Prêmio Caio Sustentabilidade

Prêmio Caio 19ª Edição

Case: DEKMANTEL FESTIVAL 2018
Candidato: Lets Produções
Cliente: GopTun
Segmento: Eventos
Estado: SP
 
Capa Apresentação Conteúdo Apresentação de inovações tecnológicas e estratégias indicando Desafios e Soluções Retorno sobre investimento, geração de negócios e outros indicadores econômicos
Palco Main Stage

Dekmantel Festival é um Festival Holandês realizado anualmente em Amsterdã, onde os mais renomados DJs da música eletrônica mundial se apresentam em 3 dias de evento divididos em 5 palcos com atrações simultâneas.
Em 2018 a Lets Produções, agência especializada em live marketing, foi a agência escolhida pelo segundo ano como responsável pelo planejamento e produção do Dekmantel Festival São Paulo, que aconteceu dias 03 e 04 de março de 2018 no terreno do antigo Playcenter.
O Dekmantel Festival não é considerando apenas um festival de musica eletrônica, mas sim um festival de musica contemporânea para dançar. Pois além de DJs, tem recebido bandas em seu palco live como Bexiga 70, Hermeto Paschoal entre outros.
Desde sua criação em 2013 em Amsterdã o Dekmantel procura quebrar a monotonia da cena de festivais eletrônicos ao estimular line ups ecléticos e uma produção de primeira linha. Em 2017 ocorreu a primeira edição do Dekmantel Festival No Jockey Clube de São Paulo já com a produção da Lets Produções a convite do coletivo de DJs Gop Tun. Já neste primeiro ano, toda a mídia especializada não somente em musica eletrônica, mas em Festivais e musica em geral publicou matérias extremamente positivas sobre o evento. Em 2018 o festival retornou à metrópole paulistana ocupando desta vez o espaço do antigo Parque Playcenter.
A maior dificuldade foi manter o padrão internacional de produção do evento com uma cenografia arrojada, uma técnica impecável, e também com serviços de altissimo padrão, sendo que a verba para a execução do evento estava bastante justa.
Para que nossa entrega fosse dentro da expectativa dos holandeses, fizemos uma ampla pesquisa de novos fornecedores com os quais fizemos negociações fortes, para que tudo fosse realizado com o preço mais negociado possível sem nunca perder o padrão de entrega. Oferecemos inclusive algumas parcerias de visibilidade a alguns fornecedores em troca de descontos. Foi o caso dos já famosos banheiros hidráulicos para o publico e também da cenografia, realizada pela GTM, nosso parceiro desde o 1º ano.

Galeria de imagens
Vista Aérea
       

 

O Dekmantel Festival aconteceu nos dias 3 e 4 de março de 2018, no espaço do antigo Playcenter de São Paulo e contou com um público médio de 6mil pessoas por dia.
Para a realização do evento, contamos com muito pouco patrocínio, até porque o perfil do Festival não permite ativações agressivas ou logos aplicados de forma aleatória no evento. A maior parte da verba foi levantada pela bilheteria e completada com a receita de bar.
O perfil do Dekmantel já consolidado em Amsterdã preza para que todas as ativações estejam inseridas ao espaço de maneira harmoniosa e condizente.
A Natura, por exemplo, patrocinou os banheiros e seu logo foi aplicado apenas nesta área onde além de banheiros de alta qualidade maquiadores ficavam disponíveis para maquiar o público. Os banheiros da área Natura eram Unisex para todos, levantando assim uma bandeira da igualdade de gêneros.
A TNT patrocinou algumas obras de arte espalhadas pelo espaço do Festival e assinadas por novos nomes da arte contemporânea paulistana.
A Sella Artois , além de ser a cerveja oficial do evento, patrocinou um bar que incentivava o público a desconectar, guardando seu celular por 1h em um locker em troca de 1 cerveja grátis.
Os palcos do festival possuíam estéticas e musicalidades diferentes entre si, atraindo assim diversas tribos de fãs de musica eletrônica, para dançar e contemporânea.
O MainStage, apresentou uma cenografia bastante inovadora, composta de 25 vigas de 5 metros de altura, revestidas em policarbonato que refletiam a iluminação que era operada de maneira 100% ao vivo. O palco era um organismo vivo e pulsante no meio do público. A grande atração da noite neste palco foram os alemães do Modeselektor.
O palco UFO, era uma grande tenda com tamanho e estrutura de palco principal onde o estilo musical era o Techno. Como cenário de fundo de palco, placas de PS basculantes, se movimentavam por grandes ventiladores que ficavam atrás das mesmas. Além disso, um jogo de luzes e fumaça alinhado ao clima sombrio presente neste palco também casou perfeitamente com o som eletrônico mais pesado.
O palco Selectors era dedicado apenas a DJs que tocam com discos de vinil. Neste palco era possível ouvir de musica brasileira a house music em uma mistura dançante e alegre. Este palco foi implantando em meio a uma área de mata alta o que nos dava a sensação de estar dançando em uma floresta. A estrutura do palco, conversava com este ambiente, sendo todo ele feito de madeira.
O palco GopTun assinado pelos donos da casa, se mostrou como uma perfeita mescla entre as referências eletrônicas que formam o coletivo e o que há de mais interessante na música genuinamente brasileira. Artistas de diferentes gerações e estilos puderam ser vistos neste espaço, indo de DJs a bandas completas de live music.
E para completar ainda tivemos um palco com transmissão ao vivo para a rádio Na Manteiga, com musicas suaves para dar uma relaxada próximo a área de bares e alimentação do evento.
Os food Trucks foram cuidadosamente selecionados, e tivemos diferentes tipos de comida de alta qualidade. Indo do Comuna, um dos hambúrgueres mais famosos do Rio de janeiro, passando pelo Lox Deli com hambúrgueres diferenciados de salmão e falafel, Vegies na Praça com hambúrgueres vegetarianos, Box da Frura com sucos e Açais além de um café.
O evento contou com bares de cervejas importadas como Hoegarden e Goose Island, além dos bares tradicionais de Stella. O serviço de alcoolicos se completou com bares de drinks que serviam Gin Tonica e Whisky com energético.
Os banheiros do festival se tornaram um case na cidade, sendo o primeiro festival com banheiros hidráulicos para todo o público, fugindo dos tão temidos banheiros químicos, fato amplamente comentado pelos frequentadores nas redes sociais.

A programação do primeiro dia contou com Tatá Ogan emocionando na abertura do Selectors com um set que transbordava sua identidade musical. Na sequência, foi possível entender por que Jan Schulte aka Bufiman é chamado pelos holandeses de rei das percussões: ótimo set e um repertório delicioso de faixas estranhas e densas.
Na sequência, chamou a atenção a maturidade musical de Peggy Gou no Main Stage, que claramente não se intimidou frente a uma pista lançada e apresentou uma linda sequência de faixas – entre elas o seu hit It Makes You Forget e o clássico histórico I Feel Love de Donna Summer. Midland entrou e, contrariando parte das expectativas, não seguiu uma linha tão próxima do disco/house – apesar de tocar algumas boas faixas mais houseadas. Seu set foi uma mistura de progressão, melodias e uma dose perfeita de pressão de pista.
Em outras ocasiões Mano le Tough já nos impressionou por sets maravilhosos e bem executados. Dessa vez sua construção não nos pegou e por isso escolhemos seu set para dar aquela necessária arejada pelas áreas chill do festival. Com as energias recuperadas, acompanhamos parte do bom set de Young Marco, que apresentava um ótimo repertório.
A noite no palco principal foi fechada pela a intensidade dos berlinenses do Modeselektor. O duo alemão apresentou um mistura interessante de techno, breakbeat e electro. O clássico Bad Kingdom do Moderat (projeto que eles são parte), Exile B2 do Johannes Heil e Volumes doMinor Science foram alguns dos destaques do set list.
No segundo dia teve atrações como Mall Grab. O DJ e produtor australiano é uma das estrelas em ascensão do chamado lo-fi house que optou por uma linha de house mais acelerada, alguns breakbeats e parte de seus principais sucessos.
Four Tet, a atração que mais nos captou a atenção desde o anúncio contou com um set muito bem executado, com ótimas faixas e a surpreendente Bad Liar de Selena Gomez.
Após o fim do set do DJ e produtor britânico, acompanhamos a excelente apresentação da canadense Jayda G. Ela estava extremamente conectada com o dance floor e empurrando uma faixa melhor que a outra para o sound system.
O slot final ficou entre Floating Points e Antal, nos palcos Gop Tun e Selectors, respectivamente. Misturando disco, house algumas brasilidades, ambos representaram bem e justificaram a escolha da organização de coloca-los em um dos horários mais nobres do evento.

Galeria de imagens
Palco GopTun
Radio e Bar Hoegaarden
Radio Na Manteiga
Palco UFO
Palco Ufo
Palco Selectors Dia
Palco Selectors
Palco Main Stage
   

 

A Lets produções foi a agência responsável por todo o planejamento e produção do Dekmantel Festival São Paulo. Fez parte do nosso escopo:

 Execução do projeto cenográfico dos palcos
Foram feitas grandes inovações nesta área, com grande relevância para Main stage e sua grandiosidade e iluminação integrada.
Em Amsterdã o palco principal tem a forma de uma nave espacial com 180º de painéis de LED.
Em 2017, nosso primeiro palco foi bastante semelhante, fizemos uma linha de painéis de LED que levavam o público a uma sensação de imersão na cenografia.
Em 2018, para baratear os custos sem perder a estética, os painéis de LED foram substituídos por placas de policarbonato, com barras de luz de led que traziam cor e movimento através de programações feitas ao vivo por light designers.
A cada musica, os técnicos de luz faziam movimentos e programações em tempo real no ritmo da musica.
Assim, mantivemos a estética de imersão a um custo bem mais baixo do que se tivéssemos mantido os paines de led.

 Gerenciamento da montagem de todas as estruturas
Este ano, em um novo local, tivemos ainda o desafio de recuperar a área do evento, que estava abandonada há quase 10 anos. O espaço que abrigou o antigo Playcenter, passou por 60 dias de limpeza e terraplanagem para que pudesse receber o festival. Toda a área verde foi preservada, com arvores frutíferas, árvores nativas e canteiros de flores criando assim um espaço extremamente verde onde o público chegava a esquecer que estava na cidade de São Paulo.
O evento foi todo montado a céu aberto, em plena época de chuva, e para isso, incluímos no projeto 2 grandes tendas de proteção contra o sol e contra a chuva, gerando 1500m2 de área coberta, mas ao mesmo tempo aberta, pois mantivemos as laterais abertas para que não fosse perdida a sensação de integração com a natureza do local.

 Operação do evento, gerenciamento dos serviços e acessos.
 Coordenação das ativações.
 Negociação de todos os fornecedores e completo gerenciamento financeiro do evento.
 Coordenação e contratação de toda a equipe de produção.

Em seu 2º ano o Dekmantel Festival São Paulo ainda não recuperou o investimento por parte dos sócios brasileiros e holandeses, pois com mais de 30 DJs internacionais e em um ano de dólar e euro extremamente altos, é bastante difícil “fechar a conta” com pouco patrocínio o que é uma premissa do festival (não se vender a grandes patrocinadores).
Ainda assim, o Festival se tornou um marco na cidade em matéria de qualidade de produção, tendo este ponto sido notícia em diversas matérias pós evento, que sempre ressaltaram nosso alto padrão de entrega e a qualidade da experiência por parte do público.
Trata-se de um festival com custo de alguns milhões de reais, que movimentou a contratação de mais de 40 empresas e fornecedores e contou com a mão de obra de mais de 1000 profissionais entre seguranças, limpeza, carregadores, montadores, técnicos e equipe de produção.
Além disso, dos 6.000 presentes do evento, cerca de 1000 pessoas vieram de outros países exclusivamente para o evento. Recebemos turistas de diversas partes da Europa, além de Australia, Eua, America Latina e até mesmo da Africa. Com isso, o evento e seu renome internacional já alcançado, pode ser considerado também como um impulsionador do turismo na cidade movimentando o setor de hotelaria, alimentação, bens de consumo além de gerar grande intercâmbio cultural.

DIVULGAÇAO DA LETS PRODUÇÕES
http://alataj.com.br/reviews/dekmantel-festival-sao-paulo
http://djmagbr.com/review-dekmantel-sp-2018/
http://projetopulso.com.br/review-dekmantel-sao-paulo-supera-a-maldicao-do-2o-album/
https://ffw.uol.com.br/noticias/musica/mulheres-do-line-up-foram-os-destaques-do-dekmantel-festival-sp-2018/
https://chickenorpasta.com.br/2018/festas-reveillon-brasil-2019

VIDEO REGISTRO DO EVENTO
http://alataj.com.br/spe/dekmantel-gop-tun-intercambio

 

Compartilhe: Twitter Facebook Linkedin Plaxo Youtube