decidiu-se, portanto, prosseguir com uma candidatura de São Paulo.
Assim, elaboramos materiais institucionais da Cidade de São Paulo para que a CBKC fizesse uma pré-campanha informal para São Paulo, em evento que já aconteceria no mês seguinte, o World Dog Show em Moscou – Rússia de 23 a 26 de junho de 2016.
Em agosto de 2016, iniciamos a apresentação técnica do destino, onde foram realizadas visitas de inspeção com o Comitê brasileiro no São Paulo Expo Exhibition & Convention Center e Transamérica Expo Center, ambos associados do SPCVB.
Após a apresentação da infraestrutura de eventos da cidade ao Comitê brasileiro, iniciou-se então o processo de elaboração do dossiê de candidatura. O SPCVB estabeleceu então contatos com órgãos públicos como: EMBRATUR, Prefeitura Municipal de São Paulo, São Paulo Turismo e DEATUR – Delegacia Especializada em Atendimento ao Turista para solicitações de cartas de apoio; levantamento de informações dos Centros de Convenções adequados à realização do evento e aos demais dados necessários para compor o bid book. Após intenso e contínuo trabalho do SPCVB e da CBKC, foi possível entregar a proposta de São Paulo com sucesso.
- Por que devemos vencer?
Devemos vencer essa categoria porque após o trabalho intenso do SPCVB, articulando contatos entre entidade internacional (FCI), entidade nacional (CBKC), órgãos públicos e cadeia produtiva do turismo, foi possível captar um evento com previsão de 15.000 participantes para São Paulo, gerando um impacto econômico de R$36.000.000,00* para a cidade em gastos com serviços e mais de 42.000 room nights para a hotelaria; tendo mobilizado mais de 50 categorias do setor de eventos. Houve um esforço muito grande da CBKC para mobilizar os membros e diretoria da FCI, um forte trabalho do SPCVB de venda e consultoria do destino, que uniu seus associados para apresentar infraestrutura consoante com as necessidades do evento. Foi realizado um processo completo com dedicação e profissionalismo desde a prospecção até a captação de um evento internacional de grande porte, que contou, sobretudo, com o trabalho em equipe de especialistas do segmento, do destino e cadeia produtiva do turismo.
*Cálculo realizado considerando que do total de participantes (15.000), 60% são de fora de São Paulo e que permaneceram pelo menos 4 dias na cidade e gastam em média R$600,00 por dia (média utilizada pelo Observatório do Turismo)

Galeria de imagens
Reunião do SPCVB com a CBKC para apresentação da proposta de captação do FCI World Dog Show
Apresentação elaborada pelo SPCVB para comprovação da infraestrutura de São Paulo para receber o eve
Dossiê de candidatura elaborado para formalizar a proposta de São Paulo para receber o evento
Visita de Inspeção - São Paulo Expo
Visita de Inspeção - Transamerica Expo Center
         

 

- Estratégias para o fortalecimento da candidatura de São Paulo
Após o envio do dossiê, em fevereiro de 2017, a CBKC anunciou que Brasil e República Checa eram os dois países concorrentes para receber a FCI World Dog Show e que a votação para a decisão final do destino-sede seria realizada dia 07 de novembro de 2017, em Leipzig, na Alemanha. São Paulo trazia alguns fatores que favoreciam a força em sua candidatura, tais como:
• O Presidente da CBKC, uma pessoa bastante articulada e influente no meio, enviou cartas às entidades de outros países informando o interesse de São Paulo em sediar o evento em 2022, e percebeu que a ideia havia sido bem recebida;
• A edição 2017 que estava definida para Equador foi cancelada por conta do terremoto que afetou a economia local de Quito, o que fez com que o evento mais uma vez não viesse para a América do Sul, fortalecendo ainda mais uma candidatura de São Paulo;
• A Irlanda, que também comemora em 2022, 100 anos de associação local, fará o evento em 2021; fortalecendo também uma candidatura de São Paulo para 2022;
• CBKC mencionou alguns motivos pelos quais São Paulo é uma boa escolha na América do Sul: Acessibilidade (principal destino brasileiro para voos internacionais diretos, voos para todos os cantos do país), grande diversidade e quantidade de parques, hotéis de diversas categorias e muitas opções de tudo
Outra estratégia que o SPCVB adotou ainda para o fortalecimento da candidatura de São Paulo foi orientar a CBKC quanto à possibilidade de solicitar o apoio da EMBRATUR através da Portaria nº 62 de 30 de junho de 2015, que prevê o Programa de Apoio à Captação e Promoção de Eventos Internacionais. O SPCVB articulou os contatos com o órgão nacional e enviou as solicitações realizadas pela CBKC para a confecção de materiais personalizados para a promoção do evento e de São Paulo, visando à captação do mesmo para o respectivo destino.

- O grande momento da votação e fatores decisivos
A CBKC realizou a apresentação oficial da candidatura de São Paulo em Leipzig, na Alemanha, e levou consigo os materiais de produção própria, fornecidos pela EMBRATUR e pelo SPCVB, entregando-os a todo o público presente, além do dossiê de candidatura entregue aos membros do board.
A proposta apresentada pela CBKC foi muito bem avaliada pelo board, visto que atendia a todos os requisitos exigidos pela FCI e que o destino proposto, São Paulo, apresentou infraestrutura adequada para receber um evento com as características desse, além de oferecer outros atributos que agreguem à experiência dos participantes internacionais no destino. Os esforços do SPCVB em organizar o projeto, oferecer orientações e articular contatos para divulgação do destino, especialmente o apoio da SPturis e EMBRATUR, aliado ao empenho da CBKC em promover a cidade para receber o evento se comprovou como uma excelente estratégia de sensibilização, visto que São Paulo venceu a candidatura.

- Ações adotadas após a definição de São Paulo como sede para o Congresso em 2022
A FCI World Dog Show 2022 foi então definida para acontecer na Cidade de São Paulo e iniciou-se a etapa do planejamento de promoções do evento e de indicação de fornecedores. O SPCVB sugeriu à CBKC a contratação de uma empresa organizadora de eventos profissional para a administração do Congresso, de forma a prover valor agregado ao mesmo, tais como: captação de patrocínio, gerenciamento logístico, gestão e negociação com fornecedores, gestão da qualidade, entre outros aspectos ligados à organização e realização do evento. Para apresentar seus associados do segmento de organizadores de eventos, o SPCVB indicou a possibilidade de realização de uma rodada de negócios, para a qual as empresas que se encaixavam no perfil exigido pela CBKC poderiam ser convidadas a se apresentarem.
Além disso, foram apresentadas as formas de apoio do SPCVB, para a realização do evento como de forma a agregar a experiência do participante, palestrantes e envolvidos na organização do evento em São Paulo. Programação de entretenimento na cidade durante o evento, parcerias com restaurantes, museus, parques, estádios de futebol, guias de turismo e agências de viagens para city tour foram recomendadas para o Comitê brasileiro estabelecer contatos.
É importante ressaltar que indicação de parceiros durante o processo, nas visitas de inspeção realizadas para esse evento, inúmeros associados do SPCVB, de diversos segmentos foram contatados a fim de bem receber e atender aos membros da CBKC e FCI que estariam presentes nas ocasiões. Dessa forma, além dos Centros de Convenções, contatos também foram articulados com as transportadoras turísticas, hotéis, estabelecimento de A&B, entre outros.

Galeria de imagens
Reunião do SPCVB com Comitê para alinhamento de ações
Comitiva do Brasil na Defesa de Candidatura
Material elaborado para distribuição durante defesa de candidatura
   

 

- Retorno econômico
O retorno econômico para toda a cadeia produtiva de eventos é elevado, contando que o número de participantes estimados é de 15.000. Estima-se que o impacto econômico gerado foi de R$36.000.000,00* em serviços com visitantes, visto que o gasto médio diário de um visitante de negócios é de R$600,00 por dia e que aproximadamente 70% dos participantes são de fora de São Paulo
*Cálculo realizado considerando que do total de participantes (15.000), 70% são de fora de São Paulo e que permaneceram pelo menos 4 dias na cidade (duração do evento) e gastaram em média R$600,00/dia (média utilizada pelo Observatório do Turismo)
Outro ponto importante, e que fundamenta também o trabalho do SPCVB é a geração de oportunidade de negócios para todos os setores da cadeia produtiva de eventos. Essa ação começa desde as primeiras visitas de inspeção. Segundo a Organização Mundial do Turismo (OMT), um evento internacional pode demandar serviços de mais de 50 segmentos da economia, como transporte, hospedagem, lazer, alimentação, comércio e demais serviços especializados que um evento pode demandar ou oferecer.
O segmento MICE – Meetings, Incentives, Conventions and Exhibitions (encontros, incentivos, convenções e feiras) movimenta em todo o mundo mais de 30 bilhões de dólares por ano, segundo dados da Caribbean Tourism Organization e no Brasil, segundo o Observatório de Turismo em seu anuário estatístico de 2016, reporta que a arrecadação de ISS do turismo corresponde a R$ 277,4 milhões, o equivalente a 2,5% do total de tributos (R$ 10,8 bilhões) arrecadados em todas as atividades econômicas.
Em resumo, o retorno sobre investimento em um evento como a FCI World é elevado, uma vez que se geram inúmeras oportunidades de negócios (em variados setores), agrega-se visibilidade internacional para a cidade/país que o sedia, e da mesma forma, impacta positivamente na área social, com a troca de conhecimentos técnicos, científicos e culturais.

 

Compartilhe: Twitter Facebook Linkedin Plaxo Youtube